domingo, 16 de fevereiro de 2014

FC Porto 8 - 1 HC Braga - Venha o Valongo!

 #HóqueiemPatins #FCPorto #Campeões






O FC Porto recebeu ontem o Braga em jogo a contar para a 16ª jornada (1ª da segunda volta) do Campeonato Nacional. Venceu com muita facilidade e prepara-se agora para atacar a liderança quando disputar o jogo em atraso com o Valongo. Uma vitória e somos líderes isolados.





Sem grandes surpresas no 5 inicial (Reinaldo ainda ausente por lesão), os comandados de Tó Neves entraram decididos a ganhar vantagem rápido. E de facto, o jogo foi o esperado desde o apito inicial. O Porto a dominar e à procura do melhor caminho para a baliza adversária. O adversário a defender-se e a tentar sair em contra-ataque. 

Já todos ouvimos a expressão "o que custa é o primeiro". Foi o que aconteceu.

Durou quase 9 minutos a resistência bracarenseo. Falta a nosso favor, um pequeno toque para Caio e o nosso número 8 a fuzilar a baliza do veterano Guilherme Silva: Golo, já era merecido.

O golo nada mudou. A nossa equipa sempre mais perto de marcar e apenas ocasionalmente um perigo relativo rondava a baliza de Edo. Assim era uma questão de tempo até novo golo. Não foi preciso esperar muito. Apenas um par de minutos e Pedro Moreira fazia o 2º numa jogada colectiva de belo efeito. Passe e vai e golo nosso.. Tudo simples.

Começava a rotação normal na nossa equipa. Sai Caio, entra Hélder Nunes. Mal tinha entrado e já assistia Barreiros para o 3º. Um grande passe interior e Barreiros só teve de encostar. 3 golos no espaço de 5 minutos e tudo decidido, só custou o 1º.

A única dúvida era se a nossa equipa mantinha o ritmo goleador e quantos marcaria. Era apenas contar os golos. Mais um minuto e Pedro Moreira bisava. Foi ele que iniciou a jogada, tentou um passe interior para Vitor Hugo. Não resultou mas recuperou logo a bola. Tenta a sorte de imediato e está feito o 4º

No minuto seguinte o 5º. Desta vez Hélder Nunes a marcar. 5 - 0 e ainda faltavam 9 minutos para o intervalo. 

Nesse tempo apenas mais um golo e para o nosso emblema claro. Outro dos suplentes a marcar, Vitor Hugo. Ele que pelo meio ainda falhou um livre directo conquistado após uma recuperação de bola sua... Não marcou no 1º, marcou no segundo lance de bola parada. Desta vez de penalti. 6 - 0. Grande exibição dos nossos atletas. 

Faltavam 4 minutos para o intervalo mas não houve mais golos nos primeiros 30 minutos. Não era preciso, o jogo estava mais que decidido.

Nélson Filipe defendeu na 2ª parte e estava acompanhado por outro suplente, Tiago Losna. 

O FC Porto ainda carregou no inicio. Jogada de Jorge Silva sobre a direita, finta sobre o adversário e golaço... Um golo tipico de Jorge Silva. Técnica, rapidez e tiro certeiro. 7 - 0.

O tento de honra da equipa surgiu logo depois. Nelson Filipe ainda defendeu o 1º remate mas nada podia fazer na recarga. 

A 2ª parte foi bem mais desinteressante. Estava ganho, não era preciso continuar a forçar... Ricardo Barreiros ainda bisou e fixou o marcador final. A destacar apenas os minutos concedidos a Diogo Seixas, um jovem que muito promete...

Na próxima 4ª feira (21h) será diferente. Espera-se um grande jogo. Vamos jogar para recuperar o que é nosso, a liderança. Recebemos o Valongo (que ontem empatou e tem apenas 1 ponto de vantagem). Vamos encher o Dragãozinho e lutar com os nossos atletas...



FICHA DE JOGO

FC PORTO FIDELIDADE-HC BRAGA, 8-1
16.ª jornada do Campeonato Nacional
15 de Fevereiro de 2014
Dragão Caixa, no Porto
Assistência: 1.013 espectadores


Árbitros: Joaquim Pinto e José Pinto (Porto)


FC PORTO FIDELIDADE: Edo Bosch (g.r., cap.), Pedro Moreira (2), Caio (1), Ricardo Barreiros (2) e Jorge Silva (1)
Jogaram aindaNélson Filipe (g.r.), Hélder Nunes (1), Vítor Hugo (1), Tiago Losna e Diogo Seixas
Treinador: Tó Neves


HC BRAGA: Guilherme Silva (g.r.), Luís Pereira (cap.), Rodrigo Sousa, Ângelo Fernandes e Carlos Saraiva
Jogaram ainda: Rodolfo Cabral (g.r.), Miguel Vieira, César Carvalho, Eduardo Brás (1) e Nuno Silva
Treinador: André Torres


Ao intervalo: 6-0

Marcadores: Caio (9m), Pedro Moreira (12m e 15m), Ricardo Barreiros (14m e 29m), Hélder Nunes (16m), Vìtor Hugo (21m), Jorge Silva (27m) e Eduardo Brás (27m)


Por: Paulinho Santos






Enviar um comentário
>