quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Revista de Imprensa - 23 de Janeiro 2013


Assembleia geral do Sporting e Vitor Pereira, treinador do FC Porto, fazem as manchetes  dos jornais desportivas


As divergências entre a Direção e a Mesa da Assembleia Geral no Sporting e as declarações de Vitor Pereira, treinador do FC Porto, fazem esta quarta-feira, as manchetes dos jornais desportivos portugueses.


O Jogo:

Imagem


O jornal O Jogo faz capa com o treinador do FC Porto "Estou preocupado com as arbitragens». Aimar, Bruno César, a chegada de Liedson ao FC Porto e "guerra" no Sporting, são outros dos temas abordados na primeira página. 


Record:

Imagem


O jornal Record também chama à capa o Sporting, "Guerra aberta - Conselho diretivo acusa Mesa da Assembleia Geral de ser parcial e estar colada a ex-candidato". A chegada de Liedson ao FC Porto e o benfiquista Salvio completam a primeira página.



A Bola:

Imagem


O jornal A Bola escreve "Guerra total no Sporting - Direção não aceita razões para a Assembleia Geral ontem anunciada". A primeira página fica completa com uma reportagem sobre Arbitragem - "Arbitragem sob suspeita" -, com Aimar e com a referência ao jogo entre Vitória de Setúbal e FC Porto que se joga hoje.




Notícias sobre o FC Porto:



Luis Morgillo no FC Porto: «Vamos para uma super equipa»

Ao Dragão devem chegar nas próximas horas mais dois jovens reforços que estiveram ao serviço da seleção sub-20 da Venezuela no Torneio Sudamericano. Victor Garcia e Luis Morgillo são dados como certos no FC Porto e o segundo não escondeu a felicidade pela mudança.

«Isto é um sonho. Sabemos que vamos para uma super equipa, importante a nível mundial», afirmou Morgillo, de 19 anos, à imprensa venezuelana.

Quanto a Victor Garcia, salientou a rápido evolução da carreira: «Ir para a Europa é o sonho de qualquer jogar. Isso e ir à seleção. Na minha carreira tem sido tudo muito rápido e está bem encaminhada. Aconteceu tudo de repente, até estou surpreendido. Que mais posso pedir no futebol?», atirou.



FC Porto e V. Setúbal acertam calendário...se o tempo deixar

Apesar do mau tempo que tem assolado o país, tudo indica que Vitória de Setúbal e FC Porto vão cumprir o jogo que têm atraso, relativo à 12ª jornada da Liga Zon Sagres, esta quarta-feira.

A primeira volta das duas equipas ainda não está completa por causa desse compromisso que na altura foi adiado devido à meteorologia e ao mau estado do terreno por Pedro Proença, árbitro que vai estar novamente no Estádio do Bonfim.

O FC Porto, que até ao momento não conta com qualquer derrota, procura voltar a apanhar o Benfica na frente do campeonato, uma vez que os encarnados, com mais um jogo, somam mais três pontos.

Para o embate no reduto dos sadinos, os comandados de Vítor Pereira contam com um confronto histórico altamente favorável. De resto, a última vez que os azuis e brancos perderam pontos em terras do Sado foi em 1997, registando-se, na altura, um empate a uma bola. Marcou Amaral para o Vitória de Setúbal e Mário Jardel para o FC Porto.

Daí para cá seguem-se 12 vitórias consecutivas, sendo que na última deslocação os dragões ganharam por 1x3. Fernando, que não pode jogar esta quarta-feira, Marc Janko, que já não pertence aos quadros do FC Porto, e Silvestre Varela foram os marcadores de serviço. Para o Vitória de Setúbal faturou Meyong, que vai estar em campo mas está de saída para o Kabuscorp, de Angola.

O Vitória de Setúbal, por sua vez, vem de dois resultados bem distintos. Na última vez que jogou em casa, os sadinos golearam o Moreirense por 5x0. No entanto, na última jornada, que ditou uma deslocação ao Estádio Axa, os comandados de José Mota perderam por 4x1.

Agora, o Vitória de Setúbal, embora veja com bons olhos a conquista de qualquer ponto, quer regressar aos triunfos frente ao FC Porto, algo que não acontece desde 1983, era Manuel de Oliveira o treinador dos da casa e José Maria Pedroto o dos azuis e brancos.

Izmaylov desfalca FC Porto, Makukula com estreia adiada

Além de Fernando, Vítor Pereira não vai poder contar com Marat Izmaylov para o embate com o Vitória de Setúbal.

Apesar do internacional russo estar fisicamente apto, tendo até marcado o seu primeiro golo frente ao Paços de Ferreira, os regulamentos impedem-no de dar o seu contributo à equipa, uma vez que na altura em que o jogo foi adiado, Izmaylov não estava inscrito como jogador do FC Porto.

Pela mesma razão, Ariza Makukula não poderá estrear-se no Vitória de Setúbal frente aos bicampeões nacionais. O internacional português é um dos reforços de inverno da equipa de José Mota, mas por não estar inscrito na primeira data do encontro, terá que ver o jogo desde a bancada.


Por: Cubillas


Enviar um comentário
>