sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Revista de Imprensa - 22 de Fevereiro 2013


Vitória dos encarnados para a liga europa, domina manchetes



   O triunfo dos encarnados sobre o Bayer Leverkusen (2-1) nos 16 avos de final da Liga Europa é o tema dominante nas primeiras páginas da imprensa desportiva desta sexta-feira.
Os encarnados, que vão agora defrontar o Bordéus nos oitavos de final, asseguraram a vitória com golos de Ola John e Matic, que repartem o protagonismo nas manchetes.
Todavia, existem outros assuntos em destaque nos três diários desportivos, nomeadamente o anunciado regresso do Boavista à Liga, na sequência da decisão do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol de dar provimento ao recurso dos axadrezados.
Por fim, a oficialização da candidatura de José Couceiro à presidência do Sporting e o regresso em força de James no FC Porto merecem igualmente a atenção da imprensa desportiva.




O Jogo:

Thumb resize.


- FC Porto «Vitor Pereira, este é o momento para garantir títulos; James aquece para Sporting e Málaga»



- “benfica: Xeque Matic”
- “CJ da FPF dá razão ao Boavista”




Record:

Thumb resize.


- FC Porto «Vitor Pereira, é neste momento que se ganham títulos»


- “Ola La!”
- “Boavista volta a sonhar com a 1ª Liga”
- “José Couceiro: ‘Dívida é responsabilidade da gestão anterior’”





A Bola:

Thumb resize.


- FC Porto «Vitor Pereira, é possível ser campeão e ter aspirações na Champions»



- “benfica-Leverkusen (2-1): Olá Europa”
- “Boavista regressa à Liga”
- “Sporting: Couceiro recusa continuidade”






Notícias sobre o FC Porto:


Lucho compara Olympique Marseille e dragões: «O FC Porto é um clube virado para o futuro»


Lucho González, numa entrevista concedida à revista francesa So Foot, fala do FC Porto e da sua passagem pelo Marseille, onde esteve duas épocas e meia mas acabou por não brilhar como o fez, e faz, no Dragão. Diz o argentino que a estrutura dos azuis e brancos, a forma como está «virado para o futuro» faz toda a diferença.

«Não sou um jogador que se imponha pelo porte físico ou pelos dribles. Se faço a diferença é porque sou bom a passar a bola e tenho um jogo muito vertical», começou por dizer o jogador do FC Porto, nessa entrevista concedida à revista So Foot, questionado porque brilha mais em Portugal do que o fez em França, enquanto jogou com a camisola do Marseille.

«A saída de Niang no verão de 2010 prejudicou-me. Quando ele estava na equipa eu sabia onde ele queria a bola e ele sabia onde a receber. Sem ele, deixei de ter um ponto de referência no ataque. Um grande clube não pode permitir-se deixar sair o capitão nos últimos dias do mercado de verão, numa altura em que o campeonato já vai na quarta jornada», explicou, respondendo às questões do jornalista William Pereira que escreve que «a França passou ao lado de Lucho e acabou por despachá-lo para o FC Porto com um pontapé no traseiro».

A saída do argentino para o FC Porto em janeiro do ano passado, diz o referido jornalista, criou em França «um enorme mal-entendido». Lucho González, depois de criticar a ação do Marseille ao permitir a saída de Niang, fez uma comparação com a estrutura dos dragões.

«O FC Porto nunca teria este tipo de mudança. O FC Porto teria encontrado um substituto com antecedência. O FC Porto é um clube virado para o futuro. O Olympique de Marseille, ao contrário, tem um horizonte muito limitado», afirmou o jogador dos azuis e brancos, que o jornalista gaulês considerou «que a Ligue 1 talvez não merecesse».


Levezinho no peso mas não na vontade, Liedson apostado em dificultar escolhas

Quando assinou pelo FC Porto, em janeiro último, Liedson já sabia que a missão de chegar ao onze seria praticamente impossível. Quase um mês depois de ter começado a treinar-se no Olival, o Levezinho – que pesa 63 kg – vai confirmando essa perspetiva inicial, pois soma pouco mais do que meia hora de jogo dividida por duas partidas do campeonato. Pouco habituado a esta condição de suplente, compreende os motivos pelos quais está agora a viver, mas recusa-se a dar a luta por perdida e promete trabalho para corresponder a bom nível quando chamado à ação.



Soares Dias apita FC Porto-Rio Ave

Artur Soares Dias, da Associação de Futebol do Porto, foi esta quinta-feira nomeado pela Comissão de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol para apitar o FC Porto-Rio Ave da 20ª jornada da Liga.





Por: Cubillas
Enviar um comentário
>