terça-feira, 27 de agosto de 2013

Revista de Imprensa - 27 de Agosto 2013

" Renovação avança"


 O jornal OJogo dá destaque à renovação do goleador dos Dragões Jackson Martinez, sendo que se trata do assunto com maior prioridade na agenda da SAD Portista.
O Mágico Deco, aos 36 anos, resolveu pendurar as botas e é um dos temas abordado pelos três diários desportivos nacionais, nesta terça feira.




O Jogo:

Thumb resize.


- FC Porto: "Renovação avança: Jackson é a grande prioridade na agenda da SAD portista para os próximos dias; empresário do colombiano chega hoje ao Porto; "FC Porto tem sob controlo os outros 50% de Quintero", agente do médio diz que os dragões se acautelaram; Reyes estreou-se, Ricardo brilhou.


- "O Mágico despediu-se."
- "Bruma volta a mudar de ideias; prometeu apresentar-se, mas "sentiu-se mal" quando ouviu falar na equipa B."
- "Não serei emprestado, vou lutar por um lugar"



Record:

Thumb resize.


- FC Porto: "Jackson Martínez pronto a renovar."


- "Valeu Mágico, obrigado"
- "Acórdão Bruma põe FIFA em cheque"
- "Beijo conquista balneário"



A Bola:

Thumb resize.


- FC Porto: "Portugueses e dragões; Josué e Licá, os dois jogadores nacionais do onze, partilham a paixão pelo clube e o brilho intenso neste arranque de época"


- "Deco: fim de carreira do "mágico" que o Benfica não quis e o FC Porto aproveitou."
- "Leões acreditam no regresso de Bruma"
- "Markovic ganhou o lugar"



Notícias sobre o FC Porto:


Deco anuncia fim de carreira

Vítima de mais uma lesão muscular, Deco anunciou, esta segunda-feira, o fim da sua vitoriosa carreira. O médio luso-brasileiro tem 24 títulos oficiais conquistados no seu palmarés.

Deco fez história em todos os clubes por onde passou. Revelado na formação do Corinthians, deixou o Brasil muito cedo e rapidamente conquistou o seu espaço no futebol português. No FC Porto é um dos maiores ídolos de sempre, tendo vencido a Taça UEFA e a Liga dos Campeões sob as ordens de José Mourinho. Naturalizou-se português e defendeu também a seleção das quinas, participando em dois Campeonatos da Europa e outros tantos Mundiais.
O luso-brasileiro foi peça-chave também no Barcelona campeão da Europa em 2005/2006, numa equipa que contava com Ronaldinho Gaúcho como grande craque, no auge da sua forma. Passou também pelo Chelsea, onde não teve o mesmo destaque, mas mesmo assim ainda conseguiu ser campeão inglês.

Deco -23 títulos oficiais

2 Liga dos Campeões 2003/04, 2005/06
1 Europa League 2002/03
3 Liga Portuguesa 1998/99, 2002/03, 2003/04
3 Taça de Portugal 1999/00, 2000/01, 2002/03
3 Supertaça Cândido de Oliveira 1999, 2001, 2003
2 Liga Espanhola 2004/05, 2005/06
2 Supercopa de España 2005, 2006
1 Liga Inglesa 2009/10
2 The FA Cup 2008/09, 2009/10
1 Supertaça - Inglaterra 2009
2 Campeonato Brasileiro 2010, 2012
1 Campeonato Carioca 2012

No Fluminense assumiu um papel de coadjuvante. Brilhou em diversos momentos, mas foi acompanhado, na maior parte do tempo, pelas lesões. Deco teve sempre estrela, além de talento, e foi importante nas conquistas de 2010 e 2012 do clube brasileiro, que representou nos últimos quatro anos. Os problemas físicos tornaram-se insuportáveis para o médio, que decidiu antecipar o fim da sua carreira.

«É com muita tristeza e pesar que comunico o fim da minha carreira como atleta profissional. Os últimos minutos na quarta-feira pelo Fluminense foram os últimos dos 17 anos dentro de campo como jogador de futebol. Gostaria muito de continuar até ao final deste Campeonato Brasileiro e ajudar a colocar a equipa novamente na [Taça] Libertadores, mas não estou a conseguir», lamentou o jogador, num comunicado oficial.

Apesar de não esconder a deceção por não conseguir encerrar a época dentro dos relvados, Deco recordou os títulos conquistados no Tricolor e afirmou ter tido um fim de carreira «feliz» no clube.


«Quero agradecer ao Fluminense, ao Celso Barros [presidente da Unimed, patrocinadora do Fluminense] e a todos os que trabalharam comigo nestes três anos e me deram a oportunidade de jogar no futebol brasileiro. Mais do que isso, pude participar e ajudar a conquistar dois títulos brasileiros e o Campeonato Carioca. Fui muito feliz neste período no clube. Gostaria muito de ter ajudado muito mais o Fluminense, mas o meu corpo não me permitiu. Deixo claro que me dediquei, esforcei e muitos me apoiaram para que eu seguisse até ao final de ano. Fisicamente poderia jogar, mas os meus músculos não suportam mais. Obrigado a todos e pela confiança e carinho», despediu-se Deco.


Pinto da Costa: «Deco será uma das lendas do FC Porto»

No dia em que Deco anunciou o adeus ao futebol, Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, deixou palavras de elogio ao antigo médio dos dragões e da seleção nacional.

«Quando um jogador como o Deco termina a carreira, num reconhecimento que se chegou a hora, não se fica triste. Mais uma vez, ele mostrou a sua inteligência e o poder de decisão», disse Pinto da Costa em declarações ao Porto Canal.

«Ficou na história do FC Porto. Será uma das lendas do FC Porto. Foi um jogador fantástico. Deco foi uma pessoa que se adaptou ao clube. Sente o FC Porto no coração como se fosse nosso atleta», prosseguiu o líder dos dragões.

Por fim, Pinto da Costa sublinhou a amizade que o une ao luso-brasileiro: «Deve sentir-se feliz ao olhar para trás e saber, como ele sabe, que no FC Porto só tem amigos. Desejo-lhe muitas felicidades. Somos amigos desde que nos conhecemos. Onde quer que continue a sua vida profissional, desejo-lhe o melhor.»


Jackson enaltece trabalho da equipa azul e branca

Jackson Martínez marcou o primeiro golo do FC Porto, ontem, frente ao Marítimo, e mostra-se satisfeito com o tento apontado mas também com a exibição da equipa azul e branca.

«Estivemos muito bem desde o primeiro minuto e conseguimos a vitória. Tivemos muitas oportunidades para fazer mais golos mas o importante foi a equipa ter sido sempre agressiva e não ter dado espaço ao rival», analisou, após o triunfo sobre a equipa insular, o avançado colombiano.

Para Jackson, os três pontos têm ainda mais importância por terem sido conquistados frente a uma equipa que estava «motivada com a vitória frente ao Benfica», na jornada anterior.

O colombiano, mais do que se mostrar feliz com o golo marcado, sublinha o trabalho da equipa.

«Sinto-me sempre feliz quando a equipa ganha e quando saímos todos contentes porque demos tudo. Essa é a minha maior motivação e os golos chegam como consequência do bom trabalho. Necessito de todos os companheiros para marcar golos», enalteceu.


Mangala em risco para o Paços de Ferreira

Paulo Fonseca tem por estes dias uma grande dúvida para o jogo do fim de semana em Felgueiras, frente ao FC Paços de Ferreira, da 3ª jornada da Liga portuguesa.

Eliaquim Mangala saiu lesionado ao intervalo da partida frente ao Marítimo, no domingo, e só esta terça-feira será reavaliado pelo departamento clínico dos dragões.
O defesa central francês sofreu uma lesão muscular na face anterior da coxa esquerda e é muito provável que não entre nas opções de Paulo Fonseca para o jogo frente aos «castores».


Génova aponta a Iturbe, Quagliarella à frente de Varela para West Ham

Há dois novos fatores a ter em conta na definição dos futuros de Iturbe e Varela. De acordo com a imprensa italiana, o argentino tem mais uma equipa interessada nos seus serviços, no caso, o Génova. A equipa transalpina ter-se-á juntado ao Inter e ao Espanyol no lote de emblemas dispostos a contratar o extremo.

Já no caso de Varela, o jornal “Daily Mail” avançou ontem com a notícia de que o extremo não é a primeira, mas sim a segunda opção para o West Ham, que prefere contratar Quagliarella à Juventus. Somente se a contratação falhar é que Sam Allardyce, técnico dos ingleses, tentará levar o internacional português do Dragão.

Testes

Noutro âmbito, o FC Porto vai receber à experiência dois internacionais egípcios que marcaram presença no recente Mundial Sub-20. Saleh Gomaa e Ahmed Refaat, médios do Enppi, de 20 e 19 anos, respetivamente, vão chegar ao Olival já no início da próxima semana.


FC Porto B e FC Penafiel empatam 0x0

No fecho da 4ª jornada da Liga 2 de Portugal, FC Porto e FC Penafiel empataram sem golos, em Pedroso, Vila Nova de Gaia.

As duas equipas partilham a liderança do segundo escalão do futebol português, com 10 pontos, na companhia do Moreirense, que também soma 10 pontos em quatro jogos.


Por: Cubillas

Enviar um comentário
>