sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Liga Zon Sagres, 12ª Jornada: FC Porto - Sp. Braga (Antevisão)


     


Jogo grande no Dragão e com grau dificuldade elevado para o FC Porto, que recebe neste sábado o Sp. Braga, em partida a contar para a 12ªjornada. O momento dos tricampeões nacionais é tudo menos favorável, atravessando um ciclo de desaires pouco habitual neste clube, como tal, a conquista dos três pontos será mais do que obrigatório, isto numa altura, onde os dragões já se encontram a dois pontos da liderança.

Como não podia deixar de ser, a equipa bracarense tem como principal objectivo um lugar que lhe possa dar acesso a um lugar europeu, lutando pelo terceiro/quarto lugar. Até ao momento, a irregularidade tem sido uma imagem de marca decorrido o primeiro terço da Liga, ocupando a oitava posição com 15 pontos, contabilizando um saldo de cinco triunfos e seis desaires. Após uma série de cinco derrotas consecutivas para o campeonato, o Braga regressou aos triunfos na última jornada, ultrapassando o Olhanense por 4-1 - mesmo assim não evitando alguns sobressaltos.
Curiosamente, nos últimos três encontros, o técnico Jesualdo Ferreira não procedeu a qualquer alteração no onze inicial, uma aposta que só no último encontro veio dar os seus frutos.

Para este jogo no Dragão, o plantel se encontra praticamente na máxima força - se bem que é de registar a baixa por lesão do central Paulo Vinícius - e o mais provável será a manutenção do onze que entrou no desafio perante o Olhanense, até pela boa resposta que foi dada dentro das quatro linhas. Sendo assim, o internacional português Eduardo assumirá um lugar entre os postes como vem sendo habitual, com o prof. Jesualdo a apostar num quarteto defensivo formado pelo: Baiano, Santos, Nuno André Coelho e Elderson.

Consideramos, que o lado esquerdo da defesa é por esta altura o sector mais fraco (mesmo o próprio Joãozinho não estava a corresponder) e pela qual, o FC Porto poderá explorar adequadamente as possíveis fragilidades existentes. O Elderson revela um bom à vontade nas tarefas ofensivas e fortíssimo no jogo aéreo, mas em termos defensivos, nomeadamente a nível do posicionamento apresenta algumas lacunas. No lado oposto, o Baiano e mais equilibrado nas duas nuances.

Sobre o meio-campo, apesar de ter estado directamente ligado aos golos sofridos diante do Benfica e Olhanense, o brasileiro Mauro deverá manter o lugar, ele que relegou com toda a justiça o Custódio para o banco de suplentes! Ao lado do Mauro, o reforço Luiz Carlos será o "pronto socorro" desta equipa, lutando até à exaustão enquanto está em campo, procurando estar sempre bem colocado nos momentos de organização quer defensiva como ofensiva.
Em termos de desequilíbrios, este Braga está dependente e muito das acções individuais do jovem Rafa, ele que é muito influente quando efectua movimentos interiores, sendo igualmente fortíssimo nas transições. Anulando este jogador, a equipa perde e de que maneira no seu jogo ofensivo, não esquecendo também o madeirense Rúben Micael, se bem que este apesar de jogar com regularidade, nem sempre vem apresentando exibições constantes. Na frente de ataque não haverá dúvidas na sua composição com... Alan e o já citado Rafa (jogador que vem dando nas vistas, após época fantástica no Feirense), eles que vão ter a companhia de Éder, um jogador que nesta fase já dispensa qualquer tipo de apresentações, ele que regressou aos golos no passado fim de semana.


Quanto ao FC Porto, o momento não é fácil e atendendo à fraca exibição na derrota alcançada em Coimbra, existe a expectativa de alterações no conjunto orientado por Paulo Fonseca. Isto, numa semana, onde a Comunicação Social dá ênfase a um possível regresso de Ricardo Quaresma ao FC Porto, algo que poderá ser confirmado dentro de poucos dias.


Por: Dragão Orgulhoso
Enviar um comentário
>