domingo, 22 de fevereiro de 2015

Segunda Liga, 29.ª jornada: FC PORTO B 2 - 1 FARENSE

 
O Porto B recebeu e venceu, na tarde deste Domingo, o Farense por 2 bolas a 1.

O onze do Porto registou algumas alterações. Diego Carlos regressou ao centro da defesa para suprir a vaga do castigado Lichnovsky, Rafa voltou a ser titular no lado esquerdo, mas a grande novidade foi mesmo a titularidade de Pité como médio mais ofensivo, que se juntou no meio campo a Leandro e Pavlovski.

O jogo esse foi de sentido único. Talvez mesmo a melhor exibição do Porto B esta época, sendo o resultado muito escasso para as inúmeras oportunidades de golo que a equipa portista criou.

O golo do Farense apareceu muito cedo no jogo, depois de um erro defensivo do lateral Rafa, combinado com a passividade do central Diego Carlos. Mas esse golo foi mesmo uma excepção à regra e não impediu o Porto B de partir para uma exibição de grande qualidade.

O meio campo funcionou na perfeição com Leandro a ser o carregador de dois pianos, Pavlovski (mais cerebral) e Pité (mais criativo). Com estes dois homens soltos, foi fácil para o Porto criar desiquilibrios e furar a muralha do Farense. Nas alas o endiabrado André Silva fazia a cabeça em água aos defesas do Farense e Fred aparecia muito bem em diagonais.

O Porto contou com várias ocasiões para marcar, das quais se destacam um remate de Fred isolado, um grande remate de André Silva à barra, um cabeceamento de Gonçalo e um remate à boca da baliza de Rafa.

No entanto, o Farense aguentou-se muito por culpa do seu guarda redes e o Porto foi para o intervalo a perder de forma injusta.

A segunda parte abriu com uma mexida de Luis Castro, com a saída de Pité para a entrada do jovem, ainda junior, Ruben Macedo. E pode dizer-se que o treinador portista acertou na mouche.

O jovem Ruben Macedo acrescentou ainda mais pimenta ao ataque portista e acaba por estar directamente ligado aos dois golos do Porto.

Primeiro ao fazer um cruzamento que Fred desperdiça, mas na recarga Gonçalo não perdoa. E depois ao voltar a cruzar para a cabeça de Gonçalo, que com muito mérito marca um belo golo.

A velocidade de Ruben Macedo causou pânico e libertou André Silva na frente de ataque. As oportunidades sucediam-se.

E o jogo só acalmou quando Luis Castro faz entrar o médio defensivo Tomás para o lugar de Gonçalo.

O jogo acaba por se arrastar até final e o Porto confirma uma vitória muito meritória.


Análise individual:

Gudino: Uma boa parada a abrir. De resto não teve grande trabalho.

Victor Garcia: Muito mexido no ataque e bem na defesa.

Zé António: Um erro pouco habitual, mas sem consequências.

Diego Carlos: Fica mal na fotografia no lance do golo. No resto, fez um jogo regular.

Rafa: Mal no lance do golo ao ser batido. No ataque esteve fortíssimo epoderia ter marcado.

Leandro: Uma máquina. Segurou o meio campo e deu asas aos criativos.

Pavlovski: Muito cerebral, sempre a pautar o jogo da equipa. Um jogo de mão cheia.

Pité: A unidade de menor rendimento a meio campo. No entanto, teve alguns bons pormenores e ocupou uma área do campo que precisa de um jogador como ele.

Fred: Muito bom jogo. Sempre vertical e a confirmar que tem muito sentido de baliza.

André Silva: Melhor em campo. Diabólico. Na ala, no meio, atrás e à  frente. Esteve em todo o lado e sempre com qualidade. Só faltou mesmo o golo.

Gonçalo: Com mais criatividade no meio campo pôde estar mais dentro da área e os golos surgiram naturalmente. Foram 2, podiam ter sido mais.


Ruben Macedo: O futuro está aí... Entrou e conquistou o Olival. Temvelocidade de ponta, cruza muito bem e não se deixa intimidar. Tem pêlo na venta e um dragão ao peito.

Tomás: Entrou e o jogo adormeceu.

Graça: Pouco tempo.



FICHA DE JOGO

FC PORTO B-FARENSE, 2-1

Segunda Liga, 29.ª jornada
22 de Fevereiro de 2015
Mini-estádio do Centro de Treinos e Formação Desportiva Porto/Gaia, no Olival

Árbitro: Paulo Baptista (Portalegre)
Assistentes: José Braga e Valter Rufo
Quarto árbitro: Renato Mendes

FC PORTO B: Raul Gudiño; Víctor García, Diego Carlos, Zé António e Rafa; Leandro Silva, Pité e Pavlovski; Frédéric, Gonçalo Paciência (cap.) e André Silva
Substituições: Pité por Ruben Macedo (46m), Gonçalo Paciência por Tomás Podstawski (78m) e Pavlovski por Graça (90m)
Não utilizados: Kadú, David Bruno, Roniel e Anderson
Treinador: Luís Castro

FARENSE: Bento; Hugo Ventosa, Diogo Silva, Lameirão e Califo; Bilro (cap.) e Carlos Rodrigues; Bruno Carvalho, Edinho Júnior e Harramiz; Irobiso
Substituições: Diogo Silva por Karamatic (29m), Mailó por Mailó (62m) e Bruno Carvalho por Alan (68m)
Não utilizados: Ricardo, Kiki, Alan, González e Rui Duarte
Treinador: Abel Xavier

Ao intervalo: 0-1
Marcadores: Irobiso (9m) e Gonçalo Paciência (59m e 66m)
Disciplina: cartão amarelo a Bruno Carvalho (14m), Pité (33m), André Silva (48m), Califo (48m) e Carlos Rodrigues (86m)


Por: Prodígio
Enviar um comentário
>