domingo, 2 de novembro de 2014

A medida do sucesso

#Sporting #Guimarães #joker


Foi o leão ao berço
Cheio de garra e soberba
No encalço da sua presa…
Mas foi recebido, coeso!

E depois da garbosa entrada
Saiu de rabo entr’as pernas
Com três no bucho, nas hérnias
E c’a sua juba amainada…

Perdeu o garbo o leão
Saindo do jogo vergado
E o presidente domado
De olhos postos no chão…

É caso para repetição
D’esse assalto prometido?
Dum futebol travestido
Num candidato a campeão?

É este jogo qu’assusta
Sem nem ao Vitória belisca
Este leão ou lagartixa
Um animal posto em fuga?

Que joga bem, diz o médico
E que sozinho se basta?
Na Liga já não tem casta
Virou um bicho anémico…

E que bravata sobeja
Em novo anúncio solene?
Que tem rumo e leme
Com’o de Dona Tareja?

A quem o filho Afonso
Remeteu de volt’a Leão!
E de Guimarães, a nação
S’edificou sem esconso!…

E ainda qu’o leão
Não se queira a miar
Ou de fininho a falar
Quem o teme, Napoleão?

Pois que cá dentro, perdeu
Tod’a celeuma e crédito
Mas na Europa, o mérito
É todo seu!

A medida do seu sucesso?
Ser campeão?
Ah, leão!!!
Estamos em que século?


Por: Joker
Enviar um comentário
>