sábado, 22 de março de 2014

Hóquei em patins: FC Porto 8 - 2 Cambra

#hoqueiempatins #FCPorto #Portugal #Porto

Poker de Barreiros no consolidar da liderança






O campeão FC Porto recebeu esta tarde o Cambra em jogo para a 22ª jornada do Campeonato Nacional. Com este resultado mantém a liderança. Havia alguma expectativa pré-jogo. Era um jogo com um certo sabor a vingança pelo que se passou na 1ª volta do campeonato. Um percalço inesperado que ainda nos estava "atravessado".





Tó Neves mais uma vez não teve o plantel completo à sua disposição. Hoje Pedro Moreira não foi opção por lesão. Como já conteceu no passado foi chamado o ainda júnior João Almeida. 

Foi um início de jogo terrível para o nosso emblema. Ainda nem um minuto de jogo tinha passado quando o Cambra marcou. Edo ainda conseguiu suster o primeiro remate mas já nada podia fazer na recarga. Não era este o começo desejado. Teve um aspecto positivo no entanto, serviu para acordar os nossos atletas. A resposta a este golo foi de uma equipa com grande qualidade.

Foi uma reacção imediata. Íamos para cima deles. Foi o que fizemos e bastou um minuto... Hélder Nunes recebe a bola de Caio atrás da baliza, enquadra-se para o remate e golo! Um bom golo deste jovem talento. 

A nossa equipa estava claramente superior, o Cambra raras vezes criava perigo e os maiores lances de perigo eram na baliza visitante. 

Pouco depois dos 5 minutos finalmente ficamos em vantagem. Hélder Nunes recebe a bola ainda no nosso meio campo, arranca rápido rumo ao ataque. À entrada da área assiste Jorge Silva. Este, com muita calma a fazer o golo. 

Estávamos numa fase positiva, Os golos sucediam-se minuto após minuto.

Aos 7 minutos o 3 - 1. Jogada de Caio a isolar Barreiros e este a marcar. O guarda redes do Cambra na altura deste golo tinha entrado segundos antes. Entrou e sofreu. Foi uma espécie de aviso de Barreiros. Hoje estava imparável, podia ser um qualquer na baliza que ele ia marcar mais...

O treinador do Cambra pede um minuto para falar aos seus atletas. Entende-se, o nosso domínio era notório e se continuássemos a marcar assim ia ser uma derrota por números muito gordos...

Esse desconto de tempo não resultou. Aos 9 minutos Hélder Nunes sofre toque dentro da área. Penalti! Jorge Silva é chamado a bater. Olha para a baliza, escolhe o sitio e atira forte. Mesmo ao ângulo. Muito bem marcado este penalti que nos deu o 4 - 1.

Não era suficiente. Estávamos a marcar de 2 em 2 minutos e ainda o faríamos outra vez... Um golaço de Barreiros. Recebe a bola e à meia volta atira certeiro. 5 - 1. 

Estava ganho e Tó Neves inicia a rotação necessária à equipa. Reinaldo e Vitor Hugo entraram, Losna uns minutos depois. 

O ritmo baixou muito nesta altura. Normal, ainda há muita batalha pela frente. Há contudo uma observação. Vimos algumas vezes faltar um maior sentido prático a concluir as jogadas. Havia a tentação de abrilhantar cada jogada... Mesmo assim o Cambra pouco incomodava. Continuávamos a ter mais e melhor chances de golo. Vitor Hugo, por exemplo, ficou a milimetros de festejar. O mesmo Vitor Hugo ainda sofreu um penalti que não foi assinalado.

O jogo encaminhava-se para o intervalo neste estilo. Jogo quase ganho, ritmo mais pausado, público mais calmo que o habitual...

O Cambra, algo fortuitamente reduziu perto do intervalo. Um remate de muito longe (antes do meio campo). Edo defende mas o jogador do Cambra a marcar. Mais um golo de recarga. Aspecto a reter...

O intervalo chega com um 5 - 2. Um resultado simpático para o adversário...

O nosso treinador optou por manter o mesmo 5 que estava em campo antes do intervalo com Losna, Vitor Hugo e Reinaldo em campo. A meio desta segunda parte entro igualmente Nelson Filipe.

A 2ª parte foi bastante semelhante aos últimos minutos do primeiro tempo. Equipas encaixadas, sem forçar muito, pouca agressividade (nenhuma equipa chegou às 10 faltas e não houve zuis).

Destaque para os bonitos golos. Ricardo Barreiros estava endiabrado e fez o hattrick à passagem dos 10 minutos. E que golaço! Isolado frente ao guarda redes ao marcar com um subtil remate a passar por cima do guardião adversário. 6 - 2 e uma bela exibição de Barreiros.

O jogo encaminhava-se lentamente para o final. Até que a 3 minutos do fim dois novos golos da nossa equipa.

Primeiro Barreiros a completar o seu "poker" num remate de longe. Pouco depois Jorge Silva a fazer o seu hattrick. Mais um belo golo. Passe de Reinaldo a deixar o nosso avançado (e melhor marcador) em frente ao guardião do Cambra. Simula para um lado e vai rematar do outro. Bonito gesto técnico.

Apito final. 8 - 2. Não foi o melhor jogo que já vimos dos nossos atletas. Muito menos um dos jogos mais intensos. Foi um jogo maduro duma equipa que sentia o jogo ganho e tem consciência que se aproximam duras batalhas.

Uma dessas batalhas é já no próximo fim de semana. Volta a Liga Europeia. Vamos receber o Liceo da Corunha. Vamos precisar de estar bem nos 2 jogos para conseguir aceder à final four. Temos o sonho de voltar a conquistar a Europa, tem estado perto algumas vezes nos últimos anos. para isso temos de passar obviamente. Vamos encher o Dragãozinho e ajudar a realizar esse objectivo...



FICHA DE JOGO

FC PORTO FIDELIDADE-HA CAMBRA, 8-2
Campeonato Nacional, 22.ª jornada
22 de Março de 2014
Dragão Caixa, no Porto
Assistência: 829 espectadores
Árbitros: João Rodrigues e Florindo Cardoso (Minho)

FC PORTO FIDELIDADE: Edo Bosch (g.r.), Ricardo Barreiros (4), Hélder Nunes (1), Caio e Jorge Silva (3) 
Jogaram ainda: Reinaldo Ventura (cap.), Vítor Hugo e Tiago Losna
Treinador: Tó Neves

HA CAMBRA: Cláudio Bessa (g.r.), Vitor Oliveira, Francisco Silva (1), Nuno Maia e Tomás Castanheira
Jogaram ainda: Ricardo Pereira (g.r.), Bruno Fernandes (cap., 1) e Cândido Oliveira
Treinador: Ricardo Geitoeira

Ao intervalo: 5-2
Marcadores: Francisco Silva (1m), Hélder Nunes (2m), Jorge Silva (6m, 9m e 49m), Ricardo Barreiros (7m, 11m, 35m e 47m) e Bruno Fernandes (23m)



Por: Paulinho Santos









Enviar um comentário
>