sexta-feira, 7 de setembro de 2012

ANDEBOL: Apuramento para a fase de grupos da LC (Antevisão)




Pelo quarto ano consecutivo, o FC Porto está presente na qualificação para fase de grupos da Liga dos Campeões.

A equipa desloca-se à Sérvia para disputar um lugar de acesso entre os melhores da Europa, estando inserido no grupo I, juntamente com o Partizan (que recebe esta qualificação), RK Sloga e HC Lovcen.








Tal como no ano anterior, esta temporada o figurino da fase de qualificação permanece semelhante, sendo que o grupo é formado por quatro equipas no sistema de todos contra todos, realizando-se uma meia-final e depois os vencedores defrontam-se na final, com os vencidos a jogarem para o 3º e 4º lugar.






E será precisamente diante do organizador desta poule, que o FC Porto se vai estrear, num jogo que se espera bastante complicado, até porque o Partizan possui um bom plantel, e a jogar em casa parte como favorito a vencer este encontro, se bem que nesta altura da temporada as equipas estão longe do seu melhor.

Curiosamente, o FC Porto no ano passado defrontou o Partizan e saiu derrotado por 33-26 (ao intervalo já perdia por 17-14), naa poule realizada na Eslováquia.

Para este jogo a grande ausência prende-se com a lesão do pivot Tiago Rocha, um elemento fundamental seja na defesa como no ataque, que irá ser substituído pelo cubano Daymaro Salina, ao longo da partida não será novidade se o nosso técnico voltar a jogar com um falso pivot e assim atacar em 6:0.

No lado do Partizan, especiais cuidados com a sua primeira linha, sobretudo o lateral direito Nenad Maksic. Aos 40 anos este jogador continua a ser o principal desequilibrador dos sérvios, já no embate que opôs o FC Porto ao Partizan na temporada passada Maksic foi precisamente o homem do jogo. 

O vencedor deste apuramento apura-se para a fase de grupos para a Liga dos Campeões, enquanto o segundo e terceiro classificado entra na terceira eliminatória da Taça EHF, com o quarto classificado a estar inserido na segunda eliminatória da Taça EHF.




Wilson Davyes: 

A presença na Liga dos Campeões é um sonho do plantel de andebol do FC Porto e da própria estrutura do clube, mas há três anos que os Dragões ficam à porta. É desta que entram na prova?

É complicado prever o que vai acontecer mas, se depender de nós, será desta. Sabemos que temos de nos basear nas experiências passadas, que foram negativas, e naquilo que aprendemos com isso. Vamos tentar não cometer os mesmos erros e, acima de tudo, guiar-nos pelo sonho. É uma grande oportunidade, talvez até a oportunidade da nossa vida.

Estão preparados para as dificuldades que vão encontrar na Sérvia?

Sim, na medida possível. Fizemos o trabalho de casa, vimos alguns vídeos e temos também a experiência do jogo do ano passado contra o Partizan, também no acesso à Champions. Creio que este ano estamos mais fortes, porque temos mais um ano juntos e porque temos dois jogadores novos que vieram trazer ainda mais qualidade à equipa.

O facto de já conhecerem o Partizan é uma vantagem?

Pode ser, ou não... Não há jogos iguais e quem esteve bem o ano passado pode já não estar bem no jogo deste ano. Há sempre muitas variáveis. Acima de tudo, temos de estar concentrados no nosso trabalho e naquilo que devemos fazer. Eu acredito que o facto de chegarmos à Liga dos Campeões depende mais de nós do que deles, mesmo estando o Partizan a jogar em casa.

O facto de não terem vencido a Supertaça no último fim-de-semana pesa na moral?

Isso já é passado, não conseguimos e é um assunto arrumado. Felizmente, esta semana já temos um novo objectivo por que lutar, um que é ainda mais importante. O que é bonito no desporto é que os objectivos se vão renovando e vamos agora tratar de alcançar esta meta chamada Liga dos Campeões.

Para além do Partizan, e consoante o resultado, vão medir forças com o Lovcen ou o Sloga. Já conhecem o potencial das outras equipas?

Sim. O professor Obradovic já treinou inclusive o Lovcen e tem algumas informações, mas não adianta estarmos já a pensar no segundo jogo sem disputar o primeiro. Neste momento, temos o foco na partida com o Partizan. Depois teremos tempo de analisar melhor o Lovcen ou o Sloga, mas acredito que estará tudo muito equilibrado, pois são duas equipas jovens e com bons jogadores. Não dá para escolher o adversário. Temos de ganhar e ponto final.



Por: Dragão Orgulhoso
Enviar um comentário
>