sábado, 27 de abril de 2013

FC Porto - Setúbal (Antevisão)





O sonho da renovação do título continua apesar das possibilidades estarem a ser encurtadas semana após semana, o FC Porto ainda tenta alcançar o tricampeonato e para tal terá que vencer todos os jogos até final de campeonato e esperar que o Benfica venha a escorregar em algum encontro. Neste sábado, o FC Porto recebe no Estádio do Dragão o Vitória de Setúbal, naquele que será o penúltimo encontro em casa esta época.




A equipa sadina luta pela permanência na Primeira Liga. Apesar de objectivamente não estar cumprido com o triunfo sobre o Estoril em casa e aproveitando os desaires das restantes formações que lutam para não descer, o Vitória de Setúbal deu um passo importante rumo à permanência.

Neste desafio no Dragão, existirá como é natural maior rigor defensivo e evitar ao máximo golo do adversário. Em termos ofensivos a turma sadina deverá apostar essencialmente nos ataques rápidos e contra-ataques. Atendendo à equipa que entrou de início diante do Estoril não é de crer que existam alterações ao onze inicial e assim sendo, na baliza o polaco Kieszek mantém-se firme entre os postes, ele que tem realizado uma boa época.

No centro da defesa, ultimamente Jorge Luiz tem tido a companhia no eixo central do jovem Frederico Venâncio - fazendo relegar Miguel Lourenço para o banco de suplentes - e as laterais a serem ocupadas pelo Pedro Queirós na direita e sobre a esquerda o jovem Kiko. Sobre o meio-campo polivalente Ney Santos aparece como pivot defensivo, jogando como médios interiores os portugueses Zé Pedro e Bruno Amaro. Quanto ao ataque o tridente que deverá entrar de início, é composto por Pedro Santos (reforço do Braga na próxima época), Jorginho e  Miguel Pedro.

O FC Porto vem de um triunfo em Moreira de Cónegos por três bolas a zero - um encontro que marcou o regresso aos golos por parte do goleador Jackson Martínez - e atendendo à boa exibição dos azuis e brancos, o treinador Vítor Pereira deverá manter o mesmo onze, incluindo a permanência do extremo Atsu.


Por: Dragão Orgulhoso

Enviar um comentário
>