sexta-feira, 8 de março de 2013

Revista de Imprensa - 08 de Março 2013


Resultado do jogo para a Liga Europa, entre o clube da luz e o Bordéus, em destaque


  O resultado do jogo do benfica com o Bordéus, domina as capas dos três diários desportivos, com a mesma tónica: a vitória é boa, mas a exibição foi fraca.





O Jogo:

Thumb resize.


- FC Porto: "Na hora de decisão estaremos melhor", Danilo e o duelo com o benfica pelo primeiro lugar; Ney Franco, ex-seleccionador sub-20, não consegue explicar a ausência de Fernando no escrete; Liedson viu carro a arder e foi treinar


Jeffren caído em desgraça
- Tiro e quebra, bom de Rodrigo deixa encarnados em vantagem, mas não disfarça exibição apagada



Record:

Thumb resize.


- FC Porto: Quiño convocado de surpresa; FC Porto x Estoril, às 20h00.


- Couceiro tem o apoio de Godinho Lopes
- Rodrigo dá oxigénio




A Bola:

Thumb resize.


- FC Porto: James no lugar de Izmayloz; carro de Liedson em chamas


- "Onde estou mando eu", Bruno de Carvalho garante pulso forte
- Serviços mínimos, benfica venceu e não sofreu golos, com exibição económica

.


Notícias sobre o FC Porto:




Duelo dos últimos campeões no Dragão

Arranca a 22.ª jornada da Liga portuguesa com o FC Porto a tentar o regresso à liderança do campeonato, hoje (20h) na receção ao Estoril Praia. Os portistas estão obrigados a vencer para recuperar o primeiro lugar (à condição), depois do Benfica se ter chegado à frente.

Estoril só não marcou golos na Mata Real, Choupana e Pedreira

Tudo como dantes. Sim. O FC Porto, garantiu o seu técnico, avança no campeonato com a mesma convicção e crença na conquista do título nacional. O empate sem golos em Alvalade, na última ronda, não tira, pois, os dragões do seu caminho. O treinador azul e branco não quer «falhas» e tratou de enviar um aviso à família portista: «Engane-se quem pensar que o título está atribuído a outro clube».

O jogo com os canarinhos antecede a deslocação ao terreno do Málaga, na Liga dos Campeões. Vítor Pereira já sublinhou que não haverá qualquer gestão a pensar no jogo com os andaluzes.

Mas a tarefa portista não se antevê fácil. É que do outro lado estará o Estoril Praia, equipa que apenas não marcou em três jogos do campeonato: Mata Real, Choupana e Pedreira em Braga.

A equipa da Amoreira, que na última temporada se sagrou campeã da Segunda Liga, tem feito um excelente campeonato, sendo forte a sair em transições ofensivas. A equipa de Marco Silva, que venceu nas duas últimas jornadas, faz da sua organização defensiva uma base e dos seus rápidos jogadores na frente - que saem com critério em transição ofensiva – uma 'arma'.

Estoril nunca ganhou para o campeonato na casa portista

A verdade é que nos 20 embates entre os dois emblemas no primeiro escalão, só na casa portista, os dragões têm 15 vitórias contra zero do Estoril, com cinco empates pelo meio.

Ausentes:

F.C. Porto: Mangala e João Moutinho (lesionados);

Estoril-Praia: Hugo Leal e João Paulo (condicionados);

Discurso direto:

Vítor Pereira: «Teremos uma abordagem séria, de quem quer ser campeão nacional, validar o título, contra uma equipa que tem feito um excelente campeonato. É talvez das equipas mais perigosas do nosso campeonato a sair em transições ofensivas. Obriga-nos a estarmos agressivos, muito concentrados».

Marco Silva: «O F.C. Porto marcou sempre em casa esta época e queremos também marcar, para disputarmos o resultado. É uma equipa que consegue condicionar muito o jogo do adversário, faz muita pressão. Temos de ser agressivos. Vamos ter de jogar com o bloco baixo, algo a que não estamos habituados».


Equipas prováveis:

F.C. Porto: Helton; Danilo, Maicon, Otamendi e Alex Sandro; Izmaylov, Fernando e Lucho; James Rodríguez, Jackson e Varela.

Outros convocados: Fabiano, Abdoulaye, Quiñones, Castro, Defour, Atsu e Liedson

Estoril-Praia: Vagner; Mano, Steven Vitória, Yohan Tavares e Jefferson; Gonçalo, Evandro e Diogo Amado; Luís Leal, Licá e Carlitos.

Outros convocados: Mário Matos, Anderson, João Pedro, Bruno Miguel, Elizeu, João Coimbra, Carlos Eduardo, Gerso e Tony Taylor.





Baía: «É com regularidade que se vencem campeonatos»

Vítor Baía, símbolo do FC Porto, considera que «vai haver campeonato até ao fim». O antigo guarda-redes da seleção crê mesmo que o clássico entre portistas e benfiquistas, no Dragão, pode ser «decisivo».

«Vai ser equilibrado, nada está decidido, vai haver campeonato até ao fim e será definido em pequenos detalhes», disse o antigo guarda-redes do FC Porto.

Baía salientou também no campeonato «tem havido um enorme equilíbrio».

«Não se pode fazer futurologia, ainda faltam alguns jogos, mas se FC Porto e Benfica mantiverem o nível que vão tendo até aqui, poderá ser um jogo decisivo. Vamos ver, porque ambas as equipas poderão ainda perder pontos», referiu, em declarações à margem da campanha nacional «Educar para a ética no desporto», em Guimarães.

Vítor Baía esclarece que Benfica e FC Porto estão «acima de tudo mais equilibradas» mas «é com regularidade que se vencem campeonatos».



Marcar para seguir na peugada de Jardel, Jackson "persegue” brasileiro

Iniciou em Setúbal uma série de 6 jogos a marcar na Liga, antes de Alvalade
Se ficar em branco na partida desta noite, Jackson Martínez contabilizará tantos jogos quanto golos marcados na Liga.




Danilo: Benfica? «É grande equipa mas temos tudo para vencer o campeonato»

O portista Danilo tem sido utilizado com frequência por Vítor Pereira. Porém, em entrevista à revista Dragões, o defesa/lateral promete que será «importante no clube».
Um ano depois de se estrear pelos azuis e brancos, o internacional brasileiro recorda as dificuldades que enfrentou no começo. O jogador canarinho salienta também como foi a sua adaptação «a um futebol mais rápido».

Danilo é dono da camisola Nº 2 do FC Porto que já foi pertença João Pinto e Jorge Costa.

O jogador disse ainda que não vê o «FC Porto a perder no campeonato».

«Pelo clima no balneário, que a gente tem nos treinos, todo mundo sempre com o mesmo pensamento, não nos vejo a perder no campeonato», avisou.

Danilo deixou, contudo, elogios ao Benfica.

«É uma grande equipa, muito forte, mas acho que a gente tem tudo para vencer. Sabemos que vai ser lado a lado até ao fim, mas quando for a hora da decisão a gente está melhor, sem dúvida», referiu.






Monaco interessado em João Moutinho

A notícia é surpreendente mas não deixa de ter alguma justificação: o Monaco, histórico clube francês que atua na Ligue 2 e está bem lançado para conseguir a subida, quer João Moutinho. À partida, pode-se logo pensar que o médio do FC Porto é inacessível para o emblema gaulês, mas a aposta é clara: conseguido o regresso ao principal escalão, o Monaco quer lutar pelo título.

Nesse sentido, dizem a imprensa e os blogues franceses (Sport365.fr, Asmfoot, Menly.fr e Actufoot06.com), Moutinho seria a escolha principal para dono do meio-campo e patrão da equipa monegasca.

O cenário de contratação é tido, naturalmente, como «muito difícil», não só porque «Moutinho tem contrato até 2015» com os dragões, mas sobretudo porque se acredita que Pinto da Costa «não aceita libertar o internacional português por menos de 35 milhões de euros».
No entanto, Claudio Ranieri foi claro para com os seus dirigentes: para além de Rémy Cabella (Montpellier), Stéphane Ruffier (Saint-Étienne) ou Maxime Gonalons (O. Lyon), o reforço mais desejado para a próxima época é mesmo João Moutinho.

O alegado interesse do Tottenham e do Manchester United no camisola 8 do FC Porto pode ser outro obstáculo às intenções do Monaco, mas em França acredita-se que o dono do Louis II, tantas vezes palco da Supertaça Europeia, está aí para «investir em força» e poderá, de fato, causar uma surpresa no mercado de verão.

O Mónaco ocupa neste momento o 1.º lugar da Ligue 2, com 56 pontos.








Por: Cubillas
Enviar um comentário
>