quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Segunda Liga: Portimonense 1 - 1 FC Porto B (Crónica)










Numa região tradicionalmente difícil para o FC Porto (quem não se lembra do Portimonense e do seu carismático e anti-portista presidente Manuel João), os meninos de Rui Gomes deslocaram-se ao Algarve onde empataram o jogo ao cair do pano, com um golo marcado por Vítor Luiz de livre directo.

O Jogo desenrolou-se numa agradável toada de equilíbrio com varias oportunidades de golo de parte a parte.







Na primeira parte o Portimonense, mais experiente entrou melhor no jogo e criou várias oportunidade de golo, com o FC Porto B a assentar gradualmente o seu jogo chegando ao intervalo com equilíbrio nas oportunidades criadas.

Na segunda parte o FC Porto B tomou conta do jogo e o Portimonense optou por uma toada de contra-ataque, criando alguns calafrios à turma azul e branca.

Mais matreiro o Portimonense chegaria primeiro ao golo por William aos 52 minutos de jogo, numa cabeçada do experiente William (ex. Paços Ferreira e V. Guimarães).

O FC Porto B esboçou pronta reacção e passados 4 minutos Dellatorre de cabeça poderia ter feito a igualdade. Apesar de muito porfiar a turma Azul e branca via adiado por um Portimonense defensivo, e agora cauteloso, os seus intentos de chegar ao empate.

Vion e Sebá com boas oportunidades, uma das quais isolados iriam desperdiçar boa ocasião de golo. Para cúmulo dessa dificuldade Sérgio Oliveira veria aos 89 minutos o segundo amarelo (por palavras dirigidas ao árbitro) no encontro e consequente vermelho ( já soma 3 amarelos e um vermelho, atenção Sérgio!).

Haviam sete minutos para ir atrás do mal menor, ou seja, do empate, e aí foram eles, até o guarda-redes Stefanovic se aventurou na área adversária na procura da felicidade.

Quando muitos já pensavam que a derrota estava consumada, Vítor Luiz num livre superiormente marcado levaria-nos ao empate, os algarvios ainda protestaram que a bola não teria entrado mas a palavra do árbitro foi soberana e estava consumado o terceiro empate em outros tantos jogos do FC Porto B.

Mais uma vez esta equipa soube sofrer, acreditar e não sair vergada! Bom Resultado!

Destaque no FC Porto B para Zé António, a voz de comando da equipa, foi defesa e Avançado, foi comandante e operário, serenou os ânimos e manteve os miúdos serenos valendo-se da sua experiência e da  sua voz de comando.

O FC Porto B alinhou com a seguinte equipa: Stefanovic; Diogo Mateus, Zé António, Tiago Ferreira e Victor Luís; Mikel (Sérgio Oliveira), Pedro Moreira e Edu (cap.) (Tozé); Sebá, Dellatorre e Fábio Martins (Vion).


Por: Rabah Madjer
Enviar um comentário
>