terça-feira, 21 de maio de 2013

UEFA, 2003 (Por Joker)




Há dez anos em Sevilha
Nessa cidade Andaluza
Uma Taça qu'inda brilha
Nesta triste terra lusa!

A única do seu género
A existir neste canto
Ganha sem exagero
Em epopeia, espanto!

Uma vitória sublime
Com três obras d'arte
Um russo toque define
Um brasileiro destaque:

Derlei, o Ninja 
Audaz, mortal
Com golpes, lincha
O Celta brutal!

Uma vitória
Tomada a ferros
Nesta memória
Os gritos, berros!

Uma experiência
Continuada
Em mais vivência
Noutra Jornada!

No ano seguinte
Os campeões
Da Europa, o requinte
Desses Dragões!

Ano memorável
Nesse campeonato
Só Lucílio, afável
Nos roubou no acto!

O caneco perdido
Naquela expulsão
No cartão a pedido
Ao grande Capitão!

Mas a UEFA é montra
Da real validade
Do qu'o burgo afronta
Em inveja e saudade!

Nesta data, a UEFA
Uma Taça única
Em dez anos se tropeça
Em conquistas à crónica!

Deco, Derlei, Alenitchev
Jorge Costa, Carvalho, Baía
Costiva, Capucho, Maniche
Valente, Ferreira, Costinha!

Um Mourinho por líder
Um caminho desbravado
Noutro festejo, sem nível
Havia de vencer, amuado...



Por: Joker
Enviar um comentário
>