segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Revista de Imprensa - 05 de Agosto 2013

" Quintero é quem mais ordena"


A exibição de Quintero frente ao Nápoles é a manchete do jornal O Jogo desta segunda-feira. O colombiano esteve em bom plano na vitória dos "dragões" frente aos italianos por 3-1.
Os restantes diários desportivos nacionais também referem a boa exibição do Dragão Quintero, mas preferem dar manchete à exclusão de Labyad do Torneio do Guadiana e aos milhões que o clube da luz espera alcançar, em vendas de jogadores.




O Jogo:

Thumb resize.


- FC Porto: "Nápoles 1-3 FC Porto: Quintero é quem mais ordena; esteve na origem dos dois primeiros golos dos portistas e assumiu a condução do jogo; "Tive a oportunidade de mostrar o meu futebol"; Ghilas, Licá e Fernandez (p.b.) marcaram os golos dos dragões


- "Labyad proibido de jogar por Bruno de Carvalho"
- "Comigo, Cardozo não jogava mais", Paulo Autuori nunca aceitaria o avançado de volta"



Record:

Thumb resize.


- FC Porto: "Nápoles 1-3 FC Porto: Quintero mostra a sua classe; "Estaremos muito fortes na Supertaça", Paulo Fonseca


- "Labyad riscado pelo presidente"
- "mais valiosos estão à venda"



A Bola:

Thumb resize.


- FC Porto: "Nápoles 1-3 FC Porto: Quintero agita o dragão; Herrera também se destacou e Ghilas e Licá marcaram; "Vamos apresentar-nos muito fortes na Supertaça"


- "Empresário de Labyad acusa Bruno de Carvalho"
- "A minha cabeça já está longe do Benfica"



Notícias sobre o FC Porto:


Início de Paulo Fonseca igual ao de Vítor Pereira

Paulo Fonseca chegou ao FC Porto para preencher a vaga deixada por Vítor Pereira e a verdade é que o ex-treinador do Paços de Ferreira poderá ter exatamente o mesmo início de percurso que o seu antecessor.

10 de agosto de 2013 é a data para que está marcada a estreia oficial de Paulo Fonseca à frente dos azuis e brancos. A partida será realizada em Aveiro, o adversário é o Vitória de Guimarães e um triunfo pode valer a conquista de um título, a Supertaça Cândido de Oliveira.

Curiosamente, foi assim também com Vítor Pereira há dois anos, quando o agora treinador do Al-Ahli Jeddah sucedeu no comando técnico do FC Porto a André Villas-Boas, que se tinha transferido para o Chelsea a troco de 15 milhões de euros.

A 7 de agosto de 2011, também em Aveiro e com o Vitória de Guimarães como adversário, Vítor Pereira estreou-se como treinador principal dos dragões ao conquistar a Supertaça Cândido de Oliveira após um triunfo por 2x1, tendo os golos sido apontados por Rolando, jogador que nesse dia fez um bis e que hoje está afastado do plantel e procura uma solução para dar seguimento à carreira.

Caso Paulo Fonseca consiga vencer os vimaranenses, detentores da Taça de Portugal, o técnico de 40 anos pode juntar-se à lista de treinadores no FC Porto que conquistaram um título no primeiro jogo que disputaram pelo clube.
Vítor Pereira, em 2011, foi o último a estrear-se com a conquista de um título, mas já o mesmo tinha acontecido anteriormente com André Villas-Boas, que venceu o Benfica em Aveiro, em 2010. Rui Barros, que fez a transição entre Co Adriaanse e Jesualdo Ferreira venceu um troféu na única partida oficial em que orientou o FC Porto, conquistando a Supertaça em Leiria após um triunfo sobre o Vitória de Setúbal por 3x0.

Dois anos antes, o espanhol Victor Fernández, que substituiu Luigi Del Neri, também precisou apenas do primeiro jogo para conquistar um troféu, levando o FC Porto à conquista da Supertaça frente ao Benfica, jogo que os dragões venceram por 1x0, em Coimbra.

Em 2001, quando a Supertaça passou a decidir-se, novamente, num só jogo, Octávio Machado também conquistou a competição no primeiro jogo oficial que realizou ao serviço do FC Porto nas competições nacionais, vencendo o Boavista por 1x0 no Estádio dos Arcos.


Contudo, ao contrário dos outros técnicos referidos, os primeiros dois jogos de Octávio Machado nos azuis e brancos foram para a segunda pré-eliminatória da Liga dos Campeões, diante dos galeses do Barry Town.


Paulo Fonseca: «Há muita coisa para evoluir»

O FC Porto encerra a pré-temporada com um saldo de sete vitórias em oito jogos. Paulo Fonseca mostra-se confiante para o arranque oficial da temporada.

«Há muita coisa para evoluir. Não estou a dizer que no passado não estava bem. Mas nas minhas ideias, parece-me que esta equipa vai-se apresentar forte. Mas creio que ainda há um caminho para percorrer», afirmou Paulo Fonseca, em declarações em conferência de imprensa.

O técnico reiterou ainda que o plantel vai perder alguns jogadores.

«No devido tempo vamos tratar de algumas saídas. Não se trata de dispensar. Nesta casa colocamos os jogadores para render e evoluir, mas isso falaremos na devida altura», explicou o treinador do FC Porto, em Londres, depois da vitória sobre o Napoli (1x3).

«Fazendo um balanço deste torneio, apenas sofremos dois golos de grande penalidade e dominámos 90 por cento do tempo dos dois jogos, diante de duas grandes equipas. Não tenho dúvidas que tanto o Galatasaray como o Nápoles vão lutar pelo título nos seus países», destacou.

Sobre a possível saída de Jackson, Paulo Fonseca remata: «Para mim esse é um assunto que está fechado.»


Quintero: «Importante é a equipa»

Juan Quintero mostra-se entusiasmado com as primeiras exibições ao serviço do FC Porto. No entanto, o jovem craque salienta que «o mais importante» é preparar «a equipa».

«O mais importante é prepararmo-nos para o que vem aí», afirmou Quintero, após a vitória do FC Porto sobre o Napoli (1x3), em declarações à Sporttv. O colombiano não escondeu também a intenção de conquistar a titularidade no onze de Paulo Fonseca mas volta a focar a equipa.

«Todos trabalhamos para ser titular. O mais importante é trabalharmos bem para que a equipa possa ganhar», referiu Quintero.

Mais tarde, nas redes sociais, Quintero não escondeu que a equipa portista é «fantástica».

«Estou muito contente. Todos os jogadores são muito bons e esta equipa é fantástica.»


Villas-Boas quer Rolando

Rolando continua a ver o seu nome associado a vários emblemas. O Tottenham, orientado por André Villas-Boas, entra também em cena para tentar a contratação do internacional português, que tem origens em Cabo Verde.

De acordo com a imprensa britânica, Villas-Boas pretende reforçar o setor defensivo dos spurs com o central portista.

O tricampeão português, já se sabe, admite vender Rolando por um valor a rondar os quatro milhões de euros.

Rolando continua a treinar-se com o restante plantel azul e branco mas ainda não sabe onde vai jogar.
a colocamos os jogadores para render e evoluir, mas isso falaremos na devida altura», explicou o treinador do FC Porto, em Londres, depois da vitória sobre o Napoli (1x3).


«Fazendo um balanço deste torneio, apenas sofremos dois golos de grande penalidade e dominámos 90 por cento do tempo dos dois jogos, diante de duas grandes equipas. Não tenho dúvidas que tanto o Galatasaray como o Nápoles vão lutar pelo título nos seus países», destacou.

Sobre a possível saída de Jackson, Paulo Fonseca remata: «Para mim esse é um assunto que está fechado.»


Tranca de Fernando fecha toda a equipa, o melhor dos Dragões frente ao Nápoles

O médio assumiu as despesas sem pedir a fatura do penálti que cometeu. A ajuda de outros notáveis foi decisiva a equilibrar o momento defensivo com a vontade de marcar...


Por: Cubillas

Enviar um comentário
>