quinta-feira, 16 de maio de 2013

Revista de Imprensa - 16 de Maio 2013


"Fico dez anos sem problemas"


 Diego Reyes, que ainda não chegou aos Dragões, já fala que não pensa em sair...Destaque dado pelo jornal O Jogo.

 Os diários desportivos nacionais, espelham esta quinta feira, a desilusão encarnada, após derrota diante do Chelsea, na final da Liga Europa.






O Jogo:

O Jogo


- FC Porto: "Fico dez anos sem problemas", Reyes ainda não chegou e já fala em não sair; "Invasão Portista esgotou 800 bilhetes na Mata Real"



“Carvalho chama a si dossiê da sucessão"
- "A maldição dos 90' "


Record:

Record


- FC Porto: "Pinto da Costa falou com os capitães", Líder alerta para surpresas na última jornada; "Atsu festeja vitória do Chelsea".


- "Bruno já tem plano alternativo"
- "A maldição está nos descontos"



A Bola:

A Bola




Notícias sobre o FC Porto:



Mil adeptos portistas com bilhete garantido, incursão a Paços aumentou falange de apoio

Quando subirem ao relvado do Estádio Capital do Móvel, no domingo, os jogadores do FC Porto vão ser incentivados, no mínimo, por mil adeptos vestidos de azul e branco. Uma nova falange de apoio foi ontem garantida com uma incursão relâmpago às bilheteiras do recinto pacense. Com os ingressos a que os dragões têm direito mais os adquiridos ontem, a equipa terá, pelo menos, um milhar de vozes a incentivá-la.

Os primeiros adeptos do FC Porto chegaram à Mata Real ainda na madrugada de terça para quarta-feira, de forma a ganhar lugar na fila. Aquando da abertura das bilheteiras, às 9 horas, já eram várias as centenas de pessoas – com a maioria identificada com as cores dos dragões e as restantes incógnitas – que tentavam garantir o seu passaporte para o jogo que pode valer um título. Pouco mais de uma hora depois já não havia ingressos disponíveis...

As contas são fáceis de se fazer: de uma lotação total de 5.135 espectadores, o FC Porto recebeu do P. Ferreira os 5 por cento de bilhetes destinados ao clube visitante regulamentares nos jogos classificados de risco elevado, como é o caso da partida da próxima jornada. São 260 bilhetes de topo, aos quais acrescem os 100 de bancada central, mais os 50 regulamentares para elementos do clube. Ontem, o P. Ferreira colocou à disposição do público geral cerca de 500 ingressos para o encontro, tendo a larga maioria sido comprada por adeptos afetos ao FC Porto. Assim, está muito próximo de um milhar o número de dragões garantidos nas bancadas do Capital do Móvel.

Os restantes 4.200 estão à venda unicamente para sócios do P.Ferreira – têm de apresentar o seu cartão de associado no ato de entrada para o estádio –, mas, como é normal um pouco por todo o país, alguns sócios dos clubes ditos pequenos têm simpatias, também, por um dos três grandes...

Mercado negro já funcionou

Durante a tarde de ontem, já depois dos bilhetes disponíveis terem esgotado, ainda era possível ver alguns adeptos identificados com as cores do FC Porto na zona envolvente do recinto pacense. De forma a garantir a sua presença no jogo que pode dar o título de campeão nacional aos dragões, alguns deles mostraram-se disponíveis para recomprar alguns dos ingressos já vendidos nas bilheteiras por valores a rondar os 150 e 200 euros. O preço normal dos ingressos nas bilheteiras do Capital do Móvel era, como se percebe, bastante inferior: 12 euros (visitante), 24 euros (lateral) e 30 euros (central).

PONTO DE SITUAÇÃO

A presença de centenas de adeptos nas redondezas do Estádio Capital de Móvel levou as forças da autoridade a organizar uma operação de segurança que, mais tarde, viria a ser reforçada com a chegada do corpo de intervenção

Apesar do ambiente de alguma tensão vivido entre os adeptos, não se verificou qualquer incidente digno de nota. Ainda assim, foi audível o rebentamento de alguns petardos ao longo da manhã

O recinto dos castores tem, por tradição, encher nas receções ao FC Porto, nomeadamente nas épocas mais recentes. A última vez em que o estádio não teve as bancadas completamente repletas foi na temporada 2008/09. O jogo, referente à 19.ª jornada da Liga, terminou com o triunfo dos dragões por 2-0.


SAD avisou a Liga e o anfitrião, preocupada com a separação entre os simpatizantes

O FC Porto aguarda neste momento por uma reação da Liga face à preocupação por si manifestada de que a segregação entre adeptos da equipa visitada e da visitante não tem condições para ser efetivamente conseguida na partida de domingo. Os dragões consideram não estar reunidas todas as condições de segurança necessárias e fizeram chegar essa preocupação, por escrito, tanto à Liga como ao próprio P. Ferreira.

Na opinião dos azuis e brancos, a separação entre o público é deficitária no Estádio Capital do Móvel, nomeadamente devido à inexistência de portas de acesso separadas para os adeptos adversários e instalações sanitárias separadas.

Os duelos entre FC Porto e P. Ferreira, na Mata Real, não registam, por tradição, problemas de maior, mas o contexto muito específico do jogo de domingo fez subir a fasquia da preocupação azul e branca.

Caixa

À margem desta questão, mas ainda relativamente à venda de bilhetes, diga-se que já esgotaram os ingressos para os jogos da equipa de andebol e de hóquei em patins dos dragões, ambos com o Benfica, de sexta-feira e sábado, respetivamente. Os duelos vão ser disputados no Dragão Caixa, sendo que os dois podem terminar com a conquista de títulos para os portistas.


Toque a reunir, Pinto da Costa e Antero Henrique conversaram com os capitães

Faltam três dias para um dos jogos com maior carga simbólica na história recente do FC Porto. Um triunfo é aquilo que separa os dragões do terceiro tri do seu palmarés e de um dos títulos mais saborosos na longa carreira de Pinto da Costa na presidência. Não admira, por isso, que o carismático líder dos azuis e brancos tivesse marcado presença no Olival, ontem de manhã, juntamente com Antero Henrique, para apoiar de perto o grupo.





Franceses dizem que Mangala vai ser chamado à seleção


Mangala, que esta temporada ganhou o estatuto de titular no FC Porto, deverá ser chamado à seleção francesa, esta quinta-feira.

Segundo escreve o L'Equipe, o internacional sub-21 gaulês deverá estar entre os eleitos de Didier Deschamps para os próximos compromissos da seleção francesa, que vai disputar dois jogos amigáveis, um com o Uruguai e outro com o Brasil.

A chamada de Mangala à seleção principal da França é um reconhecimento da boa temporada que o jogador do FC Porto está a realizar, sendo que, ainda assim, é a lesão de Raphael Varane, do Real Madrid, que lhe abre as portas da formação gaulesa.


Norwich cobiça Steven Defour

Depois de ter contratado Ricky van Wolfswinkel ao Sporting, o Norwich City continua às compras em Portugal. O médio Steven Defour, do FC Porto, é o mais recente desejo do clube inglês.

De acordo com a imprensa inglesa, os canários, que ocupam atualmente o 12.º posto na tabela da Premier League, com os mesmos pontos do Stoke City e do Newcastle, estão de olho no médio do FC Porto, que cumpre a sua segunda temporada no Dragão.

Apesar do suposto interesse do Norwich, os jornais britânicos sublinham que a contratação do belga não se afigura fácil, dado o valor da cláusula de rescisão de Steven Defour: 50 milhões de euros e contrato até 2016.

Nas duas épocas com a camisola azul e branca, Defour soma 76 jogos, 42 como titular, 34 como suplente utilizado.


Reyes recusou benfica porque quer ficar muitos anos no FC Porto

Diego Reyes, um dos reforços do FC Porto para a próxima temporada, confessou que está ansioso por se mudar para os azuis e brancos e, pelo meio, deixou uma declaração curiosa.

«Tinha várias equipas interessadas: benfica, Chelsea mas decidi escolher o FC Porto. Sei que tomei uma boa decisão. Lá irei crescer como jogador e pessoa. Se tiver de jogar 10 anos no FC Porto, jogarei. Será o período mais bonito na minha vida», conta Reyes, em entrevista ao diário Marca.


FCP conhece adversários da Emirates Cup

O FC Porto, convidado para a Emirates Cup, já conhece os adversários. Galatasaray e Napoli vão ser os adversários dos dragões num torneio que também conta com a presença do anfitrião Arsenal.

Num torneio que tem contado com a participação de grandes equipas do futebol mundial nos últimos anos, como Real Madrid, Juventus ou Boca Juniors, o FC Porto foi convidado para a edição de 2013. Conhecido o calendário, os dragões evitam a equipa londrina na tentativa de suceder aos New York Red Bulls, vencedores da última edição em 2011.

Os jogos ficaram marcados para os dias 3, com o Galatasaray, e 4 com o Napoli, equipa onde atua o português Rolando, curiosamente por cedência dos portistas.




Por: Cubillas

Enviar um comentário
>