segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Champions: Dínamo de Kiev - FC Porto (Antevisão)




Com o apuramento a estar próximo e quem sabe carimbar de imediato a qualificação, o FC Porto desloca-se à Ucrânia para defrontar o Dínamo Kiev em jogo a contar para a quarta jornada do grupo A da Liga dos Campeões, numa altura onde entramos para a segunda volta desta fase de grupos, onde são apurados os dois primeiros classificados para os oitavos de final, sabendo-se que quem ficar na terceira posição entra na fase a eliminar da Liga Europa.



Devido aos maus resultado o Dínamo trocou de técnico, entrando o ex-seleccionador Oleh Blokhin, adoptando outra filosofia de jogo à equipa, colocando-a distribuída num 4-2-3-1 contando como pedras chave o internacional português Miguel Veloso (jogador fundamental no modelo de jogo) e ainda Gusev, Yarmolenko ou Kranjcar. 

O Dínamo Kiev do meio-campo para a frente tem qualidade e jogadores com capacidade para resolver determinados problemas que podem ser colocados, mas defensivamente apresenta muitas limitações, apesar de contar com elementos experientes, é claramente o sector mais frágil e onde a nossa equipa poderá tirar proveitos fruto da má organização que por norma os ucranianos apresentam.

Não há um central que por exemplo possa sair a jogar na primeira fase de construção e os laterais gostam de subir (tanto  Taiwo como Gusev quando é adaptado ao lugar), o que poderá causar desequilíbrios quando o FC Porto recupera a bola e inicia a transição para o ataque.

Comparativamente ao jogo realizado nos três pontos, uma vez que caso não vença poderá ficar desde já arredado da passagem à fase seguinte nesta competição.

Um dos problemas prende-se exactamente com as ausências na nossa equipa, estando de fora para este jogo os indiscutíveis Maicon e Fernando, o que obriga mexidas no onze por parte do Vítor Pereira.  Somente no sector ofensivo a equipa encontra-se na máxima força.


Vítor Pereira:

"Penso que amanhã será um jogo complicado para as duas equipas". 

"Já sabemos como joga o Dínamo, estiveram bem no nosso estádio, quer individualmente como coletivamente. Teremos de dar o máximo para não perder, não queremos perder. Espero sair deste jogo com 12 pontos", declarou o treinador do FC Porto.

Vítor Pereira chamou a atenção para o médio português que representa o Dínamo: "É preciso ter cuidado com Miguel Veloso nos lances de bola parada e evitar que a bola lhe chegue aos pés. Estaremos de olho nele porque é um jogador perigoso nesse tipo de lances".

O técnico não adiantou que jogadores vão entrar no onze inicial nos lugares dos lesionados Maicon e Fernando: "Apenas garanto que quem entrar vai manter o nosso jogo, identidade e maneira de jogar. Não vou modificar nada. Saem dois jogadores importantes e vão entrar outros dois igualmente importantes. Dormimos descansados porque sabemos da qualidade do plantel".


Por: Dragão Orgulhoso
Enviar um comentário
>