segunda-feira, 4 de março de 2013

Revista de Imprensa - 04 de Março 2013



Liderança conquistada em Aveiro e Sara Moreira de ouro são os principais destaques nas primeiras páginas



   O primeiro lugar do campeonato conquistado pelo benfica em Aveiro, frente ao Beira-Mar, e a medalha de ouro conquistada por Sara Moreira, nos Europeus de Gotemburgo, fazem as primeiras páginas dos diários desportivos desta segunda-feira.
Em grande destaque nas primeiras páginas está Óscar Cardozo, que marcou o único golo dos encarnados em Aveiro, através da marcação de uma grande penalidade, e que foi suficiente para que a equipa de Jorge Jesus pudesse rentabilizar o empate do FC Porto em Alvalade e assumir o primeiro lugar do campeonato nacional.
A conquista do ouro europeu por parte de Sara Moreira nos 3000 metros dos Europeus de Atletismo é outro do grande destaque dos jornais desportivos.
As eleições à presidência do Sporting e os incidentes na tribuna presidencial no último clássico de Alvalade merecem chamadas de primeira página nos desportivos.




O Jogo:

Thumb resize.


- FC Porto: Ataque dá tiros de pólvora seca, nos últimos cinco jogos, o campeão precisou de 19 remates para marcar. Antes bastavam cinco...; Condição de James afasta-o do onze, quatro jogos no banco justificados por falta de ritmo e confiança


- Eric Dier fixa-se no meio campo; Ilori passa teste e agarra o lugar.
- Cardozo liderou a fuga: ganhou e marcou o penalti que deixa os encarnados isolados na frente; Artur foi decisivo para segurar a vitória; "Vantagem não resolve nada, vai ser uma luta até ao fim", Jorge Jesus.
- Olhanenses - Braga às 20h30: "Ganhou o Paços? Temos 11 finais", José Peseiro recusa atirar a toalha no campeonato.
- V. Guimarães - Académica às 18h15: D. Afonso Henriques aberto e policiado.
- Inglaterra: Villas-Boas volta ao pódio.
- Atletismo: Sara Moreira vale ouro.




Record:

Thumb resize.


- FC Porto: Prioridade é recuperar Moutinho para Málaga



- A bronca da tribuna da Alvalade; Paulo de Abreu desafiou Pinto da Costa a resolver tudo "lá fora"; Fokobo há um ano estava à experiência nos juniores; "Vamos agir mais e falar menos", Bruno de Carvalho e a arbitragem.
- Líder sou eu: penalti de Cardozo dá 1.º lugar ao benfica (Beira-Mar 0-1 benfica); "Cada jogo vai ser como uma final"; águias somam mais 6 pontos do que na época passada; "Temos de estar preparados para lutar", Jorge Jesus.
- Atletismo/Europeu de pista coberta: Sara Moreira campeã dos 3000 metros.
- 2.ª divisão: cenas de violência e destruição no Boavista-Fafe.





A Bola:

Thumb resize.


- FC Porto: Moutinho e Mangala podem falhar Estoril, após clássico, nova ausência em perspectiva; Vitor Pereira prefere vê-los a 100 por cento em Málaga.


- Sporting: academia de centrais; no clássico contra o FC Porto, leão teve três defesas da formação em campo..
- Enfim sós! benfica teve de sofrer mas é líder isolado pela primeira vez esta época; águia fica com dois pontos de vantagem sobre os dragões; Cardozo resolveu de penalti aos 16 minutos (Beira-Mar 0-1 benfica); "Deus queira que o FC Porto continue a perder pontos", Jorge Jesus.
- Atletismo: Sara Moreira de Ouro; atleta portuguesa é a nova campeã europeia de pista coberta nos 3000 m.


Notícias sobre o FC Porto:





Rota do título: F.C. Porto está na fase mais perigosa, deslocações consecutivas antes da receção ao Sp. Braga

A nove jornadas do final da Liga, faz sentido olhar mais além. Analisar os desafios que F.C. Porto e benfica, os dois candidatos ao título, têm ainda pela frente. As fases teoricamente mais complicadas, assim como os períodos aparentemente menos exigentes.

O F.C. Porto está, nesta altura, no período teoricamente mais complicado do calendário. É quando o inverno começa a abrir caminho à primavera que a equipa de Vítor Pereira enfrenta maiores dificuldades, tendo em conta também os compromissos europeus.

O mês de março começou com a visita a Alvalade, e agora segue-se a receção ao Estoril. Depois há a segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, em Málaga. É a primeira de três deslocações consecutivas, sendo que as duas seguintes são para a Liga: Marítimo e Académica. Depois, já no início de abril, o F.C. Porto recebe o Sp. Braga.

Deve-se ter em conta ainda que, caso a formação azul e branca passe aos quartos de final da Liga dos Campeões, o jogo com os «arsenalistas» surge entre os dois encontros da eliminatória europeia.

Mas ainda que este seja, em teoria, o período mais difícil, a reta final da Liga apresenta uma exigência similar: o mês de maio começa com uma visita à Choupana, segue-se a receção ao benfica, em jogo que pode decidir o título, e por fim a visita a Paços de Ferreira.

Falta saber ainda onde vai encaixar o jogo das meias-finais da Taça da Liga, caso se confirme que é o F.C. Porto que defronta o Rio Ave.

Calendário do F.C. Porto até final da época:
8/3: Estoril (c)
13/3: Málaga (f) [Liga dos Campeões]
17/3: Maritimo (f)
30/3: Académica (f)
(1ª mão dos quartos de final da Liga dos Campeões)
7/4: Sp. Braga (c)
(2ª mão dos quartos de final da Liga dos Campeões)
(14/4: Final da Taça da Liga)
21/4: Moreirense (f)
(1ª mão das meias finais da Liga dos Campeões)
28/4: V. Setúbal (c)
(2ª mão das meias finais da Liga dos Campeões)
5/5: Nacional (f)
12/5: Benfica (c)
19/5: P. Ferreira (f)


benfica corre mais riscos no fim

Calendário do benfica até final da época:

7/3: Bordéus (c)
10/3: Gil Vicente (c)
14/3: Bordéus (f)
17/3: V. Guimarães (f)
30/3: Rio Ave (c)
(1 ª mão dos quartos de final da Liga Europa)
7/4: Olhanense (f)
(2ª mão dos quartos de final da Liga Europa)
(14/4: Final da Taça da Liga)
17/4: P. Ferreira (c) [Taça de Portugal]
21/4: Sporting (c)
(1ª mão das meias finais da Liga Europa)
28/4: Marítimo (f)
(2ª mão das meias finais da Liga Europa)
5/5: Estoril (c)
12/5: FC Porto (f)
(Final da Liga Europa)
19/5: Moreirense (c)


Recuperação ao sprint, Moutinho em dúvida até para Málaga

Moutinho quer ultrapassar rapidamente a distensão muscular na face posterior da coxa direita
Assim que João Moutinho se lesionou na véspera do clássico de sábado, as preocupações azuis e brancas passaram, em primeiro lugar, pela capacidade da equipa reagir face à ausência de um dos jogadores mais preponderantes na sua manobra coletiva.



James no fim de uma fila inesperada, sem ritmo competitivo

Foram 34 minutos em campo que não convenceram. Depois do rendimento apresentado por James frente ao Sporting, jogo em que foi suplente utilizado, começam a ser mais percetíveis as razões pelas quais o médio tem iniciado as partidas no banco, desde que recuperou da lesão que o afastou dos relvados desde o início do ano até o meio de fevereiro.

A verdade é que nunca em duas temporadas e meia de azul e branco, o número 10 tinha sido suplente utilizado quatro vezes consecutivas e foi isso mesmo que aconteceu nos recentes duelos com Sporting, Rio Ave, Málaga e Beira-Mar. À exceção do excelente passe que esteve na base do segundo golo de Jackson Martínez frente aos vila-condenses, na 20.ª jornada, o seu contributo tem sido muito reduzido e, por isso, El Bandido terá de apelar para já à sua paciência.


Perigo de exclusão já tem dois nomes, Mangala e Izmaylov

Izmailov viu o seu 4.º cartão amarelo neste campeonato frente aos leões, pelo que está agora em perigo de exclusão na Liga, juntando-se ao francês Mangala.

Fernando também foi admoestado, no caso com o 7.º cartão, estando assim a dois de voltar a cumprir castigo.









Por: Cubillas
Enviar um comentário
>