segunda-feira, 17 de março de 2014

Segunda Liga, 34.ª jornada: FC Porto 3 - 2 Ac Viseu

#FCPortoB #FCPorto #AcViseu #Viseu

O Porto B recebeu e venceu, este Domingo, o AC. Viseu por três bolas a duas.

O onze portista registou várias mudanças com os regressos e Mikel (estava castigado) e Victor Garcia (recuperado de lesão). Novidade maior foi a integração de Kelvin no onze.







O Porto B começa bem o jogo com duas investidas de Gonçalo Paciência, primeiro num remate por cima e depois num cabeceamento que vai ao poste.







Depois deste lance o jogo torna-se mais dividido, jogado sobretudo a meio campo. Isto até aos 37 minutos, altura em que Gonçalo Paciência resolve aparecer e num passe sublime isola Kayembe para o golo.

O jogo chega ao intervalo com uma vantagem justa para o Porto (que foi a única equipa que criou oportunidades de golo), não sem antes Gonçalo voltar a picar o ponto e isolar mais uma vez Kayembe, que desta vez atrapalha-se e falha o golo.

A segunda parte começa como espelho da primeira, jogo dividido, luta a meio campo, mais uma vez até Gonçalo Paciência (aos 51 minutos) pegar na bola ainda fora da área e desferir um remate colocado para mais um golo portista.

O jovem avançado perfilava-se cada vez mais para ser a estrela maior deste jogo.


Logo a seguir, Pedro Moreira aumenta a vantagem, aproveitando um ressalto, depois de um remate de Tozé ao poste. 3-0, parecia uma tarde calma...





Pena foi que o Porto tenha relaxado após o terceiro golo, os níveis de concentração desceram e o AC. Viseu cresceu. A equipa de Ricardo Chéu passou a ter mais posse de bola e a criar mais perigo. Perigo esse que se materializou aos 61 minutos. Num cruzamento da direita, Kadu ainda desvia, mas apenas para colocar a bola nos pés de João Alves que assim marca.




Logo a seguir, Leandro entra para o lugar de Kayembe. O mesmo Leandro que logo a seguir remata com perigo.

Também Kelvin cede o seu lugar a Ivo e no momento a seguir surge o golo do AC.Viseu. Parte o cruzamento da direita, Zé António falha a intercepção e nas costas surge João Martins sem marcação para mais um golo.

Até ao final do jogo o Porto B conseguiu controlar os avanços do AC.Viseu e segurar o resultado e até podia ter dilatado a vantagem aos 90 minutos quando Gonçalo (quem mais?) isola Tozé, que falha o chapéu.

Depois de uma derrota na última jornada, o Porto conseguiu assim vencer um adversário difícil e manter a liderança isolada na prova.




Análise individual:

Kadu: Exibição regular, sem culpas nos golos.

Victor Garcia: Um bom regresso depois da lesão. Dois cortes providenciais e um bom pendor ofensivo.

Zé António: Reparte as culpas com Tiago Ferreira no segundo golo do AC.Viseu. Foi importante nos minutos finais com vários cortes.

Tiago Ferreira: Começou muito bem com 2 excelentes cortes. Na segunda parte não esteve tão bem e falhou em algumas ocasiões.

Quinones: Bem melhor que no jogo anterior e também mais apoiado. Não pode perder bolas infantis no meio campo que deixam a equipa descompensada.

Mikel: A sua importância nota-se sobretudo quando não está. Um bom jogo a transmitir segurança à equipa. Um jogador que tem crescido a olhos vistos.

Pedro Moreira: De volta aos bons jogos. Esteve em todo o lado quer na recuperação de bola quer no lançamento do ataque. Marcou o terceiro golo num lance oportuno.

Tozé: Um jogo regular do criativo portista, que podia ter sido melhor se tivesse marcado no último lance da partida.

Kayembe: Muito bem nas desmarcações, não tão bem na finalização. Ainda assim marca o primeiro golo do jogo depois de contornar o guarda redes adversário.

Kelvin: Muito mexido, mas muito pouco objectivo. Perdeu-se em fintas e fintinhas.

Gonçalo: Melhor em campo. Esteve em todas, isolou os colegas por 3 vezes, marcou um belo golo e podia ter marcado outro numa bola ao poste. Exibição de luxo.


Leandro: Entrou bem no jogo e deu mais músculo ao meio campo.

Ivo: Uma boa jogada individual. Ajudou a conservar a vantagem.

David Bruno: Para o lugar de Victor Garcia que saiu lesionado.




FICHA DE JOGO

FC Porto B - AC. Viseu, 3-2
Segunda Liga, 34.ª jornada
17 de Março de 2014
Estádio Dr. Jorge Sampaio (Vila Nova de Gaia)

Árbitro: Nuno Almeida (Algarve)
Assistentes: Nuno Vicente e Luís Ramos
Quarto árbitro: Eugénio Arez

FC PORTO B: Kadú; Víctor García, Zé António, Tiago Ferreira, Quiño; Mikel, Pedro Moreira (cap.) e Tozé; Kelvin, Kayembe e Gonçalo Paciência
Substituições: Kayembe por Leandro (64m), Kelvin por Ivo (75m) e Víctor García por David Bruno (90m)
Não utilizados: Matos, Frederic, Pavlovski e Tomás Podstawski
Treinador: José Guilherme

ACADÉMICO DE VISEU: Ricardo Janota; Tomé Mendes, Thiago Pereira, Cláudio (cap.) e João Martins; Capela, Fausto Lourenço e Tiago Costa; João Alves, Luisinho e Cafu
Substituições: Tiago Costa por Tiago Rosa (46m), Luisinho por Leonel (58m) e João Alves por Bruno Grou (84m)
Não utilizados: Hélder Godinho, Tiago Gonçalves, Ibraima e Zé Rui
Treinador: Ricardo Chéu

Ao intervalo: 1-0
Marcadores: Kayembe (38m), Gonçalo Paciência (52m), Pedro Moreira (55m), João Alves (62m) e João Martins (76m)

Disciplina: cartão amarelo a Thiago Pereira (42m), Mikel (67m), Tiago Ferreira (81m), Cláudio (90+1m) e Leonel (90+5). Segundo cartão amarelo e vermelho a Cláudio (90+1m)

Por: Prodígio




Enviar um comentário
>