quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Política desportiva




O Correio já vendeu
O plantel mais valioso
70 milhões, do seu…
Nem o Cardoso!?

O Malgarejo voltou!?
Esse defesa em cunha
E o  Luisinho que trocou
O benfica pel’o Corunha!?

O Sálvio que vai pr’o Zenith
Por 40 milhões d’Euros!?
O Matic, que pr’a Elite
Só lhe falt’os bons agouros!

O que vale é o Cortez!
E o Sílvio à direita?
Uma defesa só com três
Qu’os dois juntos, só enfeita!

E s’o Garay está vendido
Por outros 40 milhões
Só rest’o o coxo empedernido
Que só jog’aos encontrões!

E o que dizer das entradas?
Com cem jogadores no elenco?
C’o Funes Mori, nas arrancadas
O Cardoso é um falso lento!

Que de “desejado” no River
Tantos sonharam este desfecho
Fizeram uma festa incrível
Quando embarcad’o apetrecho!

Agora vem um da Grécia
Pr’a onde venderam o Roberto
Pra evidenciar a inépcia
De ter o Matic, por perto…

E emprestad’os  Pizzi
Juntamente c’os Fariña
Ainda se pensa na crise
Neste valor que s’adivinha?

É uma política grandiosa
De quem vive bem abastado
A conta é milagrosa!…
c’o dinheiro emprestado!?

Já qu’as vendas não surgem
A não ser as do Correio
Nem os fundos que se fundem
Mostram valores de permeio!?

E o orçamento sustem-se
C’o dinheiro das garantias
Nist’o Orelhas convém-se
Sem ele, que outras vias?…

Correm d’encontro ao passivo
Gigantesco, megalómano!
E se mais compram, no risco
Nota-se obra de pirómano!

Pois sem ele, não há futuro
Tem o clube controlado
Nos Estatutos, ou ao murro
O Orelhas é um primado!

Não há alternativ’ao dinheiro
Qu’o risco jogou na TV
Se mais não vier, é certeiro
Este projecto que se vê!

Por isso o dinheiro é inefável
Meras somas contabilísticas
No benfica é bem durável, e
Sobram as notas artísticas!

Já que não existem títulos
Sobra-nos o bom futebol, e
Multiplicam-se os ídolos

Neste clube do tintol!




Por: Joker






Enviar um comentário
>