domingo, 23 de dezembro de 2012

Segunda Liga: FC Porto B - SL Benfica B (Antevisão)


Jogo grande de hoje domingo no Estádio Dr. Jorge Sampaio, com o FC Porto "B" a receber a equipa secundária do Benfica, a contar para o campeonato desta Segunda Liga.






Actualmente, o Benfica ocupa a terceira posição com 31 pontos, mas caso o FC Porto obtenha os três pontos, poderá ficar somente a quatro, o que seria extraordinário, até pelo início desastroso da equipa azul e branca, que apesar de ter sido derrotado no último jogo realizado, vive o melhor momento da época até ao momento.





Devido ao facto da à equipa principal ter sido concedido mini-férias de natal, o técnico Rui Gomes não poderá contar com nenhum elementos da "A", uma situação que não surpreende, dado esses jogadores estarem inseridos no plantel que compete na Primeira Liga, e assim, é de esperar naturalmente algumas mexidas no onze inicial, isto comparativamente ao último encontro. 

Quanto ao Benfica, a situação é praticamente idêntica, exceptuando os casos do guardião Mika e do central Sidnei (jogadores que treinam com a equipa principal), que serão opção para o treinador Norton de Matos, sendo que os jovens André Almeida e André Gomes já não são opções para o técnico encarnado.

A equipa "B" do Benfica vem de um triunfo caseiro sobre o Trofense por 1-0, e a única alteração garantida no onze, será a saída de Claudio Correa no eixo ofensivo, sendo Deyverson é o principal candidato a ocupar o lugar. 

Apesar de jogar fora do seu reduto, o normal será a equipa manter os seus princípios de jogo que por norma têm sido bem delineados,contando com algumas mais valias, casos de João Cancelo, Leandro Pimenta, Ivan Cavaleiro e o inevitável Miguel Rosa, considerado por muitos como o melhor jogador desta Liga, algo que já sucedia quando representava o Belenenses por empréstimo.

Na baliza, depois do técnico encarnado ter provocado alguma rotação, Mika parece ter novamente agarrado o lugar, jogando à sua frente a dupla constituída por Fábio Cardoso e Sidnei, com as laterais entregues a Cancelo e Luís Martins, dois jogadores que conferem bastante profundidade aos corredores, sobre o meio-campo o trio formado pelo Cafu, Leandro Pimenta e  Miguel Rosa (o jogador mais adiantado do triângulo da zona intermédia), estando o ataque entregue a Duarte Duarte, Ivan Cavaleiro e possivelmente Deyverson.

É um jogo de tripla, independentemente dos momentos que as duas equipas possam atravessar, apesar de estar a sete pontos deste adversário, o FC Porto tem condições para fazer frente, e como tal, é de esperar um encontro equilibrado.


Por: Dragão Orgulhoso
Enviar um comentário
>