quarta-feira, 29 de maio de 2013

A Lebre e a tartaruga.


Numa altura em que se fala no futuro dos treinadores de Porto e Benfica, relembro aqui uma das mais conhecidas fábulas de Esopo (recontada por La Fontaine)...


A Lebre (também conhecida por Sr. Limpinho) convencida da sua superioridade... desafia a Tartaruga (Vítor Pereira) para uma corrida.

E assim a corrida começou. A Tartaruga esforçada correu o mais depressa possível... no entanto rapidamente foi ultrapassada pela Lebre.

Quando percebeu que já levava um grande avanço em relação à Tartaruga... 
a Lebre deitou-se a dormir...

A tartaruga, no entanto, não desistiu e continuou o seu caminho o melhor que sabia e podia...

Quando acordou... a Lebre incrédula viu que a tartaruga estava prestes a cortar a meta e assim começou a correr o mais depressa que pôde...

No entanto, não foi suficiente... E a Tartaruga ganhou a corrida.

A Tartaruga venceu de forma justa pela humildade, pelo trabalho árduo e pela coragem.

A Lebre perdeu pela fanfarronice, pela vaidade e pela arrogância.

Numa altura em que tudo está indefinido... em quem deverá o Porto apostar?

Na Lebre? Na Tartaruga? Ou deverá partir para uma nova fábula?

Tem a palavra Pinto da Costa. Mas Senhor Presidente... não despreze nunca a moral desta Fábula.


Por: Prodígio

Enviar um comentário
>