segunda-feira, 8 de abril de 2013

FC Porto - SC Braga (Antevisão)







Jogo grande no Dragão e com grau dificuldade elevado para o FC Porto que recebe nesta segunda-feira o Braga, encerrando a jornada,  restando depois cinco jogos para o final da Liga que nesta altura continua a ser liderada pelo Benfica.







A equipa bracarense persegue o Paços de Ferreira na luta pela terceira posição, lugar que dá acesso a uma possível entrada na Liga dos Campeões, estando o Braga de momento no quarto lugar a dois pontos do objectivo. 

O Braga vem de uma derrota caseira diante do Sporting por 3-2, num encontro mal perdido para os comandados de José Peseiro, que estiveram sempre em desvantagem no marcador, no entanto acabaram por sofrer o golo que ditou o desaire já em cima da hora, numa altura onde a equipa do Sporting encontrava-se reduzida a menos um elemento.

Para este jogo são várias as ausências devido a lesão e o principal problema reside no centro da defesa onde o técnico teve que apostar nestes últimos dois jogos na dupla formada pelo Palmeira e Aderlan Santos. Caso nenhum dos habituais titulares estejam disponíveis (Douglão e Nuno André Coelho estão próximos da recuperação) e apesar de Haas estar recuperado, é bem possível que a dupla de centrais continue a ser constituída por esta dupla, jogando assim à frente do Quim. 

Nas laterais Leandro Salino não joga mais esta época devido a lesão (ele que poderá já ter acordo com o Olympiacos) e assim Baiano será dono e senhor do lugar, jogando sobre o lado esquerdo  Elderson. 

Sobre o meio-campo certamente o sector que não irá sofrer qualquer alteração, contando com  Custódio mais posicional e "amarrado" ao trabalho táctico, enquanto Hugo Viana apesar do apoio conferido é um jogador com outros argumentos técnicos e possuidor igualmente de uma capacidade de passe acima da média.

Em termos de desequilíbrios este Braga está dependente das acções individuais de Mossoró que é muito influente em zonas interiores e fortíssimo nas transições,  anulando este jogador a equipa perde e de que maneira no seu jogo ofensivo. 

Na frente de ataque se  Alan e  Carlão têm lugar seguro no onze, a dúvida reside num dos flancos, com as opções a recaírem sobre o Hélder Barbosa ou  João Pedro.

No FC Porto, Mangala e Izmaylov estão suspensos e por isso serão baixas certas, abrindo regresso à titularidade nos jogos da Liga por parte de Maicon. Para não variar a grande dúvida deverá estar quem será o terceiro elemento no sector ofensivo e pelo que jogou na Taça da Liga certamente o belga Defour levará vantagem sobre a concorrência.

Convocados: 

Guarda Redes: Helton e Fabiano;
Defesas: Danilo, Otamendi, Maicon, Abdoulaye, Quiñones e Alex Sandro;
Médios: Fernando, Lucho, Castro, João Moutinho, Defour Kelvin;
Avançados: Jackson, James, Liedson e Atsu.


Por: Dragão Orgulhoso


Enviar um comentário
>