domingo, 8 de dezembro de 2013

FC Porto B 2 - 1 Sporting B

Foi uma verdadeira batalha a que se assistiu entre Porto B e Sporting B. No bom sentido diga-se.

Num jogo super competitivo o Porto B entrou forte e mandão e marcou cedo por Diego Reys, na sequência de um pontapé de canto.









Após o golo portista, a equipa sportinguista equilibrou a partida e passou a ter as despesas do jogo. Sempre com mais posse de bola, mas sem criar verdadeiro perigo. O Porto B defendia nesta altura com um bloco baixo e coeso, onde brilhava Diego Reys com cortes para todos os gostos.







Tomás e Pedro Moreira defendiam lado a lado o meio campo portista, num duplo pivot que conseguiu conter o adversário, mas que era curto quando o objectivo era atacar.

Assim a equipa ficou toda a primeira parte remetida à defesa. Com Ivo e Ricardo com tarefas sobretudo defensivas e Ghilas deixado para lutar sozinho na frente, só com o apoio de Tozé.

Apenas em alguns momentos o Porto conseguiu chegar com perigo à baliza sportinguista, mas nunca conseguiu ser eficaz face ao guarda redes Luís Ribeiro.

O jogo chegou assim ao intervalo com vantagem para o Porto B. Na segunda parte, o Porto volta a entrar mais forte e a construir uma grande oportunidade depois de um grande trabalho de Ghilas.

Esta superioridade é, no entanto, travada por um grande golo do jovem Iuri Medeiros, num remate colocado fora da área.

Ao golo do Sporting, Luís Castro responde com a entrada de Leandro para a saída de Ivo. Uma opção acertada. O médio portista traz à equipa maior capacidade de luta a meio campo e o Porto volta a estar por cima, criando jogadas de perigo finalizadas por Leandro e Tozé.

E foi mesmo Tozé que resolveu o jogo num golo absolutamente fantástico, na transformação de um livre.

Até ao final pouco mais houve a registar. Uma vitória sofrida mas saborosa num jogo muito competitivo.


Análise individual:

Bolat: Sempre seguro e bem a sair. Deu a ideia que podia fazer mais no golo de Iuri.

Victor: Bem na defesa, pouco esclarecido no ataque.

Reys: Melhor em campo. Um erro a abrir não manchou uma exibição brilhante do central portista. Um Monstro no corte e na antecipação. 
Marcou o 1º golo do jogo.

Tiago Ferreira: Bom jogo do central. Sem facilitar.

Quino: Excelente jogo do lateral portista. Ficou no olho um corte fantástico a evitar o golo do Sporting. Bem no ataque. Apenas 1 erro já no final do jogo a deixar muito espaço nas costas.

Tomás: Jogo certinho do médio. Não foi brilhante, mas cumpriu sobretudo defensivamente.

Pedro Moreira: O Pedro habitual. Deixa tudo em campo e nunca deixa a equipa ficar mal.

Tozé: Sempre muito desacompanhado. Alguns bons remates e depois o remate da noite num golo genial.

Ricardo: Muito bem no apoio defensivo a Victor Garcia. No ataque esteve desinspirado. Salvou-se um cruzamento perigoso para Ghilas.

Ivo: Passou ao lado do jogo. Bem substituído por Leandro.

Ghilas: Excelente jogo. Mesmo sem muita bola, sempre que a teve jogou bem. Fantásticos pormenores em dois lances em que Luis Ribeiro lhe negou o golo.

Leandro: Entrada forte em jogo. Trouxe intensidade, trouxe força e capacidade de remate.

André Silva: Nada a assinalar.

Zé António: Para o lugar do lesionado Pedro Moreira já no fim do jogo.




Ficha de Jogo:

FC PORTO B: Sinan Bolat; Victor Garcia, Diego Reyes, Tiago Ferreira e Quiñones; Tomás Podstawski, Tozé (André Silva, 82) e Pedro Moreira (Zé António, 89); Ricardo, Nabil Ghilas e Ivo Rodrigues (Leandro Silva, 59).
Treinador: Luís Castro

SPORTING B: Luís Ribeiro; Piris, Nuno Reis, Rúben Semedo e Hugo Sousa; Esgaio, Kikas e Wallyson; Welder (Betinho, 66), Carlos Mané (Wilson Manafá, 80) e Iuri Medeiros.

Golos: Diego Reyes (4), Iuri Medeiros (58) e Tozé (74)

Por: Prodígio

Enviar um comentário
>