terça-feira, 11 de setembro de 2012

Tias falidas: O Sporting.




Dando uma vista de olhos pelas notícias desta ainda curta semana, várias me chamaram à atenção e todas elas com o denominador comum: Sporting.

Depois das últimas declarações de Godinho Lopes que lhe valeu o Ressuscitar do leão nas capas dos jornais com a célebre frase que cito em baixo:



«O Sporting teve ofertas razoáveis para cinco jogadores. Naturalmente não vou dizer os nomes. O Sporting não quis aceitar as ofertas, não porque do ponto de vista económico não precisasse, mas porque entendeu que a equipa tem de ser sustentada numa certa continuidade. Os nossos objectivos e ambições são grandes e a saída de jogadores não ajudaria».

Sporting viu o pagamento dos prémios monetários ser retido temporariamente por ordem do Comité de Controlo Financeiro de Clubes da UEFA.

Ora bem, de repente o céu encobriu, o sonho virou pesadelo, e a realidade virou anedota. O Sporting está a ser investigado pela UEFA, juntamente com mais 22 clubes de "Elite"  presentes nas competições europeias de 2012/13 e que viram o pagamento dos prémios monetários ser retido temporariamente por ordem do Comité de Controlo Financeiro de Clubes da UEFA (CFCB). 

Ora como se de um conto de fadas se tratasse, a tramóia fica assim desmontada retirando  a Godinho Lopes o sentido das palavras e vestindo-o um pouco com a vestimenta de uma "Tia falida".

Temos pena deste Sporting de pé descalço com a mania de rico, assim como temos pena que certa comunicação social que à falta de melhor (como por exemplo vitórias em jogos ou conquistas desportivas), pegue neste discurso de enganar o próximo e o aproxime de uma realidade que nada tem a ver com a dos mais directos rivais.

Essa mesma comunicação social que teima em fazer do velho elefante branco e arruinado Sporting, um leão de juba altiva. E por obra e graça de caridade o tente ano após ano colocar no patamar de "Um dos três GRANDES do futebol português" quando as posições na tabela classificativa desmentem esse estatuto há já largos anos.


"O Fair Play financeiro entrará em vigor a 100% a partir da próxima temporada, altura em que a UEFA avaliará as contas de 2011-12 e 2012-13. Quem no conjunto dos dois exercícios tiver prejuízos superiores a cinco milhões de euros, ficará sob monitorização e quem tiver prejuízos superiores a 45 milhões poderá ficar sujeito a sanções, embora estas ainda não tenham sido divulgadas pela UEFA."


Como curiosidade ficam os 23 clubes que estão a ser investigados pela UEFA:

FK Borac Banja Luka (BOS)
FK Sarajevo (BOS)
FK Željezničar (BOS)
PFC CSKA Sofia (BUL)
HNK Hajduk Split (CRO)
NK Osijek (CRO)
Club Atlético de Madrid (ESP)
Málaga CF (ESP)
Maccabi Netanya FC (ISR)
FK Shkendija 79 (MAC)
Floriana FC (MAL)
FK Budućnost Podgorica (MNT)
FK Rudar Pjevlja (MNT)
Ruch Chorzów (POL)
Sporting Clube de Portugal (POR)
FC Dinamo Bucureşti (ROM)
FC Rapid Bucureşti (ROM)
FC Vaslui (ROM)
FC Rubin Kazan (RUS)
FK Partizan (SER)
FK Vojvodina (SER)
Eskişehirspor (TUR)
Fenerbahçe SK (TUR)

Já agora deixamos também a critério de informação (para atestar mais uma vez a capacidade de o Sporting como dizia Rogério Alves  num futuro próximo alcançar também ele o patamar dos rivais em vendas) a percentagem detida pelo Sporting sobre os passes dos seus mais valiosos activos:

Percentagem dos passes detida pelo Sporting:

Adrien Silva, 95,0%
André Carrillo, 30,0%
André Martins, 35,0%
André Santos, 25,0%
Atila Turan, 90,0%
Bruno Pereirinha, 100,0%
Cedric Soares, 30,0%
Daniel Carriço, 100,0%
Diego Capel, 75,0%
Diego Rubio, 25,0%
Elias Trindade, 50,0%
Emiliano Insua, 35,0%
Evaldo, 90,0%
Fabian Rinaudo, 35,0%
Jeffren Suarez, 75,0%
Marat Izmailov, 100,0%
Marcelo Boeck, 65,0%
Oguchi Oneywu, 80,0%
Ricky van Wolfswinkel, 35,0%
Rui Patrício, 70,0%
Santiago Arias, 46,0%
Stjin Schaars, 37,5%
Valerei Bozhinov, 75,0%
Zakaria Labyad, 80,0%


Por último, e como não há duas sem três e a queda do pedestal numa semana que sería face às palavras de Godinho Lopes uma semana de sensacionalismo glorificado, a mais recente bomba a rebentar pelos lados de Alvalade, as tias, perdão os dirigentes ligados ao clube Sportinguista, um conhecido ex-futebolista,  juntamente com um ex-empresário conhecido pelas suas tramóias e dividas, foram condenados por fraude Fiscal.


Como diz o outro, à alturas em que o silêncio é o mais precioso aliado para combater o disparate, quanto mais se quer subir mais a queda se torna assustadora, bem-vindos à realidade.


Por: Rabah Madjer
Enviar um comentário
>