sábado, 13 de outubro de 2012

Hóquei em Patins: FC Porto 12 - 0 Sporting CP



Exibição de gala por parte do FC Porto! 






Foram 12 golos sem resposta e outros ficaram por marcar, perante um Sporting que lutou cerca de 28 minutos, mas após o sexto golo sofrido foi completamente abaixo, a 01:26 para o final da partida a turma leonina tinha dois jogadores a mais no campo (azul a Tiago Santos e Reinaldo Ventura), mas nem assim conseguiu reduzir distâncias.





Depois de uma exibição e resultado menos conseguido na ronda inaugural diante do Paço de Arcos, o FC Porto apresentou-se com grande atitude, pressionando alto, impondo um ritmo forte do primeiro ao último segundo, no entanto aqui e ali o Sporting chegava com perigo junto à baliza defendida pelo espanhol Edo Bosch, enviando nos primeiros minutos da primeira parte três bolas ao ferro, dando alguma réplica, apesar dos dragões terem marcado dois golos a abrir o encontro através de Reinaldo Ventura e do regressado Jorge Silva.

Apesar de tudo, o adversário não acusou os golos sofridos e manteve a mesma toada, não se limitando a defender, mas foi o FC Porto a marcar e desta feita por Tiago Santos e pouco depois o goleador Vítor Hugo colocou o resultado favorável em quatro bolas a zero, e foi com estes números que o jogo chegou ao intervalo.  

Nos segundos 25 minutos, mais uma entrada fortíssima da equipa liderada por Tó Neves, marcando três golos num espaço de seis minutos (Vítor Hugo, Jorge Silva e Reinaldo Ventura) o que acabou definitivamente com as aspirações do Sporting, sendo que os restantes tentos surgiram com toda a naturalidade por intermédio de Jorge Silva, Ricardo Barreiros (estava difícil aparecer o seu primeiro golo com a camisola azul e branca), Vítor Hugo, Reinaldo Ventura e Tiago Santos.

De realçar que o nosso treinador colocou os dez jogadores em jogo, incluindo o júnior Pedro Cerqueira, que assim se estreou com a camisola do FC Porto em jogos deste nível.

FC Porto:

Edo Bosch (g.r.), Pedro Moreira, Reinaldo Ventura (3), Ricardo Barreiros (1) e Jorge Silva (3). Jogaram ainda: Nélson Filipe (g.r.), Tiago Santos (2), Vítor Hugo (3), Hélder Nunes e Pedro Cerqueira.


Por: Dragão Orgulhoso
Enviar um comentário
>