domingo, 21 de outubro de 2012

Hóquei em Patins: Cambra 2 - 5 FC Porto (Crónica)


Depois do Andebol (ver aqui), vencemos também no hóquei,

Numa deslocação que podia ser complicada, o FC Porto passou com distinção na visita a Cambra, vencendo a equipa da casa por 5-2 e aproveitando o empate do Benfica sobre o Valongo (5-5), os dragões alcançam a terceira posição da prova surgindo atrás da Oliveirense e OC Barcelos que continuam invictos até ao momento após três jornadas realizadas.









O técnico Tó Neves promoveu a entrada do mesmo cinco e desde cedo o FC Porto evidenciou maior qualidade no seu jogo, criando diversas situações de perigo junto do guardião contrário Ricardo Pereira que fez uma exibição fantástica e contibuiu para que a nossa a nossa equipa não tenha vencido por números ainda mais consideráveis, no entanto também é de realçar que sempre foi chamado a interferir Edo Bosch correspondeu na perfeição, não tendo qualquer responsabilidade nos dois golos sofridos.





O primeiro golo surgiu nos primeiros minutos de jogo, apontado pelo defesa/médio Pedro Moreira e pouco depois o reforço Ricardo Barreiros fez o segundo golo que apesar de termos muito tempo pela frente veio dar outra tranquilidade ao nosso jogo, seja nos momentos defensivos como ofensivos. 

Logo a abrir a segunda parte, Jorge Silva faz o 3-0, sendo que o Cambra reduziu a seguir através de José Braga, relançando a esperança na equipa da casa, contudo o FC Porto voltou a marcar e desta feita por Vítor Hugo, aproveitando da melhor maneira uma situação de Power-play, fechando o marcador para a turma portista Ricardo Barreiros num lance que Vítor Hugo parece ser o último a desviar a stickada do seu compatriota, mas a equipa de arbitragem atribuiu o golo a Barreiros.

Boa exibição do FC Porto que desde cedo evidenciou maior qualidade relativamente ao Cambra e mostrou mais uma vez que o jogo da primeira jornada diante do Paço de Arcos não passou de um acidente de percurso.


Ficha FC Porto:

Edo Bosch (g.r.), Pedro Moreira (1), Reinaldo Ventura, Ricardo Barreiros (2) e Jorge Silva (1). Jogaram ainda Tiago Santos, Vítor Hugo (1) e Hélder Nunes.


Por: Dragão Orgulhoso
Enviar um comentário
>