segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Campeonato Nacional de Juvenis Série B, 16ª Jornada: FC Porto 3 - 1 Boavista FC

Num jogo muito bem disputado o lider da série B derrotou o vice-lider com toda a justiça e naturalidade.

Os dragões começaram bem e assumiram o controlo, obrigando os do bessa a remeterem-se para o seu meio-campo.

Contra a corrente do jogo aos 20 minutos, na sequência de um canto, o árbitro marcou penalty num lance em que André Silva com o braço encostado ao corpo viu a bola a bater no mesmo. Cardoso não perdoou. 
Mas a vantagem dos boavisteiros não durou mais que dois minutos. Num canto, muito bem marcado (como quase sempre) pelo lateral Rafa, André Ribeiro surge na área e de cabeça fuzilou a baliza axadrezada.

Feita meia-justiça os dragões continuaram a criar situações de perigo sucessivas sem que os avançados conseguissem concretizar. 
Num livre há entrada da área superiormente marcado por Vítor (o melhor em campo) completou-se a justiça.

Até ao intervalo, os dragões continuaram a criar situações de perigo junto há baliza boavisteira mas o resultado não se alterou. 

Na segunda parte, apesar do maior ascendente portista poder-se-á dizer que o jogo foi mais equilibrado. Os avançados portistas estiveram mais uma vez muito perdulários com destaque para André Silva (fez um excelente jogo mas continua com azar na finalização).
Do lado das panteras num livre muito bem marcado por Nuno (jogador axadrezado interessante) atirou á barra. 
Só perto do apito final os dragões conseguiram dar o golpe final, numa boa jogada individual de Graça a entrar pela direita, Diogo Silva comete falta sem qualquer dúvida, e Ivo na marca de penalty não perdoou. 

Com o resultado em 3-1 os comandados de Capucho a jogarem com mais espaço poderiam ainda ter marcado por duas vezes, André Silva e Nuno Santos isolados não conseguiram concretizar. 

Para além de Vítor Andrade merecem destaque as boas exibições de André Ribeiro e André Silva.

No Boavista merecem destaque e atenção do departamento de prospecção do clube o central Verdasca e o criativo Nuno.



Ficha do jogo:

PORTO - 3 Boavista - 1

Árbitro: Pedro Barbosa (Porto).

 FC Porto:
João Costa; Marcelo, André Ribeiro, Tomás e Rafa, Vítor, Belinha (Nuno Santos, 76), Graça (Francisco Ramos, 68), Raul (Francisco Costa, 58), Ivo, André Silva.
Treinador: Nuno Capucho.

Boavista FC: 
David; José Maria, Marc, Verdasca e Bruno, Gouveia, Diogo (Nuno, 53mn), Miguel (Diogo Silva, 41mn), Falcão (Vasco, 41mn), Dinando, Cardoso.
Treinador: Rodimar Garcia.

Ao intervalo: 2-1.
Golos: 0-1, Cardoso (20mn, gp); 1-1 André Ribeiro (22mn); 2-1 Vítor (33); 3-1 Ivo (68mn, gp).

Disciplina:
Amarelos: Diogo Silva (67mn), Bruno (76mn) e Vasco (79mn).

Por: Juary

Enviar um comentário
>