terça-feira, 28 de outubro de 2014

Liberalidades

#Sporting #benfica #Joker #FCPorto




Condenaram o Visconde!
Dezassete meses suspenso…
Isto é um atrevimento!
O sporting está a monte?

Isto prova corrupção
P’la quantia em depósito?
Não foi de propósito…
Não há crime sem intenção!

Um Visconde não erra
E nunca comete delito…
E se lá entra em conflito
É porque a justiça é cega!

Por crimes de peculato?
Por aliciamento ao árbitro?
Nunca se lhes viu por hábito
A corrupção como acto!?

Mesmo de pistola em punho
Nos tempos da outra senhora
Onde então como agora
A coação era um aprumo!

Por isso a instituição
Está acima do dirigente
S’o fez foi indiferente
Pois agiu sem delegação!

O clube não pode pagar
Por actos de suborno!
Qu’um dirigente sem dono
Foss’o sorting conotar!?

Era só vice-presidente
Um cargo sem responsabilidade
O que nos valh’a verdade
O torna quase indigente!

O dinheiro não tem cheiro
É inefável no trato
E um crime de peculato
É de funcionário alheio…

O homem é um polícia
Daí, a presunção:
Se fosse um qualquer dragão
Era razão pr’á notícia!

Isso não faz história
Ver um Visconde a burlar
Num livro par’as contar
Ou um filme para memória!

Daí este normalidade
Pelo clube do Visconde
Ser condenado lá longe
Por tráfico d’insularidade?

Não me façam de parvo
Ó apóstolos da moral!
Q’uisto ninguém lev’a mal:
Não influenciou o resultado!

Nisto só há uma verdade
Corrupto, só o clube do norte!
O sporting não se dá à morte
E o Cristóvão está em liberdade!



Por: Joker
Enviar um comentário
>