quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Revista de Imprensa - 21 de Fevereiro 2013


Jogo da liga europa entre o benfica e o Bayer, domina as manchetes



   O desafio desta noite entre o benfica e o Bayer Leverkusen, a contar para a segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa, é o grande destaque da imprensa desportiva nacional de quinta-feira.
Os encarnados venceram por 1-0 o jogo na Alemanha e estão em boa posição para seguir em frente, o que dá azo ao sonho de Jorge Jesus em chegar a uma final europeia e à vontade de poupar jogadores para o embate com o Paços de Ferreira.
Paralelamente é igualmente destacado o ataque de Bruno de Carvalho à direção de Godinho Lopes, em mais um dia de movimentações rumo às eleições do Sporting, agendadas para 23 de março.







O Jogo:

Thumb resize.


- FC Porto «Moutinho é tremendo, só Xavi faz mais passes do que o médio dos portistas na Champions; Diego Reyes, futuro reforço portista mal pode esperar para jogar ao lado do internacional português»


- “’Só um milagre salvará o Bayer’, Schuster, que marcou no jogo de 1994”
- “Sporting: Bruno de Carvalho começa ao ataque”
- “Couceiro abdica de lista para o Conselho leonino”






Record:

Thumb resize.


- FC Porto «Quinones é poção em defesa inédita»




- “Acabar com esta dor de cabeça: benfica quer despachar Bayer e concentrar-se no campeonato”
- “Sporting: Bruno de Carvalho ameaça processar Godinho Lopes”




A Bola:

Thumb resize.


- FC Porto «Vitor Pereira, jogo 50 na Liga»




- “Sonho com uma final europeia", diz Jorge Jesus
- “Sporting: Atual direção responsabilizada se sair com salários em atraso”





Notícias sobre o FC Porto:




Danilo: «FC Porto tem todas as condições para ser campeão»

Danilo, jogador do FC Porto, assume que esteve a ver o benfica x Académica e já fazia contas ao empate das águias. O lateral destaca ser «natural dar uma espiada [nos jogos do benfica] e torcer contra».

O atleta «canarinho» entende que a luta está em marcha rumo ao título mas crê que os portistas têm «todas as condições» para o emblema ser campeão.

«O Porto tem todas as condições para ser campeão», explicou o jogador brasileiro do FC Porto, em declarações citadas pela Renascença.

Danilo: «Mais feliz e mais solto», processo de adaptação à lateral direita

É no meio-campo que Danilo gosta de jogar, mas Vítor Pereira reservou-lhe um lugar na lateral direita e “obrigou-o” a adaptar o seu jogo. O brasileiro, de 21 anos, aceitou o desafio e confessa que se sente “mais feliz e mais solto” como defesa: “Isso está a sentir-se no campo. Agora é ter tranquilidade e descansar para depois voltar ao trabalho, já que a evolução não pode parar.”

No final do jogo com o Málaga, Danilo também abordou questões coletivas, justificando o facto de os espanhóis não terem conseguido criar perigo. “Treinámos muito as perdas de bola, temos de marcar logo os adversários, ter uma reação rápida. Os avançados, os extremos, todos ajudam a defender e isso deixa-nos muito tranquilos lá atrás”, explicou, virando-se depois para a Liga e para o último jogo do Benfica: “Observar o jogo do rival é algo natural e cheguei a acreditar que a Académica ia empatar. Ganhou o Benfica, mas temos tudo para sermos campeões.”



Iturbe admite ficar no River para lá de junho

Iturbe, que se estreou no último fim de semana com a camisola do River Plate, admite a possibilidade de permanecer no emblema argentino para lá de junho, altura em que termina o empréstimo por parte do FC Porto.

«Estou tranquilo e em todas as partidas vou dar o meu máximo. Seis meses é pouco, mas depois os dirigentes do River Plate vão negociar, ou não, por mais tempo», afirmou o jogador, em declarações ao Olé.

O avançado de 19 anos foi emprestado pelos azuis e brancos até ao final de junho, depois de apenas ter sido opção para Vítor Pereira em três partidas esta temporada.


Liedson: «Banco? Tenho 35 anos, só posso agradecer ao Porto»

Levezinho tem jogado pouco, mas sente-se com «força e vontade»

Foi a partir do banco de suplentes que Liedson viu o F.C. Porto derrotar o Málaga. Pela segunda vez consecutiva, Vítor Pereira não lançou o avançado no jogo, à semelhança do que sucedera em Aveiro. Nada que preocupe o internacional português, pois Liedon está consciente do seu papel no Dragão.

«Eu tenho 35 anos e só posso agradecer ao Porto a oportunidade que me deu. Sinto-me com força e vontade de ajudar, mas a equipa estava feita e está a dar uma resposta excelente», referiu o atacante resgatado ao Flamengo.

Liedson soma duas presenças (V. Guimarães e Olhanense) e 28 minutos de jogo. Para já elogia os golos dos colegas. Os seus ficam para mais tarde. «O João Moutinho fez um excelente golo. Ele atravessa uma fase excelente», referiu sobre o médio que conheceu em Alvalade.

Relativamente ao duelo contra o Málaga, Liedson considera que «o volume do jogo» portista justificava outra diferença na eliminatória, mas acredita que «a qualidade e a força de vontade» dos azuis e brancos será suficiente para chegar aos quartos-de-final da Liga dos Campeões.


Chegou a vez de outro colombiano no Dragão: Quiñones, castigos de Alex Sandro e Mangala abrem caminho para a titularidade frente ao Rio Ave

Héctor Quiñones chegou a Portugal no dia 31 de agosto de 2012. Apresentado como nome para o plantel principal e alternativa a Alex Sandro, o jovem colombiano teve ainda assim de esperar largos meses por uma oportunidade da Liga portuguesa. Ela aí está.

Vítor Pereira testou Mangala no lado esquerdo da defesa e o francês correspondeu. Quiñones passou a ter mais um concorrente para a posição. Alex Sandro, entretanto, agarrou o lugar com qualidade tremenda.

A equipa B acabou por assumir-se como espaço de eleição para o reforço colombiano. Contudo, neste sábado, face aos castigos de Mangala e Alex Sandro, o flanco deverá ser entregue ao jovem de 20 anos. Rio Ave pela frente.

Hector Quiñones adaptou-se progressivamente à sua posição e às exigências defensivas no futebol europeu. Ao longo dos últimos meses, cresceu na equipa secundária e comprovou as credenciais.

O colombiano espera conquistar os adeptos como têm feito os compatriotas James Rodriguez e Jackson Martínez. O jogo da Taça de Portugal frente ao Santa Eulália não serviu para tal.

Aos 20 anos, é visto como uma aposta de médio prazo. A sua qualidade em termos ofensivos impressiona mas justifica-se pelas funções desempenhadas nas camadas jovens.

Em 2010, após a estreia pela equipa principal do Deportivo Cali, Héctor Quiñones revelou o seu passado. «O meu papel nas divisões menores era de avançado e passei por uma má fase, mas agora jogo a lateral ou médio e descobri outra faceta. Converti-me num jogador polivalente e identifico-me com as posições.»

Internacional pelas camadas jovens da Colômbia, o jovem do F.C. Porto esteve no Mundial sub-20 onde Portugal foi finalista vencido. Pelo meio, passou pela formação da Udinese e seguiu para o Junior Barranquilla, de onde se transferiu para a equipa portista.

O jogo contra o Santa Eulália (0-1) para a Taça de Portugal foi o primeiro teste na equipa principal, sem retorno plenamente satisfatório.

Surgiu então a equipa B como etapa para a progressão. 16 jogos para Quiñones na II Liga, três amarelos e um cartão vermelho. Para além disso, boas indicações no plano ofensivo. Agora, a oportunidade a doer.


Sporting-FC Porto: clássico é sábado, 2 de março, partida da 21ª jornada da Liga

O Sporting recebe o FC Porto para a 21ª jornada da Liga no sábado 2 de março, pelas 19h45. A data e hora do clássico de Alvalade foi divulgada pelos leões.

A informação do Sporting salienta ainda a curiosidade de estar marcado para o mesmo dia, pelas 16h, o FC Porto B-Sporting B, da II Liga, em Gaia.










Por: Cubillas

Enviar um comentário
>