sábado, 13 de dezembro de 2014

Segunda Liga, 19.ª jornada: SPORTING B-FC PORTO B, 2-1

Medíocre. Assim se pode definir a exibição do Porto B na visita ao terreno do Sporting B.


O resultado final, foi uma vitória da equipa de João de Deus por 2 bolas a 1. No entanto, esse resultado não espelha o que se passou em campo.

Não que o Sporting B tenha jogado muito bem, a equipa de Lisboa limitou-se a tapar o buraco que o Porto B abriu para si próprio.

Sem empréstimos da equipa principal e com muito talento a ganhar raízes no banco, foi uma equipa desgarrada e tacticamente confusa a que entrou em campo.

E foi (mais uma vez) no meio campo que esteve a chave do desaire. Com 3 jogadores de perfil semelhante (Leandro, Francisco e Tiago) faltaram duas coisas vitais ao Porto B: a criatividade de um médio ofensivo e o posicionamento e equilíbrio de um trinco.

Estas duas questões fundamentais facilitaram e de que maneira a vida ao Sporting B que, por um lado, conseguia travar as iniciativas previsíveis do Porto e, por outro lado, conseguia colocar com frequência jogadores nas costas de Leandro (o trinco só de nome) que depois tinham auto estradas até à baliza portista.

O único jogador que conseguiu dar alguma vida ao jogo portista foi Tiago Rodrigues, mas de facto era difícil fazer mais no meio do caos táctico. 
Francisco Ramos foi um homem a menos e pareceu nem tocar na bola durante o jogo.

Para agravar estes problemas, Kayembe a jogar como lateral esquerdo pareceu sempre completamente desposicionado.

No ataque Ivo lutava sozinho contra tudo e contra todos, com Gonçalo a parecer pesado e André Silva completamente fora do jogo e encostado a uma ala. Em boa verdade, a bola raramente chegou ao ataque nas mínimas condições.

A excepção da 1ª parte foi um lance de golo anulado para o Porto B, em que Gonçalo surge a finalizar, mas é assinalada falta (a repetição não é clara).

Já o Sporting marcou de forma natural 2 golos. Os dois muito semelhantes, a mostrarem falhas no posicionamento de Leandro e Kayembe. 
O Sporting poderia ainda ter marcado mais 2 golos na 1ª parte.

No 2º tempo, Leandro saiu para a entrada do extremo Fred e o Porto B ficou a jogar com 2 médios lado a lado. Melhorias? Nenhumas. Porque os 2 principais problemas já referidos, continuaram a existir.

Só com a entrada de Pité o Porto B melhora e a bola começa a chegar mais vezes à frente. No entanto, o Sporting B já estava nesta fase confortável no jogo e completamente fechado atrás.

O Porto B acaba por ter 2 oportunidades de golo, uma por Ivo, outra por Fred, mas o golo só chega mesmo no final através de uma grande penalidade convertida por Ivo.

Fica na memória um jogo muito pobre do Porto B, que se apresenta para este jogo sem qualquer identidade e organização, com opções técnicas muito discutíveis. Assim, a vitória do Sporting B é inteiramente justa.

Análise individual:

Kadu: Largou muitas bolas, pareceu nervoso.

Victor Garcia: Em má forma. Lento. Nada acrescentou.

Lichnovsky: Uma finta de zona proibida podia ter tido graves consequências.

Diego Carlos: Uma exibição regular.

Kayembe: Foi um festival de horrores na defesa, no ataque ajudou embora algo trapalhão.

Leandro: De trinco não tem nada. Sempre mal posicionado.

Francisco Ramos: Tocou na bola?

Tiago Rodrigues: O menos mau do meio campo. Tentou lutar contra a maré já que é o médio com melhores pés dos que se encontravam em campo.

André Silva: Perdido do jogo numa posição que não é a sua.

Ivo: O melhor no ataque. Lutou muito e tentou os lances individuais já que da equipa nada saía.

Gonçalo: Regressou de uma lesão e ainda parece pesado. A bola raramente lhe chegou bem.


Fred: Entrou com vontade, mas não estava nele a solução. Acabou a lateral direito.

Pité: A equipa melhorou com a sua entrada. Sobretudo porque é um jogador mais criativo e que sabe segurar a bola em zonas mais avançadas.

Roniel: Já pouco havia a fazer.


Nota paralela: Onde pára Pavlovski? Que sempre mostrou qualidade e potencial, mas nem sequer é convocado para esta equipa B. Um caso insólito no mínimo.


FICHA DE JOGO

SPORTING B-FC PORTO B, 2-1
Segunda Liga, 19.ª jornada
13 de Dezembro de 2014
Academia de Alcochete

Árbitro: Tiago Martins (Lisboa)

SPORTING B: Luís Ribeiro; Riquicho, Tobias Figueiredo, Nuno Reis e Mica Pinto (cap.); Iuri Medeiros, Wallyson e Gauld; Dramé, Cissé e Sacko
Substituições: Dramé por Gelson Martins (63m), Cissé por Enoh (74m) e Gauld por Fokobo (84m)
Não utilizados: Guilherme Oliveira, Samba, Chaby e Daniel Podence
Treinador: João de Deus

FC PORTO B: Kadú; Víctor García, Diego Carlos, Lichnovsky e Kayembe; Leandro Silva, Tiago Rodrigues e Francisco Ramos; Ivo Rodrigues, André Silva e Gonçalo Paciência (cap.)
Substituições: Leandro Silva por Frédéric (46m), André Silva por Pité (62m) e Víctor García por Roniel (79m)
Não utilizados: Caio, David Bruno, Rafa e Tomás Podstawski
Treinador: Luís Castro

Ao intervalo: 2-0
Marcadores: Cissé (25m), Sakho (45m) e Ivo Rodrigues (90m+5, pen.)
Disciplina: cartão amarelo a Dramé (21m), Cissé (24m), Leandro Silva (33m), Wallyson (40m), Ivo Rodrigues (42m), Víctor García (69m), Tiago Rodrigues (80m), Iuri Medeiros (85m), Nuno Reis (90m+3); cartão vermelho a Riquicho (90m+4)

Por: Prodígio 


Enviar um comentário
>