sábado, 19 de janeiro de 2013

FC Porto - Paços Ferreira (Antevisão)







É na rota pelo primeiro lugar que o FC Porto recebe neste sábado a equipa do Paços de Ferreira, uma das equipas que melhor futebol tem praticado ao longo da temporada, e com isto, é de aguardar um encontro complicado para o FC Porto, num jogo onde parte naturalmente como favorito à conquista dos três pontos. 





O Paços de Ferreira além da qualidade do colectivo, apostou num treinador jovem, adquirindo o Paulo Fonseca ao Aves, que compete na Segunda Liga.

Esta aposta tem-se revelado assertiva, não só pela posição ocupada até ao momento na tabela classificativa bem como pelo fato de apresentar um futebol de qualidade, com uma sistema bem definido (4-2-3-1) tendo um onze base formado por Cássio na baliza, um guardião de qualidade mas que por vezes revela alguma irregularidade. À sua frente, jogam os centrais Tiago Valente (ganhou com mérito o lugar ao paraguaio Javier Cohene) e Ricardo, contando ainda com dois laterais que dão boa profundidade ao ataque (Tony e Antunes).

A zona intermédia é dos pontos mais forte desta equipa contando com três jogadores indiscutíveis, todos eles com capacidades para muito mais nas suas carreiras. São os casos de André Leão, Luiz Carlos e o “mágico” Vítor que após algumas épocas a brilhar no Penafiel, tem protagonizado exibições de grande qualidade e muitas das ações ofensivas do Paços são protagonizadas por este jogador. Quanto ao ataque tem sido tradição nestes últimos anos na turma pacense apostar forte na colocação de dois extremos puros (Manuel José e Hurtado) e um jogador de área que vem sendo ocupado e bem pelo Cícero.

Apesar de ter sido expulso no jogo contra a Académica para a Liga o central Ricardo estará apto para o encontro no Dragão uma vez que cumpriu jogo de castigo diante do Gil Vicente para a Taça de Portugal, assim não deverão existir surpresas no onze a ser lançado pelo técnico Paulo Fonseca. 

Nos bicampeões nacionais o treinador Vítor Pereira ainda não poderá contar com o lesionado James Rodríguez, sendo de esperar o onze que entrou de início no embate da Luz, ainda para mais numa altura onde as opções não são muitas, fazendo com o que o nosso técnico tenha de recorrer à equipa "B".


Por: Dragão Orgulhoso
Enviar um comentário
>