sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Revista de Imprensa - 08 de Fevereiro 2013


Eleições no Sporting continuam em destaque




Com a apresentação de Bruno de Carvalho como candidato está definitivamente lançada a corrida à presidência do clube de Alvalade.

A corrida à liderança do Sporting é um dos temas em destaque nos jornais desportivos desta sexta-feira. Exclusão do FC Porto da Taça da Liga e o interesse em Lima, por parte doAnzhi, são outros temas nas capas.


O Jogo:

Thumb resize.


- FC Porto «Colômbia rende-se a Jackson - o colombiano só precisou de 45 minutos para marcar dois golos pela seleção»

- “’Lima está na lista de Anzhi’, Roberto Carlos, diretor do clube russo”
- “O nosso treinador é Jesualdo Ferreira’, Bruno de Carvalho”



Record:

Thumb resize.


- FC Porto «Lucho e a Champions - Temos de sonhar»


- “Anzhi namora Lima: Mercado está aberto na Rússia até final do mês”
- “Eleições no Sporting: Começou a corrida”
- “Sporting: João Pedro Paiva dos Santos apresenta-se quarta-feira”



A Bola:

Thumb resize.



- FC Porto «FPF decide hoje castigo aos Dragões e instrução do processo pede condenação - FCPorto fora da taça da liga»


- (Portugal-Equador 3-2) Preocupante: nem resultado, nem exibição
- Cardozo de volta frente à ‘presa preferida’
- Sporting: Paiva dos Santos deve avançar





Notícias sobre o FC Porto:



FC Porto conhece hoje o seu destino na Taça da Liga

A decisão quanto ao futuro do FC Porto na Taça da Liga é esperada hoje. O conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol vai pronunciar-se, uma vez que a Comissão de Instrução e Inquérito da Liga de Clubes já o fez, mas o jornal A Bola garante que os dragões vão ser afastados da prova, perdendo entre dois a cinco pontos.

A utilização de Fabiano, Sebá e Abdoulaye no jogo com o Vitória de Setúbal, a 9 de janeiro de 2013, na Taça da Liga, pode valer a eliminação dos dragões da prova, uma vez que o trio havia sido usado, num jogo da equipa B com a Naval, precisamente 71 horas e 41 minutos antes, e não 72 horas, como dizem os regulamentos.

O jornal A Bola, aliás, garante que, de acordo com a decisão da Comissão de Instrução e Inquérito da Liga de Clubes, os portistas vão ser castigados com pena de derrota, sendo-lhes subtraídos entre dois a cinco pontos, e os jogadores podem ser castigados com uma suspensão situada entre um e quatro jogos.

Caso se concretize este castigo, o Vitória de Setúbal será «repescado», devendo jogar as meias-finais da Taça da Liga com o Rio Ave.

A decisão do Conselho de Disciplina da Federação deverá ser conhecida hoje.


Lucho González acredita no sonho de vencer a Champions

Para ''El Comandante'', no tempo que passou em França ao serviço do Marseille, os dragões nunca sairam do seu pensamento.

'' FC Porto é como uma segunda casa para mim.''

A menos de duas semanas do jogo com o Málaga, Lucho confirma o primeiro objectivo do FC Porto na competição.
''Queríamos chegar aos oitavos de final. As pessoas pensaram que estávamos num grupo fácil, mas não há grupos fáceis na Liga dos Campeões. Jogámos cada um como se fosse a final.''

Ciente do poder dos adversários, o jogador acredita que os dragões tambem poderão ser candidatos.
''Vencer a Champions? Temos de ter esse sonho. Quando o FC Porto venceu a Champions, havia favoritos como o Barcelona, Bayern Munique ou Inter. Portanto, não é irrealista ter a esperança de ver o Porto a vencer a Champions outra vez.

O argentino reconheceu que a saída de Hulk, no inicio da época, fragilizou a equipa e obrigou a uma adaptação com a chegada de Jackson Martinez.
''Hulk era um jogador importante, que podia fazer a diferença. Mas faz parte. Saem jogadores e entram outros. Chegou Jackson Martínez e, sendo um jogador diferente, será muito bom para nós.''

Mesmo para um jogador com larga experiência em jogos europeus, existem momentos que não se esquecem e Lucho tem bem presentes na memória alguns deles.
''Não me esqueço do primeiro golo que marquei em Hamburgo. Foi um dos golos mais bonitos da minha carreira.
O meu jogo favorito foi contra o Manchester United, em Inglaterra, quando empatámos 2-2. Tínhamos grandes possibilidades de chegar à ronda seguinte. Infelizmente, em casa não conseguimos um resultado positivo. Mas ficou essa boa memória.''

O FC Porto inicia a luta pelo sonho em casa, no dia 19 deste mês, e viaja até Málaga para a 2ª mão, no dia 13 de março.


Mangala otimista: «Estamos muito confiantes e há que continuar a trabalhar assim»

Eliaquim Mangala é um dos nomes em destaque no momento atual do FC Porto. O central diz que a equipa está a crescer a cada jogo que passa. Já Alex Sandro, apesar da ansiedade de jogar a Champions, lembra que o campeonato e o título de campeão nacional é o primeiro objetivo dos dragões.

«Estamos a crescer a cada jogo. É importante que assim seja, pois estamos a fazer um bom trabalho antes de um desafio importante da Champions», afirmou o jogador ao Porto Canal.

Precisamente por falar na liga milionária, o defesa, que tem vindo a ser, desde a jornada seis do campeonato, quando Maicon se lesionou, escolha inicial de Vítor Pereira, integrando o eixo da defesa a par com Otamendi, assume alguma ansiedade no grupo para o confronto com o Málaga, marcado para o dia 19 de fevereiro.
«Sabemos que são jogos complicados, mas estamos muito confiantes e há que continuar a trabalhar assim», admite.

Também o lateral Alex Sandro diz que todo o conjunto azul e branco está morto por voltar a ouvir o hino da Liga dos Campeões.

«Estamos ansiosos pela chegada desses jogos da Champions, mas não podemos esquecer o campeonato e o nosso objetivo: o título. Depois pensaremos na Liga dos Campeões, porque o próximo jogo é para a Liga», afirma, cauteloso.


Empresários tentam regresso de Fucile ao Uruguai

Atualmente a treinar à parte porque não entra nos planos de Vítor Pereira, Fucile espera uma definição para o futuro que poderá passar pelo regresso ao Uruguai, país no qual é associado ao Nacional de Montevideu e Peñarol.

«Há outras hipóteses de clubes de fora do Uruguai mas por razões familiares considerámos o regresso ao país. Esperamos encontrar a melhor solução e a intenção é que possa voltar ao Uruguai», afirmou Hector di Giacomo, um dos representantes de Fucile, em declarações à rádio CX 22 Universal.

«O Fucile não vai jogar esta época no FC Porto, essa foi a decisão do clube. Por isso, estamos a tratar da situação dele para que possa voltar a jogar», continuou.



Por: Cubillas

Enviar um comentário
>