quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Revista de Imprensa - 22 de Janeiro 2014

" Jackson seguro no Dragão"


  O diário desportivo O Jogo faz capa com o goleador dos Dragões, Jackson Martinez, referindo que, segundo o representante do jogador, já há acordo. A renovação de contrato será assinada na próxima semana.


O Jogo:



- FC Porto: "Jackson seguro no Dragão; já há acordo total para a renovação com o colombiano; Fulham avança por Defour; campeão quer ver as contas dos rivais."


- "fé no Islam; leões querem golear em Penafiel e Slimani vai ser titular"
- "Cardozo só não voltou porque equipa está bem"



Record:



- FC Porto: "FC Porto denuncia contas dos rivais às Finanças"


- "Escola de elite: estudo consagra formação do Sporting"
- "Benfica presente na Cimeira de Alvalade"


A Bola:

Imagem

- FC Porto: "Jackson renova para a semana"

- "O leão da Argélia: Slimani é um lutador no campo e na vida"
- "Benfica sem Cardozo marca mais golos"



Notícias sobre o FC Porto:


Empresário de Jackson e a renovação: «Já há acordo»

Luís Manuel Manso, agente do avançado do FC Porto, confirmou que as negociações para a renovação do contrato vão ser concluídas na próxima semana.

«Viajo para aí na próxima semana para assinar a renovação. Já há um acordo», disse, numa curta declaração prestada à Renascença.

O contrato atual tem a duração de mais duas épocas e meia e uma cláusula de rescisão no valor de 40 milhões de euros, números que pretendem ser aumentados pelos responsáveis azuis e brancos, no sentido de poderem ter maior margem de manobra para eventuais novas investidas dos grandes da Europa.

Por seu turno, o jogador pretende um aumento do vencimento (que deve passar para os dois milhões de euros anuais), já que se trata de um dos mais importantes atletas da equipa de Paulo Fonseca.

Depois de uma primeira época onde foi o melhor marcador do campeonato, o jogador tem já 19 golos em 27 jogos esta temporada e divide a liderança da tabela dos melhores marcadores com o compatriota Fredy Montero.


«FC Porto ainda não decidiu se vai vender ou não o Defour», diz empresário

Paul Stefani, empresário de Defour, diz que o futuro de Defour depende de um telefonema do FC Porto a confirmar que está disposto a ver o médio internacional belga, ou se pretende que este continue a figurar no plantel dos tricampeões nacionais.

«Espero um telefonema do FC Porto porque ainda não decidiram se vão ou não vender o Defour», afirmou o representante de Defour, jogador que quer jogar com mais regularidade, em declarações à Rádio Renascença.

O nome do ainda jogador dos azuis e brancos tem sido associado a vários clubes e esta quarta-feira surgiram notícias de que o Fulham está interessado na sua contratação.


Iturbe soma mais um interessado

O Milan é o mais recente interessado nos serviços do argentino, que pertence aos quadros do FC Porto, mas que está emprestado ao Hellas Verona.

Nos italianos, o jogador assumiu-se como titular ao lado do avançado Luca Toni e tem sido um dos destaques da Serie A, onde leva já cinco golos em 16 partidas.

Primeiro foi a Roma a mostrar-se interessada nos serviços do atleta, numa perspetiva de fazer negócio em conjunto com o Hellas Verona, formação que detém uma opção de compra no valor de 15 milhões de euros para poder (eventualmente) exercer no final da temporada, caso assim o pretenda.


Além dos romanos, já foi noticiado o interesse da Juventus e o mais recente interessado, segundo informa a imprensa transalpina, é a formação do Milan, que passou a ser treinada por Clarence Seedorf, depois da saída de Massimiliano Allegri.


Empresário de Fucile: «Aparentemente, ele vai perder o Mundial por causa do FC Porto»

Jorge Fucile tem contrato até junho com o FC Porto mas «treina sozinho» e «não pode ter contacto com nenhum jogador do plantel», segundo revelou Pablo Tomaduz, empresário do uruguaio. O representante do defesa admite mesmo que Fucile pode «perder o Mundial» e atira as culpas para o clube da Invicta.

«Ele não vai voltar à equipa principal. A administração do FC Porto já informou o Jorge que ele treina sozinho e não pode ter contacto com nenhum outro jogador», explicou o empresário de Fucile, que não esconde que o uruguaio vive dias «complicados» no Porto.
«Sim é um momento muito complicado. Aparentemente, ele vai perder o Campeonato do Mundo [longa pausa] por causa do FC Porto não estar interessado em lhe encontrar outra equipa para jogar», revelou Pablo Tomaduz.

Relação com Paulo Fonseca: «Vocês jornalistas tirem as vossas próprias conclusões»

Nesta entrevista, o empresário de Fucile preferiu não se alongar em muitos comentários sobre a relação do jogador com o seu treinador, Paulo Fonseca.

«Sobre esse tipo de coisas não respondo, pois não quero prejudicar a carreira do Jorge [Fucile]. Vocês jornalistas tirem as vossas próprias conclusões», atirou, referindo ainda que o jogador vai continuar «a cumprir o contrato».
«Por agora vai continuar no FC Porto. Ele tem contrato até junho e vai respeitar o compromisso. A vontade dele é sair mas o FC Porto não quer», salientou, negando qualquer proposta do Sporting e do Benfica por Fucile.

«Não falei nada com o Sporting e muito menos com o Benfica», revelou, admitindo haver uma proposta do Nacional de Montevideo.

«Há propostas. Enviaram para o FC Porto mas eles não quiseram. Não posso falar muito mais sobre isso. Só há uma proposta do Nacional de Montevideo»

Fucile treina-se todos os dias no Olival, desde o início do ano, mas sozinho.

O uruguaio chegou ao FC Porto em 2006, proveniente do Liverpool, de Montevideu. Em 2012, também devido a problemas disciplinares, acabou por ser emprestado ao Santos.



Por: Cubillas

Enviar um comentário
>