domingo, 30 de setembro de 2012

Segunda Liga: FC Porto B 1 - 1 Penafiel: E o enguiço não quebra



Na manhã deste domingo jogou-se mais uma jornada no Estádio Municipal Jorge Sampaio, casa do FC Porto B, que culminou com mais um empate do FC Porto "B".




O jogo terminou empatado a a uma bola perante num jogo em que a igualdade acabou por ser o resultado mais justo, no entanto é de frisar que assistimos a um encontro com pouca qualidade, muito faltoso e poucas situações de finalização tanto de um lado como do outro, valendo o golo obtido pelo médio Sérgio Oliveira, um golaço de encher qualquer estádio.



Foi um onze cheio de novidades que o FC Porto teve hoje no ínicio da partida, jogando com seis jogadores da equipa principal (entre eles o Iturbe), contudo nem isso foi suficiente para levar a melhor sobre o adversário, que assumiu uma postura mais de contensão e apesar de ser uma equipa que gosta de ter posse e assumir o jogo, optou por baixar o seu bloco e assim a equipa deriense optou por um comportamento expectante perante uns  dragões tiveram mais bola.

Acima de tudo faltou objectividade à equipa da casa no último terço e neste aspecto quer Kelvin ou Iturbe nunca conseguiram expandir todo o seu futebol, faltando velocidade sobre as alas de forma a desequilibrar o reduto contrário.

O Penafiel acabou por apresentar o onze previsível, registando somente uma novidade na equipa inicial, neste caso a troca de ponta de lança, entrando Mbala para o lugar de Romeu Torres.

A turma visitante foi a primeira chegar ao golo, num tento precedido de fora de jogo logo um lance irregular apontado por Mbala, correspondendo de cabeça a um cruzamento na direita por parte de Diogo Viana. 

O FC Porto "B" sentiu sempre dificuldades em reagir e exceptuando um cabeceamento do Abdoulaye na cobrança de um canto, não se viu a nossa equipa a criar perigo e o Penafiel apesar de menor fulgor ofensivo teve três oportunidades, nas quais Fabiano interceptou da melhor maneira.

Ainda não foi desta que o FC Porto venceu no seu reduto e mais do que isso, preocupa a perfomance apresentada ao longo dos 90 minutos e falta de ligação existente entre sectores. 

Continua existir muito trabalho pela frente a ser efectuado, no entanto não tenho dúvidas que o futuro será risonho e será importante continuar existir este contributo por parte de atletas da equipa principal. 


ANÁLISES INDIVIDUAIS:


Fabiano - Acabou por ser determinante na conquista do empate, efectuou três excelentes intervenções.

David Bruno - Nunca se conseguiu impor sobre o flanco direito, tendo algumas dificuldades na defesa e não deu profundidade no apoio ao ataque. Ia marcando um auto-golo na parte final.

Abdoulaye - Exibição ao nível do que tem feito ao serviço da equipa "B".

Mangala - Defensivamente cumpriu quase na perfeição, mas nos passes longos esteve muito mal.

Quiño - Um ou outro bom rasgo individual, mas esperava mais.

Mikel - Sacrificado ainda durante o primeiro tempo em virtude da desvantagem no marcador.

Pedro Moreira - Neste jogo envergou a braçadeira de capitão e acabou por realizar uma boa exibição em termos tácticos,apesar de não conseguindo pegar no jogo nos momentos de transição ou construção de ataque.

Tozé - Um pouco à imagem de Pedro Moreira nos momentos de posse de bola.

Kelvin - Quando tentou explorar situações individuais as coisas não correram bem. Exibição bastante apagada.

Dellatorre - Sem apoio, teve que baixar inúmeras vezes no terreno.

Iturbe - Grande expectativa em seu redor, mas esteve uns furos abaixo do que pode e deve produzir. Registo um bom remate no primeiro tempo para uma boa defesa de Coelho, mas depois disso praticamente as suas acções foram nulas.

Sérgio Oliveira - Marcou certamente o golo da jornada! É pena a sua tamanha irregularidade.


Vion - Sentiu as mesmas dificuldades que o Dellatorre.

Fábio Martins - Última cartada lançada pelo técnico Rui Gomes e sem qualquer efeito prático.


Ficha do Jogo:

FC Porto-Penafiel, 1-1
Segunda Liga, 8.ª jornada
Árbitro: Manuel Oliveira (Porto)
Assistentes: Alexandre freitas, Bruno Rodrigues
4.º árbitro: André Dias

FC PORTO: Fabiano; David Bruno, Abdoulaye, Mangala, Quiñones; Mikel, Pedro Moreira; Tozé, Iturbe, Kelvin e Dellatorre.
Substituições: Mikel por Sérgio Oliveira (35m), Dellatorre por Vion (64m), Tozé por Fábio Martins (82m).
Não utilizados: Elói, Tiago Ferreira, Edu e Frederic.
Treinador: Rui Gomes


PENAFIEL: Coelho, Gabriel, Fábio Ervões, Leomar, Joel, Ferreira, Robson, Aldair, Rafa, Diogo Viana e Mbala. 

Substituições: Diogo Viana por Pedro Coronas (73m), Ferreira por Sérgio Organista (85m), Robson por Pedro Santos (87m).
Não utilizados: Nuno Santos, Pedrinha, Elísio e Romeu Torres.
Treinador: Miguel Leal

Ao intervalo: 0-1
Marcadores: Mbala (12m), Sérgio Oliveira (76m)
Amarelos: Joel (32m), Rafa (35m), Pedro Moreira (39m), Abdoulaye (45m), Aldair (59m e 69m), Tozé (67m), Fábio Ervões (72m), Sérgio Oliveira (83m)
Vermelho: Aldair (69m)




Por: Dragão Orgulhoso

Enviar um comentário
>