sábado, 28 de setembro de 2013

Segunda Liga; 8ª Jornada: FC Porto B 2 - 1 Santa Clara

Dragão adormeceu, mas acordou mesmo a tempo

Depois de um jogo muito mau na Madeira, era expectável uma resposta mais contundente do Porto B hoje frente ao Santa Clara.

Acabou por ser uma exibição que cumpriu os serviços mínimos, mas não correspondeu às expectativas dos adeptos.





Com Fabiano, Reys, Herrera, Ricardo e Kelvin "emprestados" pela equipa principal, o Porto B chegou à vantagem cedo num penalti convertido por Tozé (depois de uma mão na área). A partir do golo, o Porto B foi adormecendo sobre a vantagem, praticando um jogo sem velocidade e sem rasgo.






E nem a expulsão de um jogador do Santa Clara mesmo em cima do intervalo motivou os jogadores do Porto, que continuaram hipnotizados por uma lentidão que só favorecia um Santa Clara à espera do erro.

E esse erro apareceu mesmo. Um mau atraso de Ricardo deu o golo ao Santa Clara.

Foi preciso esse lance para os jogadores do Porto finalmente acordarem e voltou o domínio agressivo da equipa portista. Mais agressividade e mais velocidade deram naturalmente origem a oportunidades e finalmente ao golo de Ivo.

Acabou por ser uma vitória justa, mas ficou a ideia que era possível fazer mais e melhor.


Análise Individual:

Fabiano: Fica a ideia que é lento a reagir ao atraso de Ricardo. De resto cumpriu.

Victor Garcia: Uma boa exibição do lateral que não pára de evoluir. Bem a defender e bem a aparecer no ataque. Falhou o golo isolado depois de uma boa combinação com Ricardo.

Zé António: A serenidade habitual.

Reys: Alguns bons cortes. Perdeu apenas um lance na área.

Quino: Duas perdas de bola que deram origem a dois contra ataques e forçaram dois amarelos para o Porto. A atacar não se viu.

Pedro Moreira: Melhor em campo. A defender limpou tudo, passeou classe pelo campo e lutou até não poder mais.

Herrera: Excelente exibição na 1ª parte, com grande amplitude de movimentos. Bem nas combinações, nas aberturas e mesmo a defender. Baixou de produção na segunda parte, mesmo assim foi dele a arrancada no golo de Ivo.

Tozé: Muito apagado. Esteve sempre muito marcado e nunca se conseguiu libertar. Ainda assim marcou o penalti e assistiu Ivo para o segundo golo.

Kelvin: Algo inconsequente. Nunca conseguiu desequilibrar.

Ricardo: O atraso para Fabiano é o principal erro do jogo. No entanto,seria redutor reduzir a exibição de Ricardo a isso. Apresentou bons pormenores, mas tal como Kelvin faltou-lhe ser mais consequente.

Kleber: Alguns bons pormenores em apoios e combinações, mas quando a conversa é com a baliza... não resulta. Falhou dois golos que um PL não deve falhar.


Ivo: Entrou muito bem com o jogo. Roubou várias bolas, uma delas deu origem à jogada que ele próprio finalizou.

Caballero: Nada a registar.

Leandro: Para queimar tempo.




FICHA DE JOGO

FC Porto B-Santa Clara, 2-1
Segunda Liga, oitava jornada
28 de Setembro de 2013
Estádio do Pedroso, em Vila Nova de Gaia
Assistência: 307 espectadores

Árbitro: Manuel Mota (Braga)


FC PORTO: Fabiano, Victor Garcia, Reyes, Tiago Ferreira, Quiño, Pedro Moreira, Herrera, Ricardo, Tozé, Kelvin e Kléber
Substituições: Vítor Garcia por Ivo (66m), Kléber por Caballero (79m) e Pedro Moreira por Leandro (87m)
Não utilizados: Kadu, David, Tiago Ferreira e Bruno Silva
Treinador: Luís Castro

SANTA CLARA: Serginho, Paulo Arantes, Miguel Lourenço, Accioly, Igor, Seddiki, Cervantes (Ruizinho, 52), Pacheco, Hugo Santos (João Pedro, 79), Tiago Leonço (João Ventura, 64) e Minhoca
Substituições: Cervantes por Ruizinho (52m), Tiago Leonço por João Ventura (64m) e Hugo Santos por João Pedro (79m)
Não utilizados: João Botelho e Mike
Treinador: Carlos Condeço

Ao intervalo: 0-0
Marcadores: Tozé (7m, pen.); Tiago Leonço (63m) e Ivo (77m)

Cartões amarelos: Paulo Arantes (06), Seddiki (28), Quiño (55), Reyes (62), Igor (72), Herrera (80), Ruizinho (89) e Tozé (90+2) e Miguel Lourenço (90+4)
Cartão vermelho: Seddiki (45+1).


Por: Prodígio 

Enviar um comentário
>