sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Segunda Liga: FC Porto B - Marítimo B (Antevisão)


Não está fácil para a equipa "B" do FC Porto entrar no rumo das vitórias e neste sábado tem nova oportunidade, recebendo o Marítimo "B".




Mais do que uma exibição do outro mundo, o fundamental é obter os três pontos algo que nos jogos realizados em casa até ao momento não foi possível e as jornadas vão passando. Infelizmente a equipa não evolui, e caso a situação continue desta maneira terão que existir mudanças na estrutura, nem que passe pela substituição da equipa técnica chefiada por Rui Gomes, um treinador que nestes últimos anos já mostrou bastante competência e merece todo o crédito possível.





O Marítimo "B" tem realizado um excelente início de campeonato, o lugar que ocupa diz muito da qualidade do plantel, inclusive alguns atletas têm surgido nas convocatórias da equipa principal. 

Apesar de ser uma equipa onde é notada superioridade relativamente aos adversários quando joga em casa, a equipa madeirense só pontuou apenas uma vez fora da ilha (vitória sobre o Trofense por uma bola a zero), partindo para este jogo com quatro triunfos consecutivos e a motivação em alta. 

Em termos de jogo, existem diversas semelhanças com o utilizado pela equipa "A", desde a sua organização, os pontos mais fortes, são factores que coincidem, jogando em 4-3-3, formando um quarteto defensivo constituído por Armando na lateral direita e sobre o lado esquerdo Igor Pita, evidenciando-se no centro da defesa Gegé e o alemão Patrick Bauer, à frente do guardião Ricardo Ferreira. Depois a dúvida no meio-campo, quem acompanha Marakis (sendo candidatos ao lugar Hassan e Romeu Ribeiro), juntando a esta dupla o também indiscutível Nuno Rocha.

No ataque existe diversas soluções e até com qualidade, existindo sempre possibilidade de serem reforçados com Gonçalo Abreu ou Ytalo, mas quando esses não estão a opção passa por jogar sobre as alas com Kukula e João Vieira, jogando mais adiantado Ibrahim, um ponta de lança que já foi chamado este ano à equipa principal.

Apesar da diferença pontual e do facto do Marítimo "B" estar num período interessante, é um jogo de tripla sendo possível levar de vencida, mas é óbvio que para as coisas melhorarem algo tem de ser feito. 


Por: Dragão Orgulhoso
Enviar um comentário
>