segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Dragon Force: O projecto basquetebol.






Numa altura onde o projecto Dragon Force arrancou em força no nosso clube a nível sénior e que visa uma aposta clara na formação num futuro próximo, quando paradoxalmente o basquetebol português se encontra a viver uma grave crise.









Deixamos a questão,será que o FC Porto se antecipou aos problemas federativos e acabou por tomar a decisão mais sensata?

O tempo tem mostrado que sim, uma vez que grande parte dos clubes atravessam diversos problemas de ordem financeira e depois da desistência do Barreirense (substituído pelo Galitos) existe também a possibilidade de equipas como o CAB Madeira, Académica, Barcelos ou Lusitânia se juntarem ao FC Porto e Barreirense no lote de desistentes para a época 2012/2013, confirmando de antemão a crise que enfrenta esta modalidade.

No último fim de semana realizou-se a final-four do Troféu António Pratas ("curiosamente" realizado no Pavilhão da Luz) e como não podia deixar de ser o Benfica passeou a seu belo prazer, ultrapassando com facilidade o Barcelos e depois na final a Académica.

Com a crise instalada na modalidade vejo dez equipas da Liga contando nas suas fileiras com plantéis modestos em quantidade/qualidade e depois temos uma única equipa repleta de estrelas, com excelentes alternativas seja para o jogo interior como exterior, onde certamente ao longo da temporada vai passear e conquistar todas as provas onde está inserido com maior ou menor dificuldade.

Neste actual cenário estar a investir num plantel competitivo não sabendo o número de clubes efectivos que vão estar na Liga e praticamente ter um único adversário digno desse nome durante uma época inteira,dá que pensar...

Inscrita a equipa na CNB 2 (ao que apuramos houve uma tentativa de inscrição na CNB 1), o Dragon Force FC iniciou no passado dia 06 de Outubro a sua época desportiva, defrontando o CD Póvoa (CNB 1) para a primeira eliminatória da Taça de Portugal e levou a melhor por 61-48,assim os dragões garantiram um lugar na próxima ronda, numa eliminatória onde já entram as equipas da Liga e Proliga.

O Dragon Force além de competir na CNB 2, este plantel participa igualmente no campeonato sub-20, possibilitando aos jogadores mais jogos e competição, o que nesta fase é muito importante, sobretudo para a transição para os seniores.

Tendo como técnico João Tiago (ex-adjunto do espanhol Moncho López) o plantel do Dragon Force FC é constituído pelos seguintes atletas:

- Agenor Bonito
- Eduardo Guimarães
- Francisco Rothes
- Hugo Sotta
- Joaquim Barbosa
- João Alves
- José Miranda
- Marcelo Júnior
- Miguel Soares
- Pedro Bastos
- Pedro Figueiredo



Por: Dragão Orgulhoso
Enviar um comentário
>