segunda-feira, 2 de julho de 2012

Hóquei em Patins: Jorge Silva e Vítor Hugo








Depois de confirmada a contratação do Internacional Português Ricardo Barreiros ( anunciada ainda com a época a decorrer), o FC Porto garantiu mais dois jogadores para o ataque à nova temporada, neste caso os avançados Jorge Silva (ex-Candelária) e Vítor Hugo (ex-Oliveirense), colmatando desta maneira as saídas do espanhol Pedro Gil e do luso Gonçalo Suíssas, que vão reforçar o Valdagno e Candelária respectivamente.











Trata-se de um regresso do Jorge Silva a casa, ele que saiu em 2010 para o Candelária, com o intuito de jogar com mais regularidade e a verdade é que foi uma passagem bastante positiva pelo clube açoreano, na qual desde o primeiro momento assumiu papel preponderante, marcando diversos golos e muitos deles importantes.

Não tem propriamente a qualidade de um Pedro Gil (nem é isso que se pretende, até porque o espanhol é único no que faz), mas reúne características bastante interessantes e sobretudo diferentes seja do Tiago Santos ou do Vítor Hugo por exemplo, é um jogador que imprime velocidade ao ataque, e não temos dúvidas que será muito importante em situações de contra-ataque/ataque rápido e mesmo em situações de falta, é um atleta que dada a intensidade com que joga, sofre diversas faltas ao longo de um encontro. Não temos dúvidas, que é um excelente regresso e esperemos que o Jorge esteja à altura dos acontecimentos.






Quanto a Vítor Hugo, é outro jogador que dispensa qualquer apresentação e tal como o Jorge Silva e Ricardo Barreiros, é internacional português, ele que na época 2010/2011 foi o melhor marcador do campeonato ao serviço da AA Espinho, rumando esta temporada à Oliveirense, e como não podia deixar de ser, foi um dos jogadores mais concretizadores da prova, foi igualmente fundamental na conquista da Taça de Portugal, uma final que levaram de vencida sobre o Benfica.




É um jogador semelhante ao Gonçalo Suíssas, ou seja, o seu ponto mais forte é a jogar em zonas próximas da baliza adversária, movimentado-se muito bem dentro da área e além do mais seja grandes penalidades ou livre directos, é sempre um elemento a ter em conta para a sua conversão.

Anteriormente, já esteve no Benfica, mas na altura não era muito utilizado, contudo não temos dúvidas que será uma mais valia para a nossa equipa e apesar de lamentar-mos e muito a saída de um jogador como o Suíssas, o FC Porto fica bem entregue com esta aquisição, até porque estamos a falar de um goleador nato. 


Por: Dragão Orgulhoso
Enviar um comentário
>