domingo, 28 de abril de 2013

O Bacharel (Por Joker)




Afinal, teve Bom Mais
Ainda vai a a Bacharel
Um aluno, neste papel
Vê o futuro por sinais!

Estudioso aplicado
Sabe das leis do jogo
Só as aplica, no todo
Se não apitar o encarnado!
Fora disso, é à inglesa

Deixa correr o marfim
Estuda o jogo, sem fim
Decidindo à portuguesa!

Isto é, não julgando
Tudo permitindo no campo
Penaltis, agressões, um espanto!
Um tratado em Esperanto!

E nisto, a boa avaliação
Só podia vir de Coimbra
Cidade do Conhecimento, ainda…
Na qual aprendeu a lição!

Aí o critério foi diferente
Marcou logo, sem hesitar
Expulsando, nesse apitar
Quem d’azul era gente!

Um aluno tão congruente
Merece esse destaque
Bom Mais, d’almanaque!
Bom futuro, certamente!

Vai figurar no quadro d’honra
Em destaque no camarote
Vai ombrear c’o Calabote
Em dedicação e arromba!

Um frangueiro assalariado
Desse seu orelhas mentor
Depois d’árbitro, vai a redactor
Do velho Pravda, comó Delgado!




Por: Joker
Enviar um comentário
>