terça-feira, 16 de setembro de 2014

Golpe-de-vista!

#Benfica #FCPorto #Joker



Um Paulo Batista
E dois assistentes!
Como são diferentes
Os golpes-de-vista!

Se foss’o Capela
E dois assistentes!
Eram competentes,
Via-se na tela!

Qu’o fora-de-jogo
Foi bem marcado!
Sempre pr’o mesmo lado
Na linha de fogo?

Não há intenção
No erro grosseiro
Que jog’ó primeiro
E à condição!

E depois do Bonfim
Ond’o assistente
Na linha tangente
“Não” errou assim!

Em duas jornadas
Dois golos legais…
Qu’empates normais
Deram “goleadas”!

E o toque ligeiro
Dentro da área?
Pénalti! Que hilária!?
No Bonfim, foi “fiteiro”!

Critérios “iguais”
Em prol do Regime
Sempr’o mesmo filme
Quantos anos mais?

O golpe-de-vista
Do Valter Rufo
Tev’o outro uso
C’o Boavista!

O que pr’a arbitragem
É regular…
Noutros é um fartar
De vilanagem!

Que estão empatados
No topo do campeonato…
Qu’em tal critério lato
Ainda são prejudicados!?

Nad’a fazer
Com estes critérios…
E já são primeiros!
Est’ano é a valer!

Há pois que lutar
Com tod’o empenho
Qu’o “erro” tamanho
Veio pr’a ficar!

Val’a vontade
Desses agentes
Da Liga, coerentes
C’o esta “verdade”!

Mobiliza-s’a “imprensa”
Árbitros, assistentes
Delegados, dirigentes….
Pr’a que Porto não vença!

E aí, já há critério
Na Televisão pública
Pr’á entrevista e rúbrica
Desse “homem sério”!

Típico dum país
Dum passado “democrata”
Onde qualquer autocrata
Fala e é feliz!

E s’insinuar
Qu’há corrupção!
Não há qualquer acção
Pr’a ele provar!?

O que mais queremos
Neste país autista
Ond’o benfiquista
É qu’escolhe os termos?

Ele marc’a entrevista
Ele escolh’o árbitro!
E ao assistente, o hábito
Do golpe-de-vista!…


Por: Joker
Enviar um comentário
>