quinta-feira, 14 de agosto de 2014

3, 2, 1 ... Partida!

#Porto #FCPorto #Marítimo #PrimeiraJornada #BluePunisher #Portugal #Colômbia #Brasil #Espanha #Sporting #benfica




A competição oficial relativa à época 2014/2015 está prestes a iniciar-se para o FC Porto, é já amanhã o dia em que o Estádio do Dragão recebe como equipa visitante o Marítimo. Embora exista um historial de bons resultados frente a este clube no nosso reduto, em virtude de ser o jogo de estreia e com a condicionante de nenhuma equipa estar ainda a 100% no que se refere a um alto rendimento, é um adversário difícil que pode causar problemas e amargas surpresas.

Espera-se naturalmente uma vitória do FC Porto neste jogo e o natural amealhar de três pontos. Uma estreia com um triunfo tendo uma equipa técnica nova assim como muitas caras novas no plantel é muito importante e dará uma boa "dose de confiança" para os próximos "compromissos".

Confesso que pelo facto de não termos defrontado nos vários jogos de preparação um adversário com nome, estatuto e historial no futebol europeu pertencente à categoria de clubes de topo, ainda tenho dúvidas sobre o real valor do FC Porto 2014/2015.

Vi com preocupação que o sector defensivo continua a comprometer e a evidenciar falta de solidez e desconcentração, repetindo-se inclusive erros que fomos vendo ao longo da época 2013/2014.

Se tivéssemos defrontado grandes clubes de Inglaterra, Espanha, Itália, França e Alemanha, que na prática são os países europeus com os melhores e mais competitivos campeonatos, com a defesa de "manteiga" que temos evidenciado se calhar teríamos sofrido uma humilhação semelhante à do clube do regime em Londres frente ao Arsenal (obrigado "Gunners"!).

Não considero o Everton um grande clube inglês na actualidade, é isso sim um histórico do futebol inglês o que são coisas completamente distintas. Para deixar claro o meu pensamento a este respeito, considero um clube grande num campeonato europeu de topo, todo aquele clube que tem recursos para e tradição de lutar pelo titulo nacional desse pais e normalmente acaba num dos lugares do pódio.

O que a pré-temporada demonstrou foi que a inclusão do Bruno Martins Indi dá outra solidez ao sector defensivo e com o Jackson Martinez na frente (pelo menos a "versão" Jackson 2014/2015 da pré-temporada) o ataque do FC Porto ganha outra fluidez e eficácia para além duma importante referência.

Parece-me que o plantel carece duma alternativa credível ao Jackson Martinez pois a época é longa e não devemos arriscar a competir só com um ponta de lança de raíz no plantel. Igualmente, o plantel parece-me carecer duma alternativa ao Casemiro, torço para que seja o Jordan Clasie do Feyenoord, aparentemente os rumores de mercado deixam em aberto essa possibilidade.

Colmatadas as duas lacunas referidas no paragrafo anterior temos um excelente plantel para atacar 2014/2015 com optimismo, competência e profissionalismo, e que seja só com estes atributos e não com vaidade e arrogância, pois estas atitudes pagam-se caro em alta competição.

O titulo que nos "impingiram" de campeão de pré-época vale o que vale, na pratica não vale nada! Não ganhamos fosse o que fosse pela pré-época com resultados positivos, nem isso nos garantiu atingir os objectivos traçados para 2014/2015.

Convém fazer uso de bom senso e evitar pensar que a concorrência será inofensiva e "nem um arranhão serão capazes de nos causar", especialmente pelo que observamos nos clubes rivais de Lisboa no momento pode levar-nos a cair nessa "tentação".




Os nossos rivais debatem-se com problemas de indisciplina de jogadores que querem sair e recusam-se a desempenhar a sua profissão com normalidade, dificuldades em contratar reforços para posições especificas carenciadas, e ainda um nunca antes visto dizimar de um plantel que chega a 2014/2015 ostentando o estatuto de campeão.






Embora sejam problemas e sérias dificuldades que os nossos rivais terão de resolver e porventura poderão não resolver na totalidade ou até da melhor forma, pois a pressão do factor tempo com o inicio do campeonato e demais competições nem sempre permitem um lúcido raciocínio e o ponderar das melhores soluções, não pensemos que eles não serão capazes de o fazer.

Estas situações só por si podem reverter a nosso favor mas não contemos com o incerto e concentre-mo-nos em fazer bem o nosso trabalho e preparar-nos bem para responder da melhor forma às exigências competitivas que nos esperam.

Temos de fazer o nosso trabalho bem e naturalmente caso tal exista, aproveitar as fragilidades, desorganização ou indefinição dos nossos rivais na luta pelo titulo nacional. Quanto mais cedo o nosso plantel ficar definido e contando com duas soluções credíveis por posição em campo melhor.

Agora sobre o sorteio da pré-eliminatória da Liga dos Campeões, calhou-nos os franceses do Lille, não era o pior adversário do lote, sinceramente o Atlético de Bilbau ou o Besiktas seriam muito piores, no entanto o Lille é uma equipa experiente e com traquejo em provas europeias, só um FC Porto ao seu melhor nível terá condições para conseguir o apuramento para a fase de grupos desta competição.

Antes de finalizar, saúdo a venda do Defour e desejo-lhe muitas felicidade e sorte desde que não seja à custa do FC Porto. Mesmo tendo sido um bom profissional tendo em conta as limitações que evidenciou e aquilo que o FC Porto necessita para aquela posição em campo no momento, acabou por ser a melhor solução para todas as partes.

Li que esta venda deu um prejuízo superior a dois milhões de euros, teria sido melhor que fosse um venda lucrativa, mas como em tudo na vida, nem sempre podemos ganhar! O ideal seria agora vender bem o Varela e a "casa" estaria praticamente arrumada, assumindo que virão ainda um ponta de lança e um médio defensivo.

Não gostei do arbitro nomeado para o FC Porto x Marítimo e espero que nem se dê por ele em campo que seria o melhor elogio que lhe poderíamos fazer. Os protagonistas do jogo devem ser os jogadores e não outras personagens. Estarei bem atento às arbitragens nos jogos dos rivais, pois prevejo que o "colinho" continuará em 2014/2015.



Boa sorte FC Porto, Porto, Porto, Porto és a nossa Glória dai-nos Sexta-Feira 15 de Agosto de 2014, mais uma Alegria, mais uma Vitória!

A Chama do Dragão e Eterna!


Por: BluePunisher
Enviar um comentário
>