domingo, 15 de março de 2015

Jogo a jogo sem desarmar!

 
A caminhada continua e agora a próxima etapa será no Dragão, com o FC Porto a receber a equipa do Arouca, formação que ocupa actualmente a 15ª posição com 20 pontos. Como não podia deixar de ser, o Arouca procura atingir a permanência no principal escalão, numa luta que se prevê equilibrada até à última jornada.

Decorridas 24 jornadas, o Arouca regista um saldo de cinco vitórias, cinco empates e 14 derrotas, sendo que nos últimos oito encontros realizados para a Liga, contabiliza uma vitória, dois empates e cinco derrotas. O último desaire ocorreu precisamente na 24ª jornada, com o Arouca a sair derrotado frente ao Benfica por 3-1, numa partida onde a turma arouquense chegou a estar na frente do marcador, graças a um golo apontado pelo esquerdino Iuri Medeiros, jogador emprestado pelo Sporting.

Numa fase inicial da temporada, o treinador Pedro Emanuel variava na utilização do 4-2-3-1 com o 4-4-2, no entanto, rapidamente abandonou a ideia de colocar quatro médios e dois jogadores na frente, optando pela colocação de um duplo-pivot no sector intermédio, libertando um elemento para tarefas mais ofensivas, surgindo nas costas do ponta de lança.

Na baliza o indiscutível Goicoechea surge entre os postes, ele que até ao momento poderá ser considerado como um dos guarda-redes mais regulares do campeonato, mostrando claramente que reúne condições para estar numa equipa com outro tipo de argumentos. Contudo, neste último desafio contra o Benfica esteve desastrado – apesar de até ter realizado uma boa primeira parte – estando ligado aos dois primeiros golos do adversário.
No sector defensivo, face ao castigo de Nelsinho, o Luís Tinoco irá regressar à titularidade, ele que não é opção no Arouca desde que foi expulso no jogo em Braga, perdendo o lugar para o atleta brasileiro, que atravessa um bom momento de forma.

Sobre o lado direito, o espanhol Balliu é uma das figuras desta equipa, enquanto no centro da defesa, apenas o regressado Miguel Oliveira terá o lugar assegurado, restando uma vaga para o Diego Galo ou então para Nuno Coelho, ele que no Arouca tem alternado entre a posição “6” e o centro da defesa. Atendendo ao regresso de Rui Sampaio após castigo, provavelmente o Nuno Coelho irá novamente recuar no terreno e com isto o brasileiro Diego Galo deverá estar banco de suplentes. No meio-campo, David Simão e Rui Sampaio surgem lado a lado na zona central do terreno, com o David a assumir uma importância decisiva no momento de construção e na capacidade de passe – assim como situações de bolas paradas – enquanto o Rui Sampaio é um trabalhador incansável com e sem bola, envolvendo-se igualmente com critério na organização ofensiva da equipa, sendo possuidor de um bom pontapé de meia-distância.

Nas alas, o experiente Pintassilgo volta a ser opção para a turma arouquense, mas neste caso haverá dúvidas na sua utilização inicial, face ao rendimento do açoriano Iuri Medeiros no último encontro da equipa para o campeonato, com o Kayembe a surgir no lado esquerdo do ataque, ele que pertence ao FC Porto, reforçando o Arouca no mercado de inverno.
Artur deverá estar nas costas do PL, neste caso o Roberto, jogador que chegou a representar o FC Porto nos escalões de formação, destacando-se pela sua entrega ao jogo, não sendo propriamente muito dotado a nível técnico.

O FC Porto procura registar a sétima vitória consecutiva na Liga, para desta feita continuar em perseguição ao líder Benfica. Para este jogo no Estádio do Dragão, o goleador Jackson Martínez será baixa certa, isto, quando é de assinalar a recuperação do médio criativo Óliver Torres, jogador que tem sido dos mais regulares dos dragões ao longo da época. Por outro lado, o brasileiro Danilo deverá falhar este embate, surgindo como principal alternativa para o seu lugar, o jovem internacional português Ricardo Pereira.
Na primeira volta e na visita ao terreno do Arouca, os comandados de Julen Lopetegui golearam o Arouca por 5-0, com os tentos a serem apontados por: Jackson (bis), Quintero, Casemiro e Aboubakar.  
 Por: Dragão Orgulhoso
Enviar um comentário
>