quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Estórias com História: A miragem do hexa! (Cronologia)




Prenúncio de queda para Vale e Azevedo

O advento do ano 2000 trouxe novidades ao panorama futebolístico, designadamente ao maior “e mais melhor” clube do universo, prenunciando mudanças que aconteceriam meses mais tarde. Vale e Azevedo sofreu a sua primeira grande derrota fora das quatro linhas. Uma sentença do 2º Juízo do Tribunal Cível de Lisboa dá razão à Olivedesportos no contencioso com o Benfica.

Em apreço estavam os contratos entre o clube da segunda circular e a Olivedesportos rasgados por Vale e Azevedo dias depois de ser empossado como presidente da agremiação de Carnide. O tribunal deliberou que os contratos celebrados entre as duas partes eram válidos.




Num negócio de milhões, a discussão mudou de campo. È certo que o Benfica anunciou desde logo que pretendia recorrer para o Tribunal da Relação, mas, entretanto, a oposição começava a fazer contas aos milhões de contos (€) de prejuízos que poderiam resultar da decisão. Nas quatro linhas, a equipa (?) também não ajudava o cada vez mais contestado presidente da agremiação encarnada, que, de parceria com a SIC, ensaia mais uma habilidade que o deixa mal colocado perante o país “vermelho” e os concorrentes, nomeadamente o Sporting. Era tempo de Taça de Portugal e foram duas as novidades provenientes da Luz: o Sporting ganhou à agremiação por 3-1, com dois golos de Acosta, e a SIC fez directos de um jogo em que não havia acordo entre os clubes para a transmissão.

Depois de aturadas e infrutíferas negociações, a agremiação, que insistia em ver o confronto transmitido pela SIC, deixou que o canal de Carnaxide montasse o equipamento, alegadamente para fazer uma gravação, mas a SIC rompeu as regras e transmitiu um “quase-directo” que incendiou o país do futebol. Durante o “Jorna da Noite”, os 90 minutos do jogo foram transmitidos quase na totalidade: a espaços com ligeiro atraso, noutros em directo.




Perante tanta safadeza, havia uma questão que se impunha: quem mandava na agremiação? O arrogante e populista Vale e Azevedo, ou o discreto Emídio Rangel, director da SIC? Afinal de contas um procedimento do género nem sequer poderia causar estranheza. Basta lembrar o que acontecia de cada vez que havia eleições nacionais e eram reveladas sondagens antes de fecharem as urnas.

Depois deste momento de comédia prossigamos:




Janeiro de 2000

2 - «OJOGO» noticia: Palmeiras pode ser o destino do defesa Argel.

3 – O brasileiro Juninho (Vasco da Gama) nos planos do FC Porto. “Seria um prazer jogar no FC Porto” diz o médio vascaíno.

5 – Jardel ganha mais dois troféus, desta vez entregues pela Federação Internacional de História e Estatística do Futebol. Duas bolas, uma de Ouro e outra de Prata, pelos 36 golos que marcou na época anterior (1998/99)

6 – Sondagem «OJOGO», DN e TSF elegem Pinto da Costa como o melhor presidente e Jaime Pacheco o melhor treinador.

7 – A futura cidade do Dragão, apresentada pelo arquitecto Manuel Salgado, vai custar 65 milhões de contos (325 milhões €) assim divididos: 20 milhões de contos (100 milhões €) no complexo desportivo (incluindo estádio, com lotação para 52 mil pessoas, 5 milhões de contos (25 milhões €) no pavilhão multiusos (10 mil pessoas), 30 milhões de contos (150 milhões €) na área habitacional e 10 milhões de contos (50 milhões €) em infra-estruturas.

8 – João Loureiro é eleito presidente do Boavista para os próximos três anos. Eleição concorrida e votação maciça no presidente.

- O FC porto vence na Amadora com dois golos de Jardel, que chega aos 23 em 16 jogos.

Estádio da Reboleira – Árbitro Paulo Paraty (16ª Jorn.)

E. Amadora: Tiago; Rui Neves, Raúl Oliveira, J. Andrade e Kenedy; P. Simões (Verona 80’), Gaúcho V. e V. Vieira; Lázaro; Lewis (Miguel 61’) e Gaúcho
Cartão amarelo: Gaúcho V. 29’, J.Andrade 47’, Lázaro 54’, Tiago e Kenedy 69’, Verona 83’.
Supl. não utilizados: L. Vasco, Leal e José Carlos

FC Porto: Hilário; Secretário, Jorge Costa, Aloísio e Esquerdinha; P. Santos, Chainho (Drulovic 70’) e Capucho; Deco, R. Júnior (Clayton 59’) e Jardel (Peixe 88’)
Supl. não utilizados: Rui Correia e Domingos
Cartão amarelo: Capucho 57’ e Secretário 69’.
Golos: Jardel 78’ e 83’.

9 – Benfica e Sporting empatam a zero, na Luz. O FC Porto na frente do campeonato com 37 pontos, mais três do que o Sporting.

12 – FC Porto, Sporting, Benfica e Boavista seguem em frente na Taça de Portugal, afastando, Braga, U. Leiria, Amora e paredes, respectivamente. Moreirense e Académica “vestem-se de tomba-gigantes e eliminam Santa Clara e V. Setúbal, equipas da I Liga.

16 – Dois golos de Acosta permitem ao Sporting receber e vencer o Salgueiros. Em Braga, o Boavista perde um jogo que termina mal, com o brasileiro Whelliton a dar uma palmada num apanha-bolas que demorou a repor a bola em campo,

17 – O FC Porto recebe e vence o Gil Vicente por 2-0, com mais dois golos de Jardel, que chega aos 25. À sua conta, o brasileiro tem mais golos do que a maioria das equipas da I Liga. Só o Sporting e o Guimarães têm “contabilidade” superior a Super-Mário.

Estádio das Antas – Árbitro: António Costa (17 Jorn.)

FC Porto: Hilário; Secretário, Jorge Costa, Aloísio e Esquerdinha; P. Santos, Chainho e Capucho (R. Júnior 84’); Drulovic, Clayton (Alessandro 58’) e Jardel
Supl. Não utilizados: Rui Correia, Peixe e Domingos
Cartão amarelo: J. Costa 20’, Esquerdinha 81’ e Aloísio 87’.

G. Vicente: P. Jorge; Bessa, Auri, Carlos e S. Lomba; Petit, Casquilha e Fangueiro (Carlitos 72’); P. Santos, Rondinha(R. Nascimento 45’) e Guga (Cuc 78’).
Supl. não utilizados: P. Lopes e Lemos
Cartão amarelo: Casquilha 13’, Bessa 44’, S. Lomba 60’ e Carlos 67’.
Golos: Jardel 17’ e 68’ (gp)

18 – Fernando Santos num colóquio realizado em Rio Maior: “Prefiro Jardel a Batistuta”.

20 – Na Assembleia Geral da Liga, os clubes rejeitam a proposta de alargamento da II Divisão em duas zonas.

23 – Alessandro marca o golo do FC Porto, na vitória nas Antas, sobre o Boavista. Ao cabo de 18 jornadas, FC Porto segue na frente com 43 pontos, mais três do que o Sporting.

Estádio das Antas – Árbitro: Vítor Pereira (18ª Jorn.)

FC Porto: Hilário; Secretário, Jorge Costa, Aloísio e Esquerdinha; P. Santos, Chainho (Alessandro 63’) e Drulovic; Capucho (Peixe 81’), Folha (Clayton 76’) e Jardel
Supl. Não utilizados: Rui Correia e Domingos
Cartão amarelo: Secretário 43’ e Jardel 88’.

Boavista: William; J. Silva, Litos, P. Emanuel e Mário Silva; Rui Bento, L. Manuel e Martelinho; Sanchez, Douala e demétrios (Moreira 71’).
Supl. não utilizados: Ricardo, Sérgio Carvalho, Timofte e Nilton
Cartão amarelo: Luís Manuel 3’, Martelinho 19’, Demétrios 62’ e Litos 82’.
Golo: Alessandro 79´’

27 – Morre Matateu. Aos 72 anos, o ex-avançado do Belenenses morre no Canadá, vítima de doença incurável.

- A transmissão quase directa, da SIC, do Benfica – Sporting, gera grande polémica. O Sporting reclama para o Conselho de Disciplina; Governo participa ao Ministério Público; a FPF remete polémica para o CD e pondera exposição à UEFA. Pinto da Costa reage: “ Se estivesse no lugar do Sporting mandava a equipa regressar aos balneários.

30 – FC Porto empata em Alverca, Benfica ganha em Paranhos com golo irregular de Poborsky.

Complexo Desportivo do FC Alverca – Árbitro: Martins dos Santos (19ª Jorn.)

Alverca: Paulo Santos; Sousa, Kulkov, Hugo Costa e Nelson; Morais; Diogo, Caneira e Ramires; Milinkovic, Rui e Anderson Luís
Supl. não utilizados: Btuno Fernandes e Rui Capucho
Cartão amarelo: Diogo 55’, Anderson Luís 67’ e Sousa 84’.

FC Porto: Hilário; Secretário, Jorge Costa, Aloísio e Esquerdinha (Domingos 88’); P. Santos, Chainho (Clayton 68’) e Capucho; Folha (Alessandro 37’), Drulovic e Jardel
Supl. Não utilizados: Rui Correia e Peixe
Cartão amarelo: Cainho46’.
Golos: Ramires 8’, J. Costa 44’.


31 – O Sporting ganha em Setúbal por 2-1, com golos de Mpenza e Acosta. Na classificação, cumprida a 19ª ronda, o FC Porto segue na frente com 44 pontos, mais um do que o Sporting. O Benfica é 3º com 38.

- Caju, ex-Alverca, assina pelo FC Porto um contrato válido por quatro anos e meio. «OJOGO» anuncia a saída de Argel para o Palmeiras.


Por: Nirutam
Enviar um comentário
>