quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

O colinho e falta de vergonha da APAF

#benfica #FCPorto #APAF #FPF #Capela #Paixão

 
As nomeações para a próxima jornada foram conhecidas ontem. O FC Porto tem um importante jogo contra o Marítimo na Madeira. Foi nomeado João Capela.

O nosso historial com este senhor já é por demais conhecido de todos os Portistas. Foi o árbitro do Olhanense - Porto, o último jogo que nos apitou foi o Nacional - Porto em que Jackson teve um golo mal anulado por fora de jogo.

Os fora de jogo são aliás um erro recorrente dos muitos que tem. Este senhor e sua equipa no último jogo que envolveu um grande (regime - Gil Vicente) invalidou mal um golo que daria a vitória ao clube visitado. Isto foi agora, há umas semanas. 


Ora bem, um clube que tem muitas razões de queixa deste senhor. Nos dois últimos jogos que envolvesse uma das equipas teve influência no resultado em ambos. Prejudicou-nos com influência no resultado e beneficiou com influência no resultado o nosso rival.

Quem nomeia o que decide? Vamos nomeá-lo para um jogo difícil do clube que tem sido prejudicado. É falta de vergonha ou é apenas incompetência e desleixo? Eu sei qual é e certamente vocês também...

Para terminar o ramalhete das nomeações desta semana é eleito para apitar o jogo do regime o sr. Paixão, esse exemplo de arbitragem medíocre e tendenciosa.

Vamos ao histórico deste senhor. Sei que não é preciso, mas não custa. Sobre nós ficaram célebres alguns jogos. O jogo da única derrota nos 2 anos de Vitor Pereira em Barcelos é apenas um exemplo. E como falhou neste jogo...

O último jogo que este senhor apitou do nosso rival foi o Nacional 1 - 2 regime desta época, onde foi mal anulado um golo à equipa madeirense que daria o 2 - 2. 


Mais uma vez o que faz quem nomeia? Beneficiou este clube com influência no resultado na última vez que os apitou? Então é uma excelente nomeação.

Perderam toda a vergonha. Nem o tentam esconder, é à descarada.

Este tem sido o ano de todas as poucas vergonhas. Começando ao golo mal anulado ao Boavista na 2ª jornada, o golo mal anulado ao Setúbal que daria o empate na altura, a expulsão perdoada a Enzo numa altura em que ainda perdiam com o Moreirense, a vergonha dos penaltis perdoados no jogo contra o Estoril, o lance caricato do fora de jogo contra o Rio Ave, o já citado golo mal anulado ao Nacional, o golo em fora de jogo ao Gil Vicente... São tantos e tantos casos e só agora chegamos a metade do campeonato...

Sem estes benefícios em que lugar estariam? E a quantos pontos?


Estas situações semanais estão a cansar os adeptos do Porto. Com razão. São eles que apanham horas de chuva para ir apoiar a equipa a Penafiel, são eles que na noite fria do Dragão não deixam de comparecer. Não deviam ser eles a protestar contra esta situação.

São apenas eles que o têm feito. Desde a tarja de uma das claques, desde os inúmeros blogues que já abordaram os assuntos, desde os vídeos com todos estes casos a circularem por tudo que é sítio, desde comentadores como Miguel Guedes que ainda há uns dias falou de muitos destes casos.

A nossa direcção pouco ou nada fez para denunciar o que tem sido este ano. Uma ocasional intervenção do presidente e fica por aí. De resto um silêncio que incomoda, uma falta de acção que não se entende. É preciso bem mais. Os adeptos do Porto esperam bem mais perante o que se tem visto. É altura de o fazerem e já devia ter sido feito antes...



 Por: Paulinho Santos

Enviar um comentário
>