segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

O Site Oficial do FCP e o “Outro”.




Começando pelo Site Oficial do meu clube e como portista incondicional e apaixonado que me prezo de ser por tudo o que diz respeito ao FCP, gostaria de fazer aqui neste painel e publicamente um conjunto de duas objeções pertinentes, mas ao mesmo tempo preenchidas de uma componente construtiva em prol de uma melhoria constante, que pelo seu historial e atual estado desportivo que o FCP tem patenteado deveria ser levado mais em consideração.

Em primeiro lugar um reparo para o atual Site Oficial do FCP, que quanto a mim carece de uma melhor e mais cuidada apresentação, quer em termos quantitativos de conteúdos como também na componente qualitativa do próprio Site, que na minha ótica não espelha de forma alguma a grandeza e o historial do melhor clube da atualidade em Portugal.

Em segundo lugar aproveito esta oportunidade para formalizar um pedido à Direção do Site, no sentido de o tornar mais apelativo, não só para os seus fiéis seguidores que cada vez são em maior número, como também, para aqueles que pelo mundo fora, querem conhecer mais de perto a atualidade e o crescimento sustentado do clube, que se deveria traduzir por uma melhor e mais fácil leitura noticiosa, uma reformulação da sua página inicial e consequente design ou grafismo e, essencialmente, um maior e mais célere cuidado na divulgação imediata de notícias e na atualização constante das mesmas.

Quanto ao “Outro” site, logicamente que me refiro no essencial ao Site da Liga de Clubes, que de uma forma pouco profissional para a responsabilidade e respeito que deveria ter pelo clube que melhor tem representado o país, tanto ao nível interno como ao nível internacional, ao fazer publicar no seu site oficial, mesmo que por breves segundos, um resultado desajustado com a realidade (3-2), falso e trapaceiro e no mínimo a roçar o ridículo do puro fanatismo de quem ainda não consegue em Portugal engolir a pura realidade das coisas, ou seja, por muito que muitos ainda queiram negar, o FCP como projeto desportivo é no momento um exemplo a seguir pelas sete partidas do mundo, mesmo que tudo isto doa a muita gente traumatizada que se preparava para festejar uma vitória que se anunciava por vários quadrantes desportivos.

Como diria Philip Crosby, um dos gurus do conceito da melhor Qualidade, “Errar é humano, o que não é humano é repetir o mesmo erro”, todavia, apesar de estarmos na presença de um erro inédito e porventura no mundo, há erros únicos que pela sua importância e responsabilidade que a sua génese envolve, só podemos encontrar razões de ordem facciosa e doentia, a favor de um determinado clube que já teve a hegemonia do desporto no nosso país, em detrimento e por mérito próprio de um outro clube que deu o nome a Portugal.


Por: Natachas.

Enviar um comentário
>