quarta-feira, 4 de março de 2015

Nobre ca(u)sa

#Joker #Sporting #Cristovão #FCPorto

Só há uma lógica
Pr’a esta inversão
De polícia a ladrão
Medeia a cobiça!!

Ter-se um Visconde
A roubar a eito?
Um polícia eleito
Num clube qu’o esconde?

Por delito comum
Tem-se já detido?
O outrora investido
Noutro trinta-e-um?

Colarinho branco
É crime com status!
Deste rezam factos
Que não valem tanto…

Era informador
De outros polícias
E dessas “notícias”
Vivi’o “Inspector”!

Pois que lá munidos
De outros “mandatos”
Elaboravam “autos”
Já absolvidos!!

Mexiam c’a prova
Como uma brigada
Que por estar armada
Roubava na folga!!

Gente da “justiça”
E de nobre cepa
Que d’obsoleta
Clama da denúncia…

Que do peculato
Até ao sequestro
Tem-se por honesto
Só por ser lagarto!

Se fosse do Porto
O nosso “inspector”
Como corruptor…
Não se tinha solto!!

Mas n’associação
Tem-se o “Mustafa”
Do melhor que há
Pr’a “informação”!

Eram ricas casas
De nobres pessoas
Quase todas boas
Pr’a ficarem rasas…

Qu’o ser polícia
E mesmo inspetor
Só lhes dá labor
Pr’a montar milícia!

E do candidato
A ser presidente
Tem-se por coerente
A cumprir mandato!

Mesmo no xadrez
Qu’o clube é eclético
E vencer com mérito
Só de quando em vez!

Por: Joker
Enviar um comentário
>