sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Revista de Imprensa - 31 de Janeiro 2014

" City aperta o cerco"


 Com o mercado de inverno a poucas horas do encerramento, tentam-se concluir vários negócios de última hora. O diário O Jogo faz precisamente capa com o cerco que o Manchester City faz a dois titulares do plantel dos Dragões, Mangala e Fernando, num negócio de cerca de 56 Milhões de euros.


O Jogo:



- FC Porto: "City aperta o cerco; ingleses pressionam até à última para levar a dupla Mangala/Fernando; Man. United também fez proposta por Otamendi."


- "Champions seduziu Shikabala; Matías Pérez nos bês a pensar em 2014/15"
- "Newcastle na pista de Djuricic; Jesus não sabe se o Sporting "é mais difícil que o Gil"
- "Futsal: Ricardinho liderou massacre à Holanda."



Record:



- FC Porto: "Kléber deve ser emprestado pelo FC Porto, Manchester City oferece 56 milhões por Fernando e Mangala"


- "Shikabala paga para jogar no Sporting"
- "Benfica rejeita primeira abordagem do Newcastle por Djuricic"


A Bola:



- FC Porto: "Mangala e Otamendi com pé fora; Izmailov vai jogar no Azerbaijão até final da temporada."

- "Montero é leão até 2018; "forcing" final para assegurar Heldon; Matías Pérez chega cedido por ano e meio."
- "Tenho a certeza de que o Benfica será campeão!", Matic agradecido às águias"



Notícias sobre o FC Porto:


Citizens às compras no Dragão

É o rumor do dia: Mangala e Fernando poderão estar a horas de deixar o FC Porto, adianta a generalidade da imprensa inglesa. Central e médio são alvo do Manchester City, que terá oferecido aos dragões uma verba entre os 46 e os 56 milhões de euros pela compra imediata da dupla.

As informações são muitas e algumas contraditórias, mas no fundo e no fim o que aqui se noticia é uma cobiça real dos citizens por duas das figuras do tricampeão nacional.
Em Inglaterra diz-se que o clube do Etihad Stadium já avançou e que as conversações com a direção azul e branca para a transferência de ambos estão muito adiantadas, enquanto em Portugal a imprensa desportiva dá o devido eco à situação e o Record afirma mesmo que é certo que Fernando se mudará para a equipa do xeque Mansour, agora ou no final da temporada.

Mas vamos por partes: o The Guardian garante que em cima da mesa está uma discussão de 46 milhões de euros pelos dois jogadores, enquanto o Independent e a BBC apontam para os 43 milhões por Mangala mais um valor de compensação não divulgado por Fernando; já o Daily Mirror sobe as contas para os 56 milhões de euros, que o Record sublinha.

Certo é que o interesse é verdadeiro e um possível negócio tem 'pernas para andar', faltando somente saber qual a abertura da SAD portista para deixar sair os camisolas 22 e 25 neste último dia de mercado de inverno. O Manchester City, por seu lado, vai forçar ao máximo junto de Pinto da Costa e seus pares para conseguir satisfazer os desejos do técnico Manuel Pellegrini, que pretende juntar Mangala a Kompany no centro da defesa e Fernando a Yaya Touré no meio-campo dos sky blues.


Nantes tentou empréstimo de Ghilas, FC Porto recusou

O Nantes tentou o empréstimo de Nabil Ghilas junto da SAD do FC Porto mas a proposta foi prontamente recusada. O argelino fica no Dragão até ao fim da época.

A ideia do oitavo classificado da liga francesa era garantir a cedência do ponta-de-lança mas a direção dos portistas não quis, sequer, analisar essa possibilidade.

Ghilas é o único nome alternativo a Jackson Martínez e os dragões não querem, de forma alguma, ficar com opções limitadas no ataque.


Até ao momento, esta temporada, Ghilas, que chegou ao Dragão no verão proveniente do Moreirense, soma 15 jogos cumpridos de azul e branco, quatro como titular (um na Taça de Portugal, dois na Taça da Liga e um pela equipa B na II Liga), não tendo ainda marcado qualquer golo.


Titulares costumam hibernar, saídas de elementos base no inverno, são muito raras

O FC Porto tem por hábito manter inalterado o núcleo duro do seu plantel ao longo da temporada, optando até por reforçar-se no mercado de inverno e prescindindo, apenas, de jogadores de segunda linha. A regra conheceu já uma das suas exceções com a saída de Lucho González e pode ser ainda mais reforçada nesta época se Fernando viajar hoje para Inglaterra.

Para se encontrarem casos minimamente semelhantes neste milénio, é necessário recuar às temporadas de 2011/12 e de 2004/05. No primeiro ano de Vítor Pereira, Belluschi e Guarín saíram por empréstimo em janeiro, com a cedência do argentino ao Génova a ser colmatada com o regresso de El Comandante – Guarín era uma figura relativamente secundária da equipa. Já em 2004/05, Derlei, titular claro da equipa de Víctor Fernández até na final da Taça Intercontinental, saiu para o Dínamo Moscovo, a 12 de janeiro de 2005, por 8 milhões de euros.



Por: Cubillas

Enviar um comentário
>