domingo, 22 de dezembro de 2013

Segunda Liga, 22.ª jornada: FC Porto B 1 - 0 Beira-Mar

Foi com naturalidade que o Porto B recebeu e venceu o Beira Mar.

Foto: www.fcporto.pt




No Porto B destacava-se à partida a ausência de Tozé (castigado) e o ingresso de dois jogadores da equipa principal: Ricardo e Fabiano.







No Beira Mar registavam-se as ausências de Batatinha, Wyllian e Dieguinho.

Este foi um Porto B algo diferente. Na defesa Mikel fez companhia a Zé António. No meio campo Tomás foi o trinco de serviço, com Pedro Moreira e Leandro com tarefas mais ofensivas. Na frente Kayembe completou o tridente habitual.

O jogo começou equilibrado, com um ligeiro ascendente da equipa portista. O meio campo funcionava bem na recuperação e circulação de bola, mas falhava o último passe.

Na frente Kayembe agitava as águas, mas nem a irreverência do jovem avançado desbloqueava o resultado.

O Porto B tinha as melhores oportunidades. Tomás num canto atira à trave, Kleber sozinho falha de cabeça e os remates de Leandro falharam por pouco o alvo.

Na defesa tudo tranquilo, tirando os dois erros infantis de Quino que iam traindo a equipa.

Chegou-se assim ao intervalo com um empate aceitável.

Na segunda parte o Porto B entrou mais forte, mais pressionante, mais ambicioso. E foram vários os lances de perigo. Perigo este que culminou no golo de Kayembe, que aproveitou uma bola perdida na área para encostar.

A partir do golo o jogo entrou mais uma vez numa toada equilibrada. Por esta altura Tomás segurava o jogo e passeava classe pelo campo.

Até ao fim não ouve muito mais a registar, apenas a única oportunidade de golo para o Beira Mar mesmo a fechar, com Fabiano a segurar o resultado.


Análise individual:

Fabiano - Uma saída dos postes mal medida podia ter causado dissabores. No final salvou o resultado com uma excelente defesa.

Victor - Não está na forma ideal. Parece mais lento, mas cumpriu sem deslumbrar.

Zé António - A segurança habitual.

Mikel - Foi central neste jogo e esteve muito bem nesta posição. Melhor que costuma estar na sua posição original. Sempre rápido, atento no corte e na antecipação. Excelente jogo.

Quino - Complicativo, a perder várias bolas (2 das quais em zonas proibidas). Saiu ao intervalo por lesão e a sua falta não foi sentida.

Tomás - Melhor em campo. Finalmente na sua posição predilecta mostrou os argumentos que fazem dele uma promessa. Classe, posicionamento 
irrepreensível, iniciativa de jogo.

Pedro Moreira - Teve como missão ligar o jogo da equipa, mas nunca conseguiu ser eficaz. O seu jogo ganha quando recua no terreno.

Leandro - Uma das boas exibições da equipa, sobretudo na 1ª parte. Conseguiu ser o elemento sempre disponível. Sempre a pedir bola, sempre em desmarcação e a conseguir por 2 vezes aplicar o forte remate.

Kayembe - Um menino que traz muita irreverência. Embora se note ainda muita imaturidade, compensa com uma entrega incrível ao jogo. Bons cruzamentos e o golo oportuno que deu a vitória.

Ricardo - Muito apagado. Melhorou ligeiramente na segunda parte, mas sempre inconsequente.

Kleber -  Um bom jogo do avançado. Muito importante a funcionar como pivot e a segurar a bola, libertando depois para os extremos.

Rafa - Entrou ao intervalo para o lugar de Quino e integrou-se com naturalidade na equipa. Boas subidas e bons cruzamentos. Pede mais tempo de jogo.

André Silva - Entrou para jogar numa ala. Dois bons remates em diagonais.

Tiago Ferreira - Nada a registar.



FICHA DE JOGO

FC Porto B-Beira-Mar, 1-0
Segunda Liga, 22.ª jornada
22 de Dezembro de 2013
Estádio de Pedroso, em Vila Nova de Gaia

Árbitro: Luís Ferreira (Braga)
Assistentes: Nuno Eiras e Pedro Fernandes
Quarto árbitro: José Gomes

FC PORTO B: Fabiano; Víctor García, Zé António, Mikel e Quiño; Tomás Podstawski, Pedro Moreira (cap.) e Leandro; Ricardo, Kléber e Kayembe
Substituições: Quiño por Rafa (46m), Kayembe por André Silva (72m) e Leandro por Tiago Ferreira (90m)
Não utilizados: Caio, Caballero, Pavlovski e Ivo
Treinador: Luís Castro

BEIRA-MAR: Rui Rego; André Nogueira, Luís Gustavo, Jaime (cap.) e Daniel Martins; Ricardo Dias, Hélder Tavares e André Sousa; Tiago Cintra, Luiz Phellype e Pité
Substituições: Pité por Nanu (70m), Hélder Tavares por Afshin (76m) e Tiago Cintra por Aleksei Kuchuk (85m)
Não utilizados: Samuel, Hugo Lopes, Guilherme e Balacó
Treinador: Jorge Neves

Ao intervalo: 0-0
Marcador: Kayembe (54m)

Disciplina: cartão amarelo para André Sousa (14m), Pedro Moreira (15m), Jaime (54m), Luís Gustavo (77m) e Aleksei Kuchuk (90m+2)


Por: Prodigio
Enviar um comentário
>