quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Chora-me um Rio!

#FCPorto #CâmaradoPorto #RuiMoreira #Joker


Chora-me um Rio!

Não há melhor qualidade
Pr’a qualquer portuense
Que ser-se independente
Pr’a ganhar a cidade!

Qu’o ser-se tripeiro
Portista por convicção
Cria retracção
No país inteiro!

Por isso s’aplaude
A mudança de rumo
Nesse largo aprumo
D’agir como quem sabe!

Pois nessa Invicta
Qualquer coligação!
Uma simples ligação
Ao clube, prejudica…

Há pois qu’aprender
A navegar o Rio…
Qu’o Douro é um desvio
Para mais poder!

É a solução
De Rui pr’a Rui
Pois lá s’intui
A comparação…

Qu’a edilidade
Não se revê
Sem mais nem porquê
Na promiscuidade!?

A simples ligação
Bem motiv’a queixa
Lisboa não deixa
Fazer-s’a União!

E ver o Campeão
Descer os Aliados
Ali apoiados!
Com’uma Nação!?

É muito pedir
A essa independência
Cuja competência
Não está lá pr’a unir!?

Pois isso corrompe
Outros desideratos
Acordos ou pactos
Que já vêm de longe?

Pois, nada de novo
Naquilo que sei…
Eu que quase acreditei
No voto do povo!?

Pois já pressentia
Essa independência
Como apetência
Daquilo qu’então via!

Pode ser que grude
Essa relação
E o Porto Campeão
Pr’o Porto se mude!

Não tenha que viver
À parte da sua cidade
Na clandestinidade
Qu’o lá viu crescer!

Mas não sou crente
Em tal ponto-de-vista
Pois o ser-se portista
Não dá bom presidente!



Por: Joker
Enviar um comentário
>