terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Qual será o verdadeiro valor desportivo e financeiro de Hulk?





O gabinete de prospeção e observação de talentos que o FCP tem espalhado por todo o mundo, foi uma vez mais responsável pela descoberta de um dos jogadores mais badalados e pretendidos pelos principais colossos do futebol mundial.

Na verdade descobrir um jogador no país do sol nascente e tão distante como o Japão e nos confins da 2ª divisão japonesa, não lembrará ao diabo, para além de ser um clube com tão pouca mediatização como será o Tokio Verdi, não deixou de ser no mínimo um ato de coragem, arriscado e caro, tendo em conta os valores em causa na altura para um desconhecido.







Como não podia deixar de ser refiro-me concretamente a Givanildo Vieira de Souza, mais conhecido por HulK, devido à sua impar capacidade física invulgar onde impera a força, velocidade, técnica, rapidez de execução ou capacidade de explosão como algumas das qualidades que lhe são atribuídas, e já reconhecidas por várias universidades ligadas ao desporto e à área da genética, dando como provado que em termos científicos que Hulk tem mais a ver com a sua própria genética do que com o treino diário.

Por tudo isto quanto valerá em termos de euros um jogador que quase nunca se encontra lesionado, que aguenta jogos sobre jogos sem quase nunca ser substituído ou demonstre alguma fadiga muscular? No momento atual, porventura, só dois jogadores se afiguram no patamar e no universo financeiro e clausular para competir com os 100 milhões de euros de Hulk, Leonel Messi e Cristiano Ronaldo.

Mas haverá mesmo algum clube que tenha dinheiro ou se atreva a bater tão elevada verba, ou por outro lado o FCP, tendo em conta a necessidade de equilibrar a tesouraria por via da eliminação da Liga dos Campeões, possa agora aceder a ofertas mais aproximadas da sua cláusula?

A esta questão em breve poderemos ter a resposta no mercado de transferências que se avizinha, todavia, com o andar da carruagem começa a ficar no ar a possibilidade de a solução para tapar a falta de um novo ponta de lança, não estará no próprio Hulk como apregoa Vitor Pereira, tendo em consideração a boa prestação que tem tido naquela posição tão exigente e específica, apesar de se perder um ala de inegável valor, mas que ultimamente estava uns furos abaixo do que pode valer na sua posição favorita por individualismo excessivo, e por outro lado, também pelo facto de estarmos bem servidos de alas, acrescido da possibilidade de podermos fazer regressar Atsu do Rio Ave que quanto a mim tem enormes potencialidades, ou colocar a jogar na posição o polivalente Danilo que está prestes a chegar.

Por: Natachas
Enviar um comentário
>